A Morte de Bin Laden X Igreja Perseguida





Fim do terrorismo?

Ao contrário do que muitos pensam a morte de Bin Laden não significa o fim do terrorismo, não era o Osama que  sustentava a Al Qaeda, mas a guerra contra aquilo que eles consideram o “grande satã”, os Estados Unidos da América, considerados culpados por todos os males causados ao mundo árabe. Nem é preciso esperar para saber se Osama de fato está morto, mas o fato é que a notícia já está trazendo grandes benefícios aos nossos vizinhos do norte.

O que tudo isso tem a ver com a Igreja Perseguida?

Desde que os EUA enviaram suas tropas para Afeganistão, Iraque e áreas do Paquistão com o propósito de combater o terrorismo e capturar Osama Bin Laden, a pressão sobre os cristãos destes países aumentou drasticamente. O Afeganistão em 2001 era o 3º na lista de Classificação por Perseguição da Portas Abertas, e esperava-se que com a chegada dos americanos a situação da igreja melhorasse, mas hoje o país continua em terceiro e sua posição pouco oscilou nos últimos 10 anos.

O Iraque era em 2001 o 35º país na lista e pulou para 8º em 2011, o que demonstra que de fato a situação da igreja iraquiana piorou bastante desde a invasão norte-americana, principalmente nas cidades de Bagdá e Mosul onde os atentados contra igrejas e casas de cristãos são constantes. Já o Paquistão em dez anos pulou de 18ª para 11ª posição. Muitos cristãos influentes na política paquistanesa perderam suas vidas ao lutarem por leis mais justas para os cristãos e outras minorias, um exemplo disso é o ex-ministro paquistanês Shahbaz Bhatti assassinado pelo Talibã no inicio do ano.

Todos nós sabemos que os interesses dos EUA nestes países vão além da luta contra o terror, são interesses estratégicos, políticos, militares e econômicos na região, tanto que dois dos três países citados acima (Iraque e Afeganistão) têm presidentes indicados pelos EUA e o terceiro (Paquistão) é parceiro político-militar dos EUA há alguns anos. Assim como as investidas militares dos EUA em nada melhoraram a situação da Igreja nestes países ou diminuiu o terrorismo, tampouco a suposta morte de Bin Laden o fará.


Enquanto é possível reconhecer a importância política, militar e para a humanidade da morte de Osama Bin Laden, principalmente para todos aqueles que sofreram com a terrível violência que ele e sua organização provocaram em todo o mundo, a Portas Abertas também reconhece o chamado bíblico de orar por aqueles que nos perseguem (Romanos 12.14).

Durante muitos anos, o Irmão André, fundador da Portas Abertas e autor do livro “Contrabandista de Deus”, desafiou os cristãos com a seguinte pergunta: “Você já orou por Osama Bin Laden hoje?”

Quando soube da morte de Osama bin Laden, o Irmão André disse: “Eu continuo orando. Existem outros líderes da al-Qaeda que são muito mais perigosos. É um movimento. A pergunta que devemos responder é: somos dirigidos pela vingança ou pelo perdão? Esse é momento de fazermos uma reflexão honesta. O chamado de Deus para nós é que busquemos a justiça”.

 Salmo 2: “Por que se amotinam as nações e os povos tramam em vão? Os reis da terra tomam posição e os governantes conspiram unidos contra o Senhor e contra o seu ungido”. “A batalha não é contra a democracia ou contra os Estados Unidos”, ele diz. “É contra o Senhor e seu Ungido”.

Em resposta ao desafio, o ministério Portas Abertas convoca os cristãos em todo o mundo a orar:

    * Por aqueles que sofreram com os atos de violência da al-Qaeda ao longo dos anos, para que o Senhor possa confortá-los enquanto as notícias sobre a morte de bin Laden pode despertar traumas e lembranças tristes novamente.

    * Ore pelas pessoas que estão vulneráveis a possíveis retaliações do al-Qaeda, para que o Senhor dê sabedoria ao governo para proteger os cidadãos, inclusive as minorias cristãs nos países muçulmanos.

    * Ore pelo povo – principalmente os cristãos – dos países dominados pelo Talibã (Paquistão e Afeganistão), que sofreram muito por causa dos movimentos muçulmanos extremistas, incluindo al-Qaeda e Talibã. Peça para que o Senhor os proteja do mal e encha os seus corações com a paz de Jesus Cristo.

    * Ore pelos perseguidores, para que o Senhor continue a confrontá-los com o amor de Jesus Cristo através de Sua Palavra, sonhos, programas de rádio e TV e internet.

Fonte: Portas Abertas

6 comentários:

Nayara disse...

♥ Sabemos que tudo, na verdade, irá piorar e muiiiito!!!!!!!! Hoje as pessoas até ficam horrorizadas com a perseguição ao povo de Deus, aos cristãos, mas haverá um dia que eles nos mataram achando estar fazendo a vontade de Deus, louvando-O e isso de forma, digamos assim,legalizada, formal, e aceita no mundo inteirinho!!!!!!!!!! Nós, os verdadeiros cristãos, seremos o único pessoal excluido. Seremos odiados por todos na face da terra. Assim diz a Bíblia.
E ai, mana do coração veremos quem é e quem diz ser pois não será nada fácil morrermos por Cristo, vermos filhos mortos na nossa frente por amor ao Reino de Deus.
Oh, eu sou assim mesmo. Tenho filhos de 14 e 11 anos, e sempre digo para eles todas essas coisas.Não escondo nada. Viver ou morrer que seja para Cristo.
Beijos mana, bom dia!!!!!!!!!!!!!!!!

