Superando Limites II


"Nada é impossível quando a gente faz com vontade"

A frase pertence a atleta velocista Àdria Rocha Santos. A Atleta,paraolímpica, foi perdendo a visão ao longo dos anos devido uma doença de nascença chamada retinose pigmentar.

Ainda muito jovem, aos 14 anos, mesmo sabendo de suas limitações, não desanimou, e já conquistava medalhas para o Brasil na Paraolimpiada de Seul: 2 medalhas de prata.

Àdria está atualmente entre as velocistas cegas mais rápidas do mundo. A mineira que mora hoje em Joinville (Santa Catarina), com sua filha adolescente chamada Bárbara. diz ter um grande sonho:"Gostaria que o mundo reconhecesse os atletas paraolímpicos".

A atleta é sem dúvida um exemplo de superação, de alguém que mesmo perdendo algo tão precioso como a visão soube encontrar outros motivos para torna-se vencedora.

Fonte consultada: www.cpd.org.br

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...