As Ambulâncias do Sambódromo e a Tragédia na Região Serrana - Rio de Janeiro



Acessei o Portal da Prefeitura do Rio de Janeiro, na intenção de comparar a agilidade do Governo em disponibilizar recursos públicos nessa época do ano com a ineficácia da liberação de recursos e pessoal para casos de catástrofes naturais e outras urgências.  Para se ter idéia, o que é destinado ao sambódromo do Rio de Janeiro em saúde, segurança e vigilância sanitária, daria para atender grande parcela da população que sofre e até morre por falta desses serviços em todas as épocas do ano.

Quem não se lembra da tragédia que assolou o Rio, em Janeiro desse ano? Pode até parecer que o samba e o colorido das avenidas tenham abafado o terror vivido pelos habitantes daquele lugar e porque não dizer do País que se mobilizou para ajudar de uma forma ou de outra os vitimados.  Eu não esqueci. Imagino que em meio a esse barulho todo de foliões e fantasias ainda tem muita gente chorando as perdas. É um som que não chega tão forte aos ouvidos do governo quanto à bateria da Mangueira, porque é despercebido e desassistido.

Fiz um breve estudo comparativo do que foi destinado pelo Estado a população atingida pelas chuvas na região serrana do Rio e o que coube aos foliões do sambódromo em termos de assistência médica. 



Vou destacar o índice populacional de duas regiões afetadas:

Nova Friburgo: 182.016 habitantes
Petrópolis: 315.119 habitantes
Total: 497.135 Habitantes

De acordo com a defesa civil:

  • Mais de 25 mil pessoas tiveram que abandonar suas casas.
  • 12.293 pessoas ficaram desabrigadas por causa dos deslizamentos de terras e das inundações.
  • Outros 12.821 moradores dos municípios afetados pelo temporal se viram forçados a se refugiar provisoriamente em abrigos ou casas de parentes, pelo fato de suas moradias estarem situadas em áreas de risco.

Quantas ambulâncias estavam disponíveis nessa tragédia? Segundo o ministro Alexandre Padilha, em anúncio feito a imprensa no inicio dos acontecimentos: "Já temos 13 ambulâncias do SAMU lá".

Posteriormente, com o agravamento da situação e o crescente número de mortos, o Estado enviou mais 20 ambulâncias. O que representou ainda muito pouco, considerando apenas a população de Nova Friburgo e Petrópolis, temos aqui, cerca de uma ambulância para cada 15 mil habitantes. Isto é um absurdo! Sem contar que faltou medicamento, alimentação básica, vestimentas e pessoal capacitado para socorrer os doentes.


E porque folia é fundamental...

"Durante os seis dias de desfiles na Sapucaí e na apuração, mais de 150 profissionais de saúde estarão de plantão para cuidar de quem necessitar de assistência e 16 ambulâncias UTIs estarão no local para realizar remoções. Os postos de saúde contarão com equipamentos de suporte à vida, medicamentos, insumos e exames. As unidades funcionarão das 17h até o término dos desfiles. Os hospitais de emergência e unidades 24 horas funcionarão ininterruptamente durante todo o período.” Prefeitura do Rio.

16 ambulâncias só para o sambódromo e 13 ambulâncias para atender as populações de Teresópolis, Nova Friburgo, Petrópolis, Sumidouro, São Sebastião, Macuco, Duas Barras e outros. Se somente Nova Friburgo e Petrópolis têm mais de 400 mil habitantes, juntando tudo é bem provável que a soma dos atingidos pelas tragédias chegue a mais de um milhão de pessoas.  Isso mesmo 13 ambulâncias para mais de um milhão de pessoas.

Capacidade Populacional Sambódromo da Sapucaí Rio: 700 metros de comprimento e capacidade para 75.000 pessoas.

Parafraseando Caymmi, esse é o samba da minha terra, que deixa todo sujeito com cara de bobo e pés cheios de calo de “dançar” o ano inteiro. O que esperar de um governo que prioriza o carnaval e negligencia as populações em momentos de crise? O povo não cresce em conhecimento e bem estar através do assistencialismo (bolsa isso, bolsa aquilo...), e da festança carnavalesca ,  mas de educação, saúde, salário justo, conquistado por oportunidades de trabalho digno. Não quero esse  "belo" da folia que maquia a sujeira do dia a dia.


Wilma Rejane

Todas as fontes estão citadas como links.

7 comentários:

Fratermaurício disse...

