O Riso de Abraão e Sara


"Abraão sorriu de alegria, sara de incredulidade" Gn 17, 18

Encontrei Sara em uma rua da cidade. Ela tinha cabelos grisalhos, rosto formoso e um ar de serenidade. De mãos dadas com Abraão, os olhares entrelaçavam-se cada vez que uma criança corria nos arredores. Um misto de tristeza e esperança pairava no ar.  Algum dia receberiam a dádiva de serem pais? O riso de Sara era cortado, contido, pensado. Em sua mente e coração as lembranças de algo que nunca existiu, podava sua alegria. Ter um filho era um desejo profundo do coração do casal, mas como? Ventre adormecido, avançados em idade, seria loucura ainda sonhar com um pequenino a alegrar-lhes a vida?

“Sara tinha o ventre amortecido” Rm 4:19

Abraão com cem anos, Sara na menopausa e uma promessa para se cumprir: “Olha, agora, para os céus e conta as estrelas, se as podes contar. E disse-lhes assim será a tua semente” Gn 15:5. Cada noite que chegava e as estrelas brilhavam no céu era um convite a fortalecer a fé. Era hora de sentar com Sara, do lado de fora da tenda, sentir o vento frio do deserto tocar suas faces e abraçados sonhar mais uma vez com um herdeiro correndo por entre os carvalhos de Manre. Abraão demorava a dormir, Sara sempre se recolhia primeiro. Ele ficava marejando os olhos de lágrimas, conversando com Deus e sorrindo baixinho: “Senhor, são tantas estrelas, não consigo contá-las”. O velho Abraão, amigo de Deus enchia o coração com os sonhos de Deus para vida dele.

“O qual em esperança, creu contra a esperança que seria feito pai de muitas nações, conforme o que lhe fora dito: Assim será a tua descendência. E não enfraqueceu na fé, nem atentou para o seu corpo já amortecido (pois era de quase cem anos), nem tão pouco para o amortecimento do ventre de Sara. E não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, mas foi fortificado na fé dando glória a Deus” Rm 4:18-20.

Ele Guardou a promessa...




Abraão não lamentava a falta de um filho, mas agradecia a chegada, o nascimento. Já não era sua força, virilidade, nem tão pouco a mocidade da esposa, mas a fé. Esse fenômeno sobrenatural que nos faz ir além das possibilidades, que nos faz contemplar o inexistente como se já existisse. Pela fé, que nos conduz para bem perto de Deus, fazendo-nos contemplar a glória do invisível. Tão somente pela fé, que nos faz amar o Criador entregando-Lhe as sementes para serem regadas, com chuva do alto. A Seu tempo, a Sua estação. Somente NELE, reside o inescrutável dom de penetrar no futuro e trazer para o nosso presente os frutos da certeza, do íntimo relacionamento do mortal com a eternidade. O filho de Sara e Abraão seria herdeiro da promessa, unicamente.



Era primavera...

“E disse: certamente tornarei a ti por este tempo de vida; e eis que Sara, tua mulher, terá um filho” Gn.  18:10

Dois anjos e o Senhor Jesus aparecem para o casal nos carvalhais de Manre, prometem voltar um ano depois, na mesma época e era páscoa, primavera. A tradução do hebraico para “por este tempo” mow’ed é “hora marcada” porque a raiz da palavra significa “compromisso”. Deus estava estabelecendo um compromisso, marcando hora, dia, estação para o cumprimento de Sua promessa.

“Pessach sempre ocorre na Primavera de Israel, época de renovação da natureza.”

O nascimento de Isaac significava renovação, também páscoa. Olhando por este ângulo, vemos uma simbologia nos acontecimentos no Monte Moriá, quando Deus ordena o sacrifício de Isaac. Ele seria uma espécie de cordeiro pascal, seu sacrifício apontaria para o sacrifício de Jesus, uma nova e viva aliança. A morte do homem velho e o novo nascimento trazendo libertação. Um desabrochar primaveril. Saída do Egito. Renúncia.

“E assim, pois riu-se Sara consigo dizendo: Terei ainda deleite depois de haver envelhecido, sendo também o meu senhor já velho?” Gn 18:12

Sara sorriu...

Não sei o que passou na mente de Sara no momento em que ouviu a reafirmação da promessa: por que sorriu? De incredulidade, alegria? Os mensageiros celestiais, portadores das boas novas, estranharam a reação da princesa. Este é o significado do nome Sara: Princesa. Assim Deus a havia nomeado. Trocara seu nome como um pacto de fé. Eram a princesa e o pai das multidões (Abraão), amados de tal forma que desafiando todas as impossibilidades viveriam um novo tempo. Uma mudança de direção. Na primavera, quando as flores desabrochavam e os carvalhais estavam mais vistosos Sara conceberia.

Você e Eu...

