Deus, Eu e as Artes - Nayara Maranhão

Nayara e sua professora de artes (Sílvia)

Entrevistei uma pessoa muito especial que conheci pelos “caminhos” da internet: Nayara Borba Maranhão. Lembro exatamente a primeira vez em que ela comentou no blog, foi em um artigo sobre  “A Religião de Barac Obama”, Janeiro de 2009. De lá para cá,   fortalecemos os laços de amizade.

Nayara tem 52 anos, é pernambucana, residente em Candeias, Jaboatão de Guararapes, tem 52 anos uma filha de 14 anos e um filho de 11. “Sou serva do Deus lindo e maravilhoso há 10 anos” diz a blogueira que recentemente descobriu nas artes, uma nova profissão. Vamos conhecer um pouco mais da vida da Nayara?

1- Conte-nos um pouco da sua trajetória profissional e como surgiu o talento para as artes.

Estudei em  colégio de freiras onde ensinavam tricôr, croche, pintura em tecido e uma  arte que nem sei se ainda existe chamada decapê, costura, e outras coisas. Lembro-me que  me sobressai em toda a turma. Era a única que não conseguia aprender nada de nada. Uma vez passamos uma semana fazendo um vaso em decapê para o dia das mães. Fui escolhida por ter conseguido o grande feito de fazer o vaso mais feio -ainda bem que olhos de mãe é diferente (risos) . Outra vez fui fazer uma blusa que era para sair no tamanho 36 e eu consegui faze-la no tamanho 52. Assim, logo desisti do mundo das artes, e do artesanato .Sempre dizia: "não tenho nenhuma criatividade,  nenhum dom com as mãos. Concentro-me exclusivamente no intelecto".

2- E a capacitação para o trabalho com as Bíblias ? Tens tido muitas encomendas?

Conheci a mana na fé Silvia que é muito talentosa. Sabe fazer muitas coisas: biscuit, fuxico, pintura, bordado...Ela dava um curso numa igreja de biscuit, e nem sei a razão, decidi do nada tentar aprender. Sai, digamos, razoavelmente bem. Fazia uma coisa certa, e dez erradas, mas não desisti. Prossegui.

Um dia olhei na net uns passarinhos de pano e resolvi faze-los. Sairam lindos, e até presenteeie algumas amigas com a minha grande obra prima ! Outra feita fiz umas corujinhas de tecido, e mais uma vez foram sucesso. Todas da turma de biscuit queriam as corujinhas da irmã Nayara. Fazia somente pra mim, e para presentear.
Bíblia encadernada

Mana Silvia diz quer dormi de um jeito e acorde artesã  (risos). Até que um dia vi uns cadernos forrados com tecido e pensei: "Vou encadernar meus diários com Deus que estão velhinhos." (Obs: desde que conheci Jesus, todos os anos eu tenho um diário. Nele escrevo os sonhos proféticos, pedidos de oração, respostas de Deus, o que aprendo na bíblia...)


Fiz o primeiro e... ficou um horror, mas prossegui. Fiz o segundo e menos ruim, o terceiro melhorzinho, o quarto... ficou, ótimo!Algumas manas da reunião de oração viram e pediram que fizesse para vender. Um dia uma mana que eu havia feito um caderno (dos tipo bolsa, com alça) disse: "encaderne a bíblia da minha filha!", ao que respondi: "Não mana!!! Não sei encadernar bíblias, só faço cadernos e isso há bem pouco tempo".Ela sem parecer ouvir, simplesmente disse: "Voce sabe sim", e me entregou a Bíblia.
Era 3 da madrugada, todos dormindo, e eu olhando a Bíblia. Confesso, acabando-me de medo: "E se eu errasse? E se eu estragasse a bíblia da jovem? A sua primeira bíblia, com a dedicatória da mãe. Não irá adiantar comprar nem uma bíblia de um milhão". Nesse momento orei e falei para Deus: "SENHOR, por favor me ajude a fazer isso. Não posso estragar a bíblia da irmã. TU sabes costurar, sabes tricor, croche, bordado, pintura e sabes encadernar bíblia. Então, DEUS ME ENSINE. Eu te peço em nome de Jesus, amém."

Olha os passarinhos!!


Havia pensando em fazer de uma forma, mas quando peguei na Bíblia, decidi de outra, e... deu certo. Às quatro da madrugada a bíblia estava pronta, bem feita, linda, e eu que agradecendo a Deus pela vitória concedida.Desde então, tenho feito cadernos, capas para bíblia, móbiles, e tudo mais. Creiam, cada trabalho que termino, as vezes, ate choro. Não tinha nenhum dom, e de repente, tudo acontece. Em dezembro paguei uma costureira para cortar uma toalha de mesa e uns simples guardanapos, e hoje faço muito mais.
3-Que mudanças aconteceram em sua vida após o trabalho com as artes?

Há alguns anos venho orando e pedindo a Deus para fazer algum trabalho em casa que me desse algum dindim ($). Não quero trabalhar fora, tem horários. Gosto da minha casa e de cuidar dela e da minha família, mas fazer o que? Dizia que eu: "Não sei fazer nada!"O artesanato, esse dom, foi uma resposta de oração. Deus ouviu e me atendeu.Talvez alguns leiam isso e digam: "mas que coisa constrangedora ela abrir seus problemas aqui na net!". Não importa. Falo para glorificar a Deus.
Ô vidão! trabalhando em casa, deitada na rede.
 Esse dinheiro que estou ganhando com o artesanato chegou como um maná em minha casa, pois estamos passando por um deserto, um lutinha (digo lutinha, pois para Deus nem isso é!) financeira.Outros não entenderam pois já advoguei (era ímpia nessa época) e ganhava meu dinheiro, mas nunca, nunca mesmo senti tanta alegria, tanta emoção mesma como sinto agora.Lembro que quando vendi meu primeiro caderno telefonei no meio da rua para o meu esposo e toda eufórica eu griatava: "Amor, recebi o dinheiro do meu caderno!!!!!!". Não era dois mil, nem duzentos, apenas R$ 20,00 (vinte reais), mas grandes vinte reais, pois eram a prova real do milagre de Deus, do seu carinho, e amor em atender as minhas orações.

Ah, posso estar escrevendo muito, mas preciso contar o que aconteceu quando dizimei a primeira vez. (Desde que conheço Jesus nunca tive o meu dinheiro para dizimar. Quem dizimava era meu esposo). Quando levantei para entrar na fila o louvor começou a cantar o hino: "TU és fiel, SENHOR, o Pai Celeste... Nunca mudaste, Tu nunca faltaste, tal como era, Tu sempre serás... TU és fiel, fiel a mim". Amados (as) esse é simplesmente o hino da minha vida!!! Senti de todo coração Deus falando comigo: "Filha EU SOU fiel, fiel a ti. Nunca te faltarei".(ainda choro de alegria e emoção somente de lembrar)

4-Um sonho realizado e os que ainda, são sonhos.

Bom, tenho muitos sonhos. Todos simples, mas grandiosos, tais como ver meus filhos casados com homem e mulher de Deus. Ver meus netos (como sou coroa com filhos pequenos terei que orar muiiiiiiiiito). Porém, como estamos falando de artesanato, eu gostaria de ganhar o suficiente para dar uma boa colaboração nas despesas de casa. Ajudar meu esposo, e abençoar meu filhos. Não quero riqueza, nem abrir loja, mas ganhar para fazer pequenos mimos, e nos dar um folgadinha.

5- Um conselho para os que acham que é impossível aprender trabalhos manuais depois de uma certa idade (ôpa não tô te chamando de velha !) dos 40 por exemplo rsrsr

Certa idade? É mesmo mana. Se alguém anos atras dissesse que eu um dia iria estar sentada na frente de uma máquina de costura, eu diria que o tal era mentiroso, falsario e doido.E eu não comecei aos 40, não mana! Comecei aos cinquenta e dois!!!Qual o conselho? Seja para aprender artesanato, seja para qualquer outra coisa na vida, lembre-se que no dicionário de Deus não existe a palavra IMPOSSÍVEL!!!E  mais: Deus é sobrenatural, ELE é Deus de milagres. Tudo pode fazer, e traz a existencia o que não existe.Só mais um detalhe importantissimo. Contei no msn para uma mana sobre a minha oração: "Deus tu sabes bordado, tricor, croche, pintura..." Ela disse: "Só voce mesmo Nayara kk!", achando engraçado e absurdo, mas quero que todos saibam que Deus sabe tudo isso, Deus sabe todas as coisas, pois todos os dons vem DELE!!!

6-Jesus em sua vida

Muitos até no meio do povo de Deus me acham exagerada, mas Jesus é tudo na minha vida! Vejo Deus em tudo: no meu esposo, nos meus filhos, no meu cachorro (sonhava quando solteira em casar, ter filhos e um au au). Fico feliz, e grata quando eu e minha família saimos para comer uma simples pizza. Sei que JESUS está ali, e foi ELE que nos proporcionou aquele momento gostoso e de alegria.Antes de Jesus, aos olhos dos homens, eu tinha tudo: carro do ano, festas, viagens, roupas caras. Na verdade eu era pobre, cega, nua e tremendamente miserável. Hoje tenho um fiesta veinho (mas que é uma benção kk), vivemos numa constante luta ($ mas sempre, e sempre vitoriosos), mas sou, creiam, uma mulher muito, incrivelmente rica... e feliz como nunca tinha sido antes do meu SENHOR.

Quem não conhece intimamente a Jesus, mesmo tendo tudo de material, é pobre. Quem tem Jesus tem tudo, tem a maior riqueza. Nada, nada nessa vida proporciona tão grande alegria quanto ouvir a voz de Jesus, a voz de Deus!!!


7- Fique a vontade para fazer seu comercial, aliás estás ótima de garota propaganda dos seus produtos.

Nayara em demonstração do trabalho com capas de Bíblias - Bíblia encapada como bolsa.

Eu que sempre pensei que não tinha nenhuma criatividade, estou pouco a pouco me surpreendendo. Deus tem me ensinado a fazer trabalhos lindos.Vejam bem esses trabalhos e não se esqueçma que todo o meu talento se resumia em pregar um botão (isso tomando o maior cuidado para não pregar na posição errada kkk)Quem desejar adquirir alguns dos meus trabalhos basta entrar no meu blog


ou mandar um email para: nayaraborba039@hotmail.com (ENCOMENDA)

Para encerrar quero enfatizar que todos os dons provem de Deus e devem voltar para ELE como louvor e ações de graças. E assim como está no meu adesivo deixo aqui a mesma palavra: "Quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus." 91 Coríntios 10.31).

Obrigada mana Nayara.

Wilma Rejane

11 comentários:

Nayara disse...

♥ E palmas para Jesus!!!!!!!!!!!!!!!!
Glória ao Cordeiro de Deus, ao leão de Judá, a raiz e Davi o nosso SENHOR Jesus,a quem eu amo tremendamente e ELE si, eu me jogo aos pés.
Mana querida trilhões de beijinhos no teu lindo coração de adoradora

Telma - Minha casa. Minha Vida. disse...

Nayara, minha amiga e irmã... Um exemplo de mulher....
E sobre as artes que ela anda fazendo, realmente é uma benção vinda do céu.... coisas que só Deus para explicar...
Parabéns pela entrevita.
Um beijo
Telma

Luciana disse...

O que dizer dessa Mana que amo muito...só que Deus continue abençoando seus caminhos e a capacitando cada vez mais para glorificar o nome do nosso Senhor.
Conheci a Nayara através do blog da Heidi, comecei a acompanhar suas postagens e desde lá somos amigas.
Ler seus testemunhos me emocionam e me ajudam a não perder a esperança.
Wilma, tua entrevista com a Nay foi maravilhosa, parabéns! Também já te tenho como uma amiga.
Que Deus continue abençoando vocês duas para Honra e glória Dele!
Bjos, Lú.

Eduardo Medeiros disse...

oi wilma, tudo bem?

olha, recebi seu livro, viu? vou começar a lê-lo e logo, logo, faço uma resenha crítica e publico...mentirinha....rsssss

quero que você conheça um blog de uma amiga querida minha, a rô do mulheres sábias. pelo que eu já andei fuçando no seu livro(gosto de ficar fuçando antes de ler qualquer livro, sabe...)creio que o pessoal que frequenta lá vão adorar o seu livro.

depois de lê-lo vou recomendá-lo a ela e ver se ela divulga lá também, já que o blog dela é muito bem comentado.

http://mulheresabias.blogspot.com/

legal conhecer a nayara, um beijo para ela. e um prá você. paz

Wilma Rejane disse...

Oi Eduardo, tudo bem!

Conheço o blog da Rô, e já nos falamos algumas vezes.

Sabe Edu, a Editora Oxigênio disponibilizou 20 exemplares do livro para serem enviados a blogueiros evangélicos na intenção de divulgarem o trabalho "As Margens do Quebar". Dos 20 blogs que o Léo Kades (editor) contactou, apenas um, repetindo um, respondeu positivamente:

http://www.hermesfernandes.com/ Pastor Hermes Fernandes que mora nos EUA.

Os demais sequer responderam ao email da Editora. É isso.