Caríssima irmã Wilma, bom dia na presença do Senhor, Aquele que faz justiça! (O povo não perde por esperar)!
Primeiramente, quero salientar que ninguém deu autorização para pecar, neste dia de carnaval! Como o feriado é legalmente instituído por lei, passa a ser um pecado premeditado!Em segundo lugar, chegou o dia e a hora de tirar a máscara, nesta quarta-feira de cinzas! Que vergonha! E sob o aval de uma instituição religiosa que se gaba de ser a verdadeira e única! Apresentar-se diante do Deus Santo, por excelência, de cara limpa! Que pretensão! Terão coragem? Não irão enrubescerem-se? Aliás, nem sabem o que é ficar ruborizado de vergonha!
E na questão em riste, aproveito o ensejo para trazer à memória, sobre a verba que o govêrno doou para as vítimas da região serrana (doar? Não! obrigação dele e direito do cidadão!), e a verba liberada para diminuir os estragos causados pelo fogo, num dos galpões das Escolas de Samba! Quem obteve mais? Quem teve mais prioridade? Os foliões do Galpão ou os vitimados pela tragédia?
Caríssima, lembra-se da segurança e proteção para a viagem dos quadros de Picasso? Uma empresa especializada, um caminhão climatizado, cem policiais para a escolta dos quadros, avaliados em cerca de R$ 100 milhões...durante o trajeto. Um quadro vale mais que um ser humano?
Sabe, irmã, a vida deve estar acima de qualquer pretensão humana em todas as suas dimensões e níveis: social, político, econômico, CULTURAL e religioso. Mas, não é assim!
E a milionária, dona de um império imobiliário nos EUA que morreu em 20/08/2007 e deixou por testamento US$ 12 milhões para seu cachorrinho? O animal foi favorecido em prejuízo de dois netos seus, que foram deserdados. Você acha isso justo? Um cão pode valer tanto ou mais que um ser humano? A dignidade do homem se vê através da forma como é tratado um animal! A Bíblia não diz isto!
Com relação ao post, o qual me trouxe revolta e indignação, sob o ponto de vista ético, trata-se de uma questão que merece reflexão! As Escrituras Sagradas estão aí, para proteger a dignidade do homem! "Não valeis vós mais que dois pardais?" Mt. 6,26
Caríssima, o tempo eo espaço não me permitem expressar mais. Um abraço fraternal!

Flavio Barreto disse...

Graça e Paz irmã Wilma e família.
Primeiramente parabéns pela mensagem. Isso retrata uma profunda inversão de valores. O certo passa ser o errado e o errado o certo. Nosso posicionamento com relação a isso, é intensificarmos nossas orações para que essas autoridades sejam impactadas com a presença de Deus e possam olhar seus semelhantes de uma forma diferente. Fiquem todos na Paz do Senhor.

virtual.tenis disse...

Olá Wilma, meu nome é Adeilton e sempre estou a olhar seu Blog, acho muito interessante e significativo suas postagens, e vejo a sua preocupação em "blogar" realidades, tenho também um blog, sou novo nessa caminhada, sou presbitero da Assembleia e gostaria de saber sua opinião sobre meus escritos, pois não sou formado em nada, nem teologo, mas leio muito. Um grande abraço, e realmente situações são mascaradas e a midia mostra aquilo que lhe convém. http://jovenseprofetas.blogspot.com/

Wilma Rejane disse...

Graça e paz Fratermauricio!

Injustiças são cometidas todos os dias, algumas chegam até nosso conhecimento, mas outras são ocultadas; diga-se, aos olhos dos homens, porque de Deus é impossível ficar impune.

Essa politica que não sabe eleger prioridades para mehorar a qualidade de vida da população é quase que cultural em nosso País. Concede-se 45% de aumento para os programas assistênciais (bolsas isso e aquilo) e os professores ganham uma miséria, tendo que se contentar com congelamento de salários e péssimas condições de trabalho.

E o carnaval? É a "menina dos olhos", afinal somos o País do Carnaval, do futebol. Os jogadores e as "popozudas" são os heróis nacionais. Ih!! Ia esquecendo do BBB, do congresso...aaaaiii! Não dá!

Só Jesus nas causas, meu irmão!

Deus abençoe.

Wilma Rejane disse...

Oi Flávio!!!! Graça e paz!

O sábio filósofo Socrátes disse: "Vida que não se examina, não vale a pena ser vivida". A politica brasileira nos faz refletir sobre quão miserável é esse reino de homens. Oremos por nossos governantes e protestemos também, nê?

Deus o abençoe irmão.

Wilma Rejane disse...

Olá Adeilton!

Meu irmão, eu não sou isso tudo não! (risos). Olha só, é claro que um diploma ajuda, mas não é tudo. Para mim, e isso não é regra, escrever tem a ver com alma, coração, visão de mundo e se é sobre as coisas de Deus tem que haver entrega, oração para que seus escritos sejam a transmissão do pensamento de Deus: Pai, Filho e Espírito Santo. Com a benção de Deus, as coisas mais simples se tornam fenomenais! Creio nisso, vivo e escrevo por isso.

Já fui lá no seu blog e te parabenizo, porque estás criando teus próprios textos, isso faz muita diferença. Prossiga nesse propósito, é o que tenho a te dizer.

Deus o abençoe, irmão. Obrigada.

Dom Moyses Barbosa disse...

Prezada irmã Wilma. Paz! Boa Tarde. É a primeira vez que visito sua página. Realmente é muito boa. Trata de questões que estão em harmonia com o ministério que pela graça de Deus sou o Presidente, ou seja, a irmã valoriza o ser humano, valoriza a vida. E o nome do meu ministério é: Ministério Evangélico Internacional Valorizando a Vida! - www.pastormoysesbarbosa.com - que, antes que me esqueça, aguardo uma visita da irmã, lá tem um FALE CONOSCO. Que Deus a continue capacitando, guardando e protegendo, para que você possa continuar como uma sentinela avançada no trato dos problemas sociais e comunitários. Forte abraço. Dom Moysés Barbosa, um servo do Senhor sempre às ordens.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...