sexta-feira, 13 de junho de 2008

Davi e os três azeites

"Mas eu sou como a oliveira verde na casa de Deus; Confio na misericórdia de Deus para sempre, eternamente"Sl 52:8

Por que Davi desejou ser como oliveira verde na casa de Deus? Não poderia ele ter escolhido outra planta para representar sua presença no templo?

Existem muitos estudos com uma abordagem bem completa sobre o referido Salmo. Não existe, portanto, muita coisa nova que possa ser dita a respeito da passagem.

O certo é que, novidade ou não, as revelações contidas na passagem: "Oliveira verde na casa de Deus", cabem na vida de todo àquele que deseja ser agradável ao Senhor.O estudo não é original, não pertence a mim, mas, tomei a liberdade de fazer algumas modificações a partir da fonte consultada.

Nos tempos de Davi existia em Israel um local conhecido como Moenda, onde as azeitonas eram levadas para extração de azeite. Este local continha quatro grandes pedras que giravam esmagando as azeitonas da seguinte forma:

Primeira Pedra- Primeiro Azeite
A primeira pedra da moenda esmagava as azeitonas e davam origem ao primeiro azeite. Este azeite era usado no templo como azeite da unção e da adoração. Davi desejou ser um adorador de Deus, mesmo que tivesse que passar pelas pedras.

Segunda Pedra- Azeite da Alimentação
Esmagadas pela segunda vez, das azeitonas se extrai o azeite para alimentação dos judeus.Davi desejou está na casa de Deus servindo de alimento aos mais necessitados.

"Também ungirás a Arão e a seus filhos e os santificarás para me administrarem o sacerdócio. E falarás aos filhos de Israel dizendo: Este me será o azeite da santa unção nas vossas gerações"(Ex30:29,30).

"Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber" (Atos 20;35)

Terceira Pedra- Azeite da Luz
A terceira prensa das azeitonas davam origem ao Azeite da Luz, usado nas lâmpadas do templo.
Davi desejou ser luz para sua geração, referência, bênção, oposição às trevas.

"Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte" (Mt5;14)
Também em Mateus (25:1a13), na parabóla das dez virgens, Jesus fala da necessidade de manter azeite nas lâmpadas para aguardar a chegada do Noivo.

O azeite da Luz representa ainda a chama do Espírito Santo que Davi desejou manter sempre acesa. Alguém sempre cheio do Espírito discerne bem todas as coisas e mantêm a comunhão com Deus

Quarta Pedra- As borras de azeitona
Ao chegar na quarta pedra, só existiam borras de azeitonas. Essas borras seriam aproveitadas para fazer sabão, utilizado na própria moinha e também comercializado entre os judeus.

Davi desejou ser como esse sabão: Que purifica, limpa.Desejou ser motivo de inspiração na casa de Deus para coisas puras.

"Quem subirá ao Monte do senhor ou quem estará no seu lugar santo? Aquele que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega sua alma a vaidade nem jura enganosamente"Sl24:3,4.

Davi desejou ser "oliveira verde na casa de Deus" porque conhecia todas as funções que a pequena azeitona teria na Casa de Deus, ele também sabia isso lhe custaria sacrifício, renúncia, mas, que compensaria.

Fonte consultada: Bíblia Sagrada, Almeida,J.F, SBTB.
WWW.Webservos.com

5 comentários:

Missionária disse...

Amei o estudo, mto esclarecedor...
Só me tire uma dúvida. Cm o azeite era usado na adoração?
Obrigado...

Wilma Rejane disse...

Missionária,

No Antigo Testamento o azeite era produzido por perfumistas e utilizado para ungir objetos de culto(mesa, castiçal, utensilios, altar e até tendas). Apenas os sacerdotes e os que administravam no templo estavam autorizados a ungir-se com o azeite (ou seja banhar com o oléo determinada parte do corpo).

O azeite no A.T simbolizava o Espírito Santo, tudo que recebesse o azeite estava santificado.

No Novo estamento ele também representa o Espírito Santo, só que seu uso não é tão restrito, podendo qualquer pessoa receber o azeite em determinada parte do corpo:

" Está alguém entre vós doente? Chame os presbiteros da igreja, e orem sobre ele,ungindo-o com azeite em nome do Senhor,e a oração da fé salvará o doente" Tg 5:14,15.

Veja não é o azeite quem cura, mas a fé. O azeite é apenas um símbolo de consagração.

Espero ter ajudado.

Muito obrigada por sua preciosa visita, volte sempre.

Deus a abençoe.

Pr Renato Benjamim disse...

parabéns, tremendas as abordagens tens edificado a muitos!!!
Deus continue a inspira-la.

sebastião magela disse...

Gostei, que o Senhor Jesus continue a lhes iluminar.Gostaria de ver algum comentário sobre um novo tempo tudo bem?

waldimir barbosa disse...

ótimo gostei também.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...