Hebron a Cidade dos Patriarcas


"Sétimo Degrau" | Túmulo de Sara
Túmulo de   Rute | Checkpoint "Tarpat"

No último dia das férias do Verão, antes do recomeço dos estudos na yeshivá, decidi visitar – desta vez sozinho – a cidade de Hebron, situada a apenas 20 quilómetros de casa. Há três anos que não visitava a cidade dos Patriarcas. Apesar da importância histórica e espiritual daquela que é a segunda cidade santa do Judaísmo, confesso que não é dos lugares que mais me atraem. Para lá da santidade, é uma cidade conflituosa.

Na praça em frente à Gruta dos Patriarcas uma multidão de centenas de turistas franceses com bandeiras de Israel chega para visitar o santuário. Num dos cantos do edifício situa-se o lugar conhecido como o Sétimo Degrau. Desde a conquista islâmica no século XIII aquele era o ponto mais próximo onde os peregrinos judeus podiam rezar do túmulo dos Patriarcas. Depois de 1967, quando Israel conquistou a cidade à Jordânia, os Judeus puderam voltar a rezar no interior do santuário. Mesmo com a permissão, ainda hoje, muitos visitantes continuam a rezar no Sétimo Degrau, recordando 800 anos de humilhante proibição. Homens e mulheres, haredim e os tais turistas franceses, rezam juntos no local. Algumas mulheres choram.




Sepultados no local. Jacob e Leah de um lado. Abraão e Sara do outro. A decoração do local é tipicamente muçulmana, denotando o domínio islâmico quase ininterrupto durante 1400 anos. As pinturas nos tectos têm um aspeto renovado. Sob o túmulo de Leah, os pombos – indiferentes à santidade do local –, deixaram os seus despojos. A cidade de Hebron é um dos principais pontos de disputa entre Israel e os Palestinianos. Uma parte da Cidade Velha, em redor da Gruta dos Patriarcas e junto a Kiryat Arba, é controlada por Israel. Nessa área, três pequenos núcleos abrigam algumas centenas de habitantes judeus.

3 comentários:

Pr. Carlos Roberto disse...

Prezada Wilma Rejane,

Graça e paz!

Depois de participarmos de algumas redes sociais, só agora descubro o seu blog.
Parabéns!
Grato por seguir o Point Rhema!
Já estou seguindo o seu!

Um grande abraço!

Seu conservo n'Ele,
Pr. Carlos Roberto

Jeferson disse...

Oi Wilma!
Eu respondi pelo e-mail que tu me passou.
Conversei com meus pastores e a minha pastora Karin enviou um e-mail pra você, com fotos da estréia em SP e daqui de Joinville.

Obrigado pela ajuda.

Fique com Deus

Wilma Rejane disse...

Oi Jeferson!

Recebi os emails. Hoje à noite entrarei em contato.

Obrigada. Deus o abençoe.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...