quinta-feira, 5 de março de 2009

O Vale de Ossos Secos



" ossos secos, ouvi a Palavra do Senhor" Ez 37:4

Arrebatado em Espírito, o profeta Ezequiel, estava agora, no meio de um vale cheio de ossos "sequíssimos". E no meio do vale, não é o profeta quem pergunta a Deus, mas Deus ao profeta: "Ezequiel, porventura viverão esses ossos?". Mais improvável que a pergunta de Deus é a resposta do profeta: "Senhor Deus, Tu o sabes" (Ez 37:3).

Um Mundo de Ossos Secos : Para onde quer que nos viremos, nos depararemos com "vale de ossos sequíssimos", o que fazer? Triturar os ossos a fim de encharcar o vale com mais ossos? Aterrar o vale com ossos e tudo? Esquecê-los? afinal, nunca poderão tornar a vida... O que fazer?

Esse vale descrito em Ezequiel, recebe várias interpretações, uma delas, seria morte espiritual. O grande exército tombado e ressequido, representava vidas, secas, afastadas de Deus, mortas em pecados, imersas no tenebroso vale que em vida, sempre foi festejado. O sabor da morte que corroía os ossos, era mais atrativo que a repreensão de Deus e seu incondicional amor. Amaram o vale, por isso, o sombrio lugar os acolheu, devorando sem piedade cada possibilidade de vida.

"Profetiza sobre esse ossos e diz: Ossos secos, ouvi a Palavra do Senhor"(Ez 37:4)

Como? Impossível!! O profeta não duvidou, apenas obedeceu, exerceu a fé. A verdadeira fé, não consiste em apalpar o visível, mas, em acreditar no impossível, no invisível, de outra maneira, não seria fé. Ezequiel estava acostumado a profetizar para o caos.Já no segundo capitulo do livro, Deus lhe comissiona: "...Eu te envio as nações rebeldes, que se rebelaram contra mim..." Ez 2:3.

Estou procurando Ezequies, profetas do caos, dos "ossos secos", das margens dos "vales", não os tenho encontrado. Ossos secos, não rendem, não prosperam, não embelezam. "como? Se por no meio de ossos secos? Falar a Palavra para eles?"

Sei que ainda existem Ezequieis, mas, as vezes acho, que eles preferem o anonimato, o trabalho cansativo (mas gratificante), de discipular lentamente, andando a pé, gastando sola de sapato, (quem sabe da chinela), dando glória pela comida (que não tem) pela roupa repetida (tantas vezes). Sei que existem profetas de "ossos secos": chorando com os que choram, olhando com compaixão, sorrindo de alegria por cada nervo, pele, sopro de vida que transforma morte em vida.

Ezequiel profetizou, falou, a Palavra do Senhor. Isso, vai muito além de "confissão positiva", crença vazia, em palavras humanas. Ele creu, por isso falou. O princípio È Deus, o fim (ou começo de tudo) é o milagre.

Fortalecendo os ossos
"Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda Palavra que sai da boca de Deus" Mt 4:4.

A falta de "ouvir a Palavra", gera morte. Rejeitar a Palavra, desobedecê-la, desconhecê-la, é caminhar para "o vale de ossos secos". Foi assim com Adão e Eva, escolheram a mentira do diabo,desobedeceram, mesmo conhecendo. Não estavam em um terrível vale, mas em um belo e rico jardim, mas, o vale os atraiu, enlaçou suas almas, a partir de então, reinaria a mentira, inveja, a dor, ira, homicídios, um grande vale começou a se formar.

Deus, em sua infinita misericórdia, envia um profeta, para o caos, JESUS: "Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha Palavra, e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna, e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida" (Jo 5:29). Estaríamos para sempre, livres do "vale de ossos".

O impiedoso vale, tentou devorar também a Jesus, mas, aleluia!! Ele não pôde ser transportado para lá, porque, onde Ele encosta, mortos revivem. Tentaram, quebrar seus ossos, mas, não conseguiram, estava escrito: "Nenhum dos seus ossos será quebrado" Sl 34:20. Ele, mesmo morto, ainda representava a Vida, Ele era a própria vida, como entender isso, se não for por meio da fé? Da mesma fé que fez Ezequiel enxergar vida, mesmo rodeado de morte?!

Jesus, foi e É profeta do caos, tocou leprosos, dialogou com samaritanos, escolheu os pequeninos, rejeitou os influentes hipócritas, pereceu com malfeitores. Profetizou, "no meio do vale", na ingrata Jerusalém, sabendo que ali o matariam: "Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados..." (Mt 23:37) Ah! Amável Mestre, onde estão os profetas do caos? Porque não se põem em "meio aos ossos secos"?

Porque Ele escolheu o caos da cruz é que eu vivo, é que o mundo permanece, sem isso, todos, todos, já teriam perecido. Quando Deus o enviou ao mundo, nascido humildemente, filho de carpinteiro, desprovido de realeza, perseguido, injuriado e rejeitado Ele falou como Ezequiel: "Senhor Deus, Tu o sabes". Oh Glória! Ele venceu o vale!! "Onde está , ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno a tua vitória? (I Cor 15:55).

"Filho do homem,porventura viverão esses ossos?" Ez 37:3.

Eu creio Senhor ,Tu tens poder para fazer reviver qualquer "vale de ossos sequíssimos", creio que ao som da tua voz, nada resiste, creio que tua vontade é de que um grande exército de "ossos secos" tornem a vida por ouvir Tua Palavra, reconhecendo que em Cristo Jesus, há salvação. Por ter sido Ele Único, a se por no meio do "vale" e derramar seu sangue para, através dele , tornar a vida os "ossos secos". Creio que a qualquer que crer, e profetizar, se fará, "um reboliço", "vindo dos quatro cantos", "assoprando sobre esses mortos para que vivam"(Ez 37:7,8,9)

Citações: Bíblia Sagrada, Almeida J.F. Edição corrigida e revisada,SBTB.

3 comentários:

Danilo Sergio Pallar Lemos disse...

Parabêns
Seu artigo traz uma realidade que precisamos vivenciar a cada dia.

Acesse meu blog: www.vivendoteologia.blogspot.com
Th.M- Danilo Lemos.

Mi Martins disse...

Glória a Deus ! Palavras que tocaram o meu coração profundamente, quem dera todos pudessem ler e meditar sobre elas. Deus continue te abençoando! Abraços.

janaina moreira disse...

Palavra poderosa, tema do nosso congresso este mês que Deus te abençoe.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...