Deus é poderoso para de galhos secos fazer reverdecer, brotar. Ele é o Senhor da vida e mesmo que tudo e todos mostrem ser impossível o realizar de um sonho, uma promessa, Ele diz: “Eu crio, Eu faço, Eu posso”: João 14:14 “Se pedires alguma coisa em meu nome eu o farei. Eu farei no grego é “ego poezo” EU CRIAREI!

Guardemos firmemente em nossos corações aquilo que Deus nos fala através de Sua Palavra porque a Seu tempo se cumprirá. Abraão e Sara esperaram por aproximadamente 25 anos para ver o pequeno Isaac. Certamente Deus tem: dia, hora, e estação marcados para gerar “nossos herdeiros”.

Não devemos sorrir dos sonhos próprios, nem alheios. Pode ser que algo pareça formidável demais para acontecer, mas a medida do milagre é a impossibilidade. O tempo entre promessa e cumprimento é de preparação. Abraão riu de alegria quando ouviu a promessa de Deus 17:17, Sara de incredulidade 18:13  Daí vem Deus e coroa Sua realização  de “Isaac”, riso. Um riso de grandeza, amor, soberania.  Quantos Isaac’s Deus tem para nós? Muitos, poucos, não sei.  O que aprendi é que Deus me faz sorrir com Seus feitos em meio à terra seca, a árvores mortas, a ventres mortificados: Ele é maior que tudo!

Há uma composição brasileira cantada pelo grupo Ira, intitulada “Flores em Você”:

                                                               De todo o meu passado
Boas e más recordações
Quero viver meu presente
E lembrar tudo depois...
Nessa vida passageira
Eu sou eu, você é você
Isso é o que mais me agrada
Isso é o que me faz dizer...
Que vejo flores em você!..

Canto com eles! Vejo flores em você! As flores da Primavera, do tempo marcado por Deus para fazer nascer Isaac. Que os dias de “flores mortas, secas”, sejam apenas distantes recordações de um passado transformado pelo amor do Criador.


Wilma Rejane.

Trecho de um segundo livro que estou escrevendo chamado: "O Riso de Sara - Para Mulheres que Sonham".

10 comentários:

rosana disse...

ah querida que coisa mais linda....hoje amanheci tão depremida...Sara esperou 25 anos...e eu estou esperando a 13 anos...sei que tenho aprendido muita coisa no Senhor...e que nada é impossivel pra ele...obrigado por este texto tão lindo....se vc permitir gostaria de colocar em meu blog depois...obrigado pelo carinho de sempre....que meu ventre haja vida..quero ser mãe !!! eu creio..no tempo de de Deus...bjinhos fik na paz...

UMP Barbalha disse...

Olá, gostei muito do blog, tentei copiar seu banner pra colar no meu, mas não deu certo. Ao clicar no icone no meu blog ele não direcionava pro seu, mas memso assim o seu blog está lá na minha lista...

Wilma Rejane disse...

Oi Rosana...

Amiga, que Deus e abençoe e que Sua Palavra faça brotar em ti riso, "Isaac's".

Autorizo a republicação em seu blog com votos de que muitas vidas sejam abençoadas.

Te amo, no amor de Jesus.

Grande abraço!

Wilma Rejane disse...

Ooii Mocidade Presbiteriana !!!

Sabe esse banner não costuma dar problemas, deve ter sido algo momentâneo, ou algum detalhe. Mas, já fui lá no abençoado blog de vocês, assinei como seguidora, e vi meu link (rsrs). Muito obrigada.

Grande abraço para os irmãos do Ceará!

Deus os abençoe.

César disse...

Certamente essa é uma história que comove e anima, de um ponto de vista nem sempre explorado, quando tantos esquecem-se da angústia da esposa de Abraão: o de Sara à espera de seu filho. Drama assaz atual.

César
http://opoderosojesus.blogspot.com

rosana disse...

oi minha querida re...posso te cahamar assim...ja te considero uma amigona...hehehe e irmã em Cristo...obrigado mais uma vez...pelo teu carinho....quando meu Isac chegar...venho correndo aqui contar em nome de Jesus....eu creio sim...que a Palavra faça brotar em mim riso, "Isaac's"....eu creio!!!
Obrigadinho mais uma vez..vc alegrou meu dia ....bjinhos te amo em Criisto....sua amiga ro

Vanessa Batista disse...

Nossa Wilma me surpreendo como a cada dia Deus fala comigo através do seu blog, glória a Deus por isso.

Vanessa

Wilma Rejane disse...

César e Vanessa,

Obrigada por compartilharem através dos comentários, da graça e glória que emana da Palavra de Deus.

Deus os abençoe.

Wilma Rejane disse...

César e Vanessa,

Obrigada por compartilharem através dos comentários, da graça e glória que emana da Palavra de Deus.

Deus os abençoe.

Crislayne Santos disse...

Gente, que texto mais delicioso de se ler! Apaixonante! Obrigada por isso <3

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...