Pentecostais e Tradicionais


Esse assunto é mais complicado do que o processo de paz entre Israel e palestinos. Sem querer generalizar, alguns crentes, convivem muito bem com ambos segmentos sem "lançar foguetes" no lado considerado adversário ( adversário? Ele não seria aquele caído do céu?). É, o "terrorista" das nossas almas é descrito na Bíblia, como sendo aquele que persegue a Igreja. O que usava Saulo na "caça" aos cristãos. Saulo, não suportava "o povozinho" que afirmava ser salvo sem conhecer "as muitas letras". Como os cristãos poderiam saber mais que ele, criado aos pés de Gamaliel? As letras, em que Saulo se firmava eram mortas, porque Saulo era "morto". Sem Espírito Santo, sem vida. Sem arrependimento, sem salvação.

Saulo foi assim, cheio de falsas certezas, até ouvir do céu uma voz: "Saulo, Saulo, Por que me persegues?!". Era Jesus, Filho de Deus, a quem Saulo perseguia. Mas, ele não perseguia os cristãos? Sim, persegui-los, era o mesmo que o fazer a Deus. Inimigo de Deus, inimigo de seus filhos. Como escuto essa voz, vinda do céu, quando estou a ser expectadora das contendas entre a Igreja. "Por que me persegues?!". São vidas e mais vidas, se perdendo nos mais terríveis "becos" do mundo e a igreja em uma disputa de egos sem fim para saber quem tem mais poder. Fariseus, como Saulo.

Pentecostais se achando superiores pelo recebimento dos dons e tradiconais achando que os pentecostais estão sendo enganados pelos prodígios de Satanás. Essa disputa, que acontece abertamente, costuma confundir néofitos(novos na fé), decepciona-los à ponto de sumirem das igrejas e até mesmo se desviarem. Falo, porque vivi, na pele, as consequências (ou inconsequências?) de líderes que encontrei no inicio de minha caminhada com Jesus. Graças a Deus! Aqui estou! Sua graça, me ensinou, no meio da desgraça. Confessei o Senhorio de Cristo em uma pequenina igreja tradicional em Parnaíba-Pi. Quinze membros ativos, tinha àquela denominação (não, não era congregação). No domingo à noite, estava ali, com minha família, pela primeira vez. Cheguei cedo, chamei o pastor e pedi: "Por favor, faça o apelo, quero confessar que Jesus É O Senhor da minha vida". Estava radiante de felicidade! Ele havia me revelado a verdade, enquanto estive doente, estudando as Divinas Palavras, isolada em meu quarto.

Por três meses, fiquei naquele abençoado lugar (igreja tradicional) até ler o livro de Atos dos Apóstolos e me convencer de que queria receber o batismo no Espírito Santo, com a evidência do falar em línguas. Aí começou o conflito: "Pastor, quero ser batizada com o Espírito Santo". Ele: "Mas, Wilma, você já é. Ninguém aceita mudar de vida, reconhecer Cristo como Salvador sem que O espírito Santo não já esteja em sua vida". Insisti: "Mas, por que não falo em línguas? Não tenho outros dons descritos em Corintios em Atos e nos Evangelhos? Daí ele, já meio irritado..: "Qualquer um pode falar em línguas estranhas, é só enrolar a língua e aí começou: "Sheria, sheria, ramasheria". Achei melhor parar por ali.

Quanto mais estudava mais me convencia, que o pentecostes era para os que criam. Em minha casa, enquanto orava, O senhor me concedeu o batismo no Espírito Santo com a evidência do falar em línguas. Nunca, esquecerei!! 07 de Junho de 2003.Saí da igreja tradicional, para a pentecostal. Um novo drama. Não aceitava a maneira como os dons eram usados nas reuniões. Tantas profecias (falsas), tantas ordens no imperativo: "Profetiza!!fala em línguas!! Era anjo pra cá, pra lá" (de assustar). Queria estudar a Bíblia, ouvir sermões abençoados, evangelizar, mas, nada disso acontecia. Nessa "saga", de encontrar o lugar certo, percorri várias igrejas. Meu Deus!! O que será de mim? Para onde vou? Tradiconal ou Pentecostal?

"Então, disse Jesus aos doze: Quereis vós também retirar-vos? Respondeu-lhe, pois, Simão Pedro: Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as Palavras da vida eterna, e nós temos crido e conhecido que Tu És o Cristo, filho de Deus".

Descobri, que não há igreja perfeita, porque as pessoas são imperfeitas, e se a obra do Senhor subsiste através dos séculos, é porque Ele sustenta. Ele É a cabeça. Uma pessoa, pode sobreviver sem um braço, perna, olho...jamais, sem cabeça. Mesmo, que ela ainda esteja no lugar, mas, se for constatada, morte cerebral, o óbito é confirmado. Sem Cristo Jesus, sem vida.

" E sujeitou todas as coisas a seus pés e, sobre todas as coisas, o constituiu como Cabeça da igreja, que é o seu corpo, a plenitude daquele que cumpre tudo em todos" Ef 1: 22, 23.

Conclusão: Tradicional ou Pentecostal? Conservadora ou liberal? Sou de Jesus e Ele, não se rotulou de nenhum desses segmentos. Os seus primeiros discípulos, foram chamados Cristãos. Essa era a identidade de quem seguia O Filho de Deus. Reconhecidos, pelo amor a Deus e ao próximo. "Sim, mas a igreja que Cristo fundou opera milagres e maravilhas é pentecostal", dirão alguns. Concordo. Também concordo que ele negou sinal aos fariseus que o provocavam, dizendo-lhes: "Uma geração má e adultera pede um sinal, porém, não se lhe dará outro sinal, senão o do profeta Jonas" (se referindo a sua morte e ressurreição). Os que crerem nesse sinal, certamente serão salvos e aqui, estão incluídos pentecostais e tradicionais.

Em Romanos 14:3, está escrito: "O que come não despreze o que não come; e o que não come não julgue o que come, porque Deus o recebeu por seu".

Que Deus em Cristo nos ajude a recebermos em nossas vidas e em nossas igrejas àqueles que Ele tem recebido em seus átrios. Que a multiforme sabedoria de Deus, nos envolva em laços de amor, fazendo-nos perceber que maior é a necessidade de salvação que a de denominações.

Citações: Bíblia Sagrada, Almeida.J.F, Corrigida e Revisada, SBTB

3 comentários:

Luciana disse...

Wilma, concordo plenamente com o que escreveu. Hoje são tantas as denominações, tantos querendo puxar a sardinha para o seu lado, que acaba dando um nó na cabeça das pessoas.
Somos de Jesus. E pelo sangue de Jesus Cristo somos libertos e receberemos a vida eterna.
Bjos, Lú.

Sonia disse...

Estou vivendo um momento de dúvida. Neopentecostal ou tradicional? Estou na neopentecostal e fico assustada com certas manifestações durante o culto. Sinceramente não sei o que fazer!

Wilma Rejane disse...

Querida Sonia,

Iremos encontrar imperfeições sempre, em qualquer denominação.

Aconselho-a a ouvir o que Deus fala ao seu coração. Busque respostas na Palavra de Deus, medite e tenha certeza que a resposta virá.

Quando estive nesse conflito, ao terminar a leitura do Livro de Jeremias, ouvi claramente a direção de Deus para mim.

Cada pessoa contudo, tem sua própria experiência, Deus sempre responde a quem o busca com todo o coração.

Obrigada por sua preciosa visita, serva do Senhor.

Grande abraço!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...