Eduardo Medeiros disse...

wilma, eu levantaria várias questões sobre esse texto do portas abertas. vou citar algumas:

é fato que cristãos são perseguidos em países islãmicos mais radicais. acontece que para o islãmico radical, o ocidente, e principalmente os eua são os inimigos do islã por serem cristãos. é isto, de certa forma, é verdade.

explico: quando um missionário cristão vai levar o cristianismo a um país islãmico, isso é visto por eles, como uma agressão à cultura religiosa do país, já que uma conversão significa o abandono da sua própria religião para abraçar outra. nesses países, a religião está entranhada em todos os níveis de vida da população, assim como era também com o antigo israel bíblico, logo, o confronto é inevitável.

eu particularmente, tenho a concepção de que a missiologia cristã deve ser alterada. do jeito que é feita, ela provoca uma guerra entre diferentes concepções espirituais e o resultado só pode ser a violência.

veja, por exemplo, a citação do salmo 2 pelo autor do texto. o que ele diz?

“A batalha não é contra a democracia ou contra os Estados Unidos”, ele diz. “É contra o Senhor e seu Ungido”.

mas quem é o "ungido do senhor" na concepção do autor? jesus, o deus cristão, o deus do ocidente. não vou nem entrar no detalhe que o "ungido do senhor" do salmo se refere ao rei de israel que era chamado de "ungido".

por acaso, estou escrevendo uma série de artigos lá no caminhos da teologia sobre a possibilidade de um diálogo respeitoso entre diferentes religiões.

enquanto nós tivermos a concepção de que temos pose da única e definitiva verdade espiritual, a guerra religiosa continuará. isso serve para o outro lado também, claro.

esse é um tema vasto, amiga, por hora, vou ficando por aqui.

beijim e paz

Wilma Rejane disse...

Oi Nayara!

O cristianismo tem um histórico de perseguição desde a Igreja primitiva. Não é fácil manter-se cristão, renunciar as ofertas do mundo. Só mesmo através da fé e força do Senhor. Por este motivo vejo que o cristianismo foi, é e será a religião mais perseguida no mundo.

Até mesmo onde há liberdade de culto vive-se o Evangelho a preço de sangue, essa é a realidade. Mas, graças a Deus que nos faz triunfar em Cristo Jesus.

Agora, se ser cristão (digo cristão mesmo) no Brasil já é "porta estreita" imagine nos países Islâmicos!

Deus a abençoe mana! Grande abraço!

Wilma Rejane disse...

Eduardo meu irmão,

Será que Osama morreu mesmo?! Tô achando muito estranha essa história de ninguém ver o cadáver, de sepultamento no mar...bem, um dia a verdade aparece.

Se julgas a missiologia agressiva, o que dizer do fundamentalismo Islãmico?! Ih!!! Bota violência nisso, e não é só contra o cristianismo, mas contra qualquer que discordar ou combater os ideais da religião.

Acredito que a evangelização pode sim tornar-se agressiva quando despreza a cultura e tenta a todo custo imprimir mudanças.

A mudança no cristianismo acontece do interior para o exterior. Culturas, tradições, religiões são elementos que aos poucos vão sendo transformados a partir do intimo.

É lógico que não concordas comigo rsrsr.

E sobre o "ungido" é mesmo um assunto vasto, mas esse rei de Israel é Jesus, meu irmão!

É lógico que agora discordas novamente amigo filósofo rsrs

Té mais Edu!

Deus o abençoe.

Nayara disse...

♥ Mana o livro chegou desde o dia 29 mas o meu porteiro muito competente kkk, so me entregou hoje e isso porque perguntei. Já comecei a ler, bejos, boa noite, Deus te abençoe e FELIZ DIA DAS MÃES!!!!!!!!!!!!!

Levy Marinho disse...

Olá! Paz e saúde a todos!
Minha opinião sobre a igreja perseguida e sobre a morte de Bin Laden:
Primeiro eu creio certamente que a perseguição da igreja quem faz é EUA, de uma forma oculta ele está por traz disso, o governo americano é inimigo dos cristãos, apesar de defender essa fé, e de ser um país de maioria cristã, as atitudes dos EUA não correspondem ao caráter cristão defendido. De fato como diz o texto, a situação da igreja nos países citados, só piorou.
Quanto a morte de Bin Laden, pra mim não passa de uma farsa, ou seja, mais uma vez os EUA tenta manipular o mundo! Não estou com isso defendendo a Al Qaeda, em hipótese alguma, mas se pudéssemos ver claramente, veríamos que os EUA também comete terror e de alto nível, e tem sempre um jeito de fazer a população acreditar que foi uma "outra organização", mesmo que de fato haja o terror vindo de outras partes, já diz o ditado: A primeira impressão é a que fica! O que o povo acha dessas organizações que cometem atentado terrorista? É fácil acreditar que são sempre culpados!
Abraços, Paz e saúde, e venham conhecer o bluemarinho.com .

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...