Meu Esposo é Um Psicopata - Carta de Leitora



 Wilma Rejane

Recebi esse email de uma leitora, vou chamá-la de Ana. É um testemunho sofrido, