Interpretações do Apocalipse




O artigo que segue é um resumo da obra de Ian Boxall (Apocalipse de São João), tutor em Novo Testamento e membro da Faculdade de Teológia em Oxford, é também editor de Boletim das Escrituras.

A tradição artística ocidental tende a imaginar João sentado em uma ilha deserta, como um Robinson Crusoé, no primeiro século. Enquanto isso, tradições latinas, retratam João em uma ilha distante, solitário com apenas um soldado romano o vigiando. A imagem de Patmos como uma ilha deserta é historicamente implausível.

Arqueólogos descobriram inscrições que apontam para Patmos como uma ilha de população próspera no momento em que João chegou por lá: Ruínas arqueológicas no Oroj tou / Kastelli, ou ('Castle Mountain') com vista para o Porto de Skala, e cacos de cerâmica espalhados ao redor da área, atestam que essa parte da ilha era habitada quase que continuamente a partir da Idade do bronze no período romano, com fortificações construídas no período helenístico. Uma inscrição sobrevivente datada de dois séculos AC revela que Patmos foi grande o suficiente para sustentar seu próprio ginásio, com uma associação de corredores de tocha e um espaço para atletismo.

A arqueologia revela ainda que o culto a deusa Artêmis foi forte na ilha. A inscrição mais extensa a comprovar isso data do século II d.C e  está preservada  no Mosteiro de São João, o Teólogo. Refere-se a "U'drofo Bera roj" sacerdotisa de Artemis. A ilha era considerada como berço da deusa , inscrições também comprovam dedicações nos altares a Artemis. Essa evidência se encaixa com as tradições locais que revelam São Cristodoulos, o fundador do mosteiro da ilha, como tendo construído um sitio como templo de Artemis  tendo ele  mesmo destruido a gigantesca  estátua da deusa no processo da construção. Portanto, a ilha que recebeu João o discípulo amado de Jesus teria sido dominada pela mitologia grega com forte culto a deusa Artemis.

Ligação de Patmos com Mileto

No período helenístico Patmos foi um bairro da cidade portuária de Mileto. Embora mencionada apenas em dois livros do Novo testamento (At. 20:15-17:2 e Tm 4:20), Mileto tinha localização estratégica, devido aos excelentes portos naturais e sua localização geográfica, era bem posicionada para o comércio Mediterrâneo de rotas.

Patmos foi povoada por cidadãos de Mileto. Patmos olhou para Mileto, e continuou a fazê-lo no período romano. Esta ligação com o continente reforça a  descoberta do culto não só a deusa Artemis, mas também a  seu irmão Apolo e sua mãe Leto.  Na verdade, o título dado a Bera, sacerdotisa de Artemis:" U'drofo,roj", "portadora de água" é distintivo para a cidade e seu território. O irmão de Artemis, Apolo, muitas vezes é retratado de pé, com um arco na mão esquerda e um veado a sua direita e uma coroa de folhas de louro.
O historiador Steven Friesen descreve que existia um altar a Leto na sala de reuniões do conselho da cidade com esculturas da mesma sentada em um trono ao lado de Apolo e Artemis, integrando a adoração ao imperador Augusto. O que confirma o domínio romano de Mileto.

Que Importância pode ter a mitologia nas visões de João no Livro de Apocalipse?

Isto oferece-nos um mundo simbólico que o leitor/ouvinte é estimulado a adotar e introduzir na compreensão das visões de João na Ilha de Patmos. João forma um diálogo rival a toda cultura existente naquele lugar.  O predomínio de Apolo e Artemis, na tradição local de Patmos, levou a ilha a ser conhecida como "Ilha sagrada de Artemis". Hoje, a ilha é conhecida pela importância do Mosteiro de São João, o Teólogo. É conhecida como a ilha onde o discípulo de Jesus recebeu o Livro das revelações.

Há ecos do culto a Apolo e Artemis detectados por um grande número de estudiosos do Apocalipse, nas visões de João. Para Allen Kerkeslager, o cavaleiro do cavalo branco de Apocalipse, carregando um arco é a figura de Apollo (Ap 6:2) um símbolo não só de falsos cristãos, mas também de falsa profecia, uma espécie de paródia da verdadeira Palavra profética descrita em Ap 19.

Porque João estava em Patmos?

"Eu, João,... estava na ilha chamada
 Patmos por causa da Palavra de Deus e do testemunho de Jesus" AP 1:9

 Ian Boxall faz várias considerações sobre a estadia de João na Ilha.

Mesmo longe de ser desabitada, Patmos  parece uma escolha estranha para uma campanha evangelística, dada as ricas colheitas na Ásia Menor.
  • 1-João foi impelido a ir para ilha com o propósito de receber a "Palavra de Deus" e  as visões
  • 2-João fugiu para ilha a fim de escapar da ira das autoridades. Esta é uma solução digna de consideração séria, partindo do principio de que João no mesmo capitulo nove, fala que estava vivendo aflições. Pode ser que João, condenado à morte, tenha optado por um exílio voluntário.
  • 3-João foi exilado na ilha como conseqüência direta de sua pregação. Em virtude do  seu status social  ele teria sido banido para um território em prisão temporária ou permanente, incluindo a perda da cidadania romana e outros direitos.  Quem sabe, teria sido submetido a trabalhos forçados nas minas ou pedreiras.

Não sabemos o real motivo da estada de João naquele lugar. O inegável é que João era um profeta, semelhante a Daniel e Ezequiel  que recebeu revelações sobre o principio e fim de todas as coisas. Alguns simbolismos do Apocalipse,  continuam indecifráveis  até mesmo para os escatologistas. Contudo, o teor do livro da revelação é bem claro: “Arrependei-vos para que sejas achado entre os salvos inscritos no livro da vida”.

Adaptado e resumido por: Wilma Rejane

Fonte: Ian Boxall

2 comentários:

rosana disse...

ola querida vim conhecer seu blog e me encantei com ele...amo ler sobre td que está na biblia...meu sonho é fazer teologia e ja estou vendo isto....se quiser me conhecer fik a vontade...ah vou te seguir ok..posso???
...bjinhos e fik na paz...

Um mensageiro da Mente Cósmica disse...

Devido sua noticia ser sobre o apocalipse, estou lhe enviando sobre o assunto.

VIOLÊNCIAS, CATÁSTROFES, EPIDEMIAS, DOENÇAS, ESTRANHAS E MIGRAÇÕES DOS ANIMAIS.

AQUECIMENTO GLOBAL SÓ PELA AÇÃO DO HOMEM
OU PELO APOCALIPSE
--- Eis a questão ---

*** Mente Cósmica ***
Preparou um conjunto de Sites, Bloggs, fotos, figuras, filmes e pps.
Acrescentou previsões dos livros Sagrados...
Das Bíblias, do livro de Nostradamus, das Pirâmides; e muito. Muito mais...
E ainda colocou livros de visitas para os leitores se expressarem e dar seu parecer.

O assunto não tem nada a ver com as Religiões, Seitas ou Ufologia!

Com a leitura completa do conjunto de Sites e Bloggs,
Encontrarás argumentos para a Ciência da Terra analisar e constatar!

O assunto é de tamanha grandeza que até os maiores céticos e ateus se calarão.

Ficarás sabendo o que ainda podes fazer por vocês, como podem ajudar
os filhos de seu Pai Universal, e ainda saberá quem és realmente!
E onde se enquadras no Juízo final que já estamos vivendo!

Por medida de segurança, para evitar os Plagiadores,
contaminação por vírus, malware, spyware e bloqueios de seu firewall,
Envie um e-mail com ou sem assunto e receba automaticamente em segundos
um e-mail com os Links do conjunto de sites, orientações de leitura e...

damentecosmica@gmail.Com

Isso não é corrente!!!
É um dos assuntos mais sério que alguém já leu. Indispensável para todos citados no inicio do site.
Apos ler os sites, faça a divulgação somente se seu coração falar mais alto.
É preciso atingir todos citados nos cabeçalhos dos mesmos, pelo menos!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...