O Novo Império Romano

Em 1976, um jornal paulista publicou uma notícia de elevado interesse para os que aguardam o cumprimento das profecias bíblicas. Sob o título:"Proposta a União Total da Europa", o diário noticiou que o primeiro ministro belga Leo Tindemans propusera a transformação da Comunidade Econômica Européia em uma "autêntica" União da Europa, que fosse o embrião de uma superpotência de mais de 300 milhões de habitantes.

Em Janeiro de 1999, finalmente, consolidou-se o sonho de Tindemans e de tantos outros líderes europeus. A comunidade Européia inaugurava, com grande sucesso, a sua moeda única: o euro. Esse passo foi muito mais importante do que aquele dado por Júlio César há mais de 20 séculos, quando expandiu e consolidou as fronteiras do Imperio romano- isso porque, naquele tempo, a união foi obtida por meio de sangrentas batalhas, ao passo que, hoje, essa fusão de nações ocorre mediante a renúncia do nacionalismo intransigente e à entrega a uma batalha pacífica: a do livre comércio.

Surgia, assim, a grande potência européia- biblicamente , o novo império romano-criando as condições necessárias para o surgimento do anticristo.O ressurgimento do Império romano como um domínio mundial será a concretização do anseio de ecumenistas, sincretistas e cientistas nucleares modernos, pregadores de uma só religião e de um só governo para o mundo.

Nos meios científicos, essa tese nasceu logo após a explosão da primeira bomba atômica, em 1945, e seu grande defensor foi Albert Einstein, um dos pais da terrível arma. Einstein propôs, em 1957, o estabelecimento de um governo mundial efetivo.Ele acreditava que somente uma instituição supranacional desse tipo seria capaz de evitar uma guerra nuclear.
À luz da Palavra de Deus, o mundo deverá inclinar-se, cada vez mais, para esse governo internacional. E essa inclinação será acelerada à medida que se sucederem os próximos acontecimentos no Oriente Médio, para onde convergem as atenções e interesses atuais das nações.

As Escrituras afirmam que desse "novo" mundo emergirá o "homem forte" da paz, o falso messias, o falso cristo. Diz a Bíblia, porém:Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então, lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida;e de modo nenhum escaparão. (I Ts 5:3)

Artigo de Abraão Almeida, pastor da Igreja Evangélica Brasileira em Coconut Creek, Flórida, EUA, e autor de mais de 30 livros em português e espanhol. Publicada na Revista Graça, ano 9, 102(artigo resumido).

Um comentário:

Matheus, Jô e Sylvia disse...

Amada, seu blog está linkado!!!
Peço que,se quiseres, coloque a imagem de nosso link em seus blogs, pois acredito que a nova imagem está mais bonita...
O novo código está disponível em nosso blog.
o tamanho do banner pode ser alterado no código mudando os valores de width(largura) e height(altura).
A paz
Matheus

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...