Eu nunca fui de sair comentado nos blogs apenas para ser comentada por aqui. Tenho esse comportamento nos três anos de blogosfera. Contudo, precisando de mim, estou a postos e se eu não puder explico o porquê.

Mas Deus faz a Sua obra, e as mãos Dele trabalham dia e noite, não é mesmo? Confio nisso. Ele é mais do que eu possa ver ou ouvir.

Obrigada mesmo Edu. Desabafei, né?

Deus o abençoe.

Wilma Rejane disse...

Telma,

Prazer em conhecê-la rsrs. Sinta-se a vontade aqui na Tenda, serás sempre bem vinda.

Deus a abençoe.

Wilma Rejane disse...

Luciana amiga,

Sabe que lembro exatamente a primeira vez que comentaste no blog? É! Foi em uma postagem sobre o ano novo em 2008, olha o link do túnel do tempo rsrs:

http://atendanarocha.blogspot.com/2008/12/ano-novo-vida-nova.html

De lá para cá temos quanta coisa compartilhamos, não é mesmo?

Obrigada querida Lú.

Deus a abençoe.

Eduardo Medeiros disse...

wilma, o que você me diz não me surpreende não. este é o grande "espírito solidário cristão"...

sobre o que você disse sobre os comentários: eu já gosto de interagir. comento em blogues que eu gosto buscando sim uma interação mas que seja baseada se possível, numa amizade, ainda que virtual. é como se fosse troca de figurinhas.

atualmente, estou mantendo três blogues com temáticas diferentes: o olhar o tempo é exclusivo para a literatura brasileira. lá só posto poemas, crônicas e contos de autores consagrados de nossa literatura. no início ele era mais pessoal, eu escrevia sobre mim mas agora faço isso no outro blog que eu quero que seja bem descontraído e bem humorado (do jeito que eu sou) botequim do edu. e mais recentemente, voltei a escrever sobre temas teológicos, religiões e de vez em quando até alguns "devocionais" no blog caminhos da teologia.

tentei ficar longe dessa temática mais não consegui, visto que é uma área que eu gosto muito.

a confraria é bem diferente, é onde eu posso escrachar geral a minha veia "herética" mas ainda cristã, ainda que não seja a cristã tradicional e conservadora.

aliás, é aqui que eu busco o máximo de equilíbrio tanto na crítica aos "ateus praticantes" quanto aos "crentes fundamentalistas".

enfim, desculpe ficar tomando teu tempo com essa conversa toda...rssss

da minha parte, gostaria muito de vê-la de vez em quando no caminhos da teologia (já que você é formada em teologia), mas isso não é uma intimação, é um convite com um sorriso na cara...rssss

vou divulgar seu livro sim, no que eu puder, ok?

ah, e pode desabafar a hora que quiser, eu sou bom ouvinte.

beijim e paz

Silvia Fonseca disse...

Agora é minha vez de comentar sobre a Mana-amiga Nay....rsrsr.
Digo sempre pra ela que me orgulho da aluna aplicada que se tornou.
Tenho o prazer de conviver de perto...mas o melhor de TUDO é o ABRAÇO e BEIJO que ela dar quando nos vemos.
Nay éverdadeiramente uma MULHER DE DEUS...Tem uma conhunhão linda com o PAI...e uma VIDA DE FÉ...
Nossa amizade nasceu também pela NET.Hoje nos falamos quase todos os dias.ELA é UMA BÊNÇÂO.
Parabéns Wilma pela linda reportagem.
Deus te abençoe.

Wilma Rejane disse...

Oi Silvia!!

Quer dizer que és uma das responsáveis pelo sucesso da Nayara?!
Prazer em conhecê-la Silvia! Volte sempre, tá? rsrs

Sabe fiz curso de biscuit e decoração com plantas secas, mas já faz uns anos. Sempre gostei de artes e eu mesma decorava o aniversário de meus filhos. Até pensei em montar uma casa de decoração de festas, mas olha quanta diferença! Entre outras funçãos na área de educação, virei a "tia Wilma". E a vida se fez arte, das boas. E Deus me fez artista remindo o tempo para vencer.

Deus a abençoe Silvia.

Patricia Duarte disse...

Querida Nayara você é realmente uma benção do Senhor, a menina dos olhos de Deus... com seu grande coração e dedicação ao que faz Deus te honrará sempre.
Bjos e obrigada por tudo.
Parabéns pela entrevista, fiquei super emocionada em ver o agir do Senhor em todo tempo, até com você que não conheço pessoalmente mas que é uma prova viva de que Nosso Deus é lindo.
Deus abençoe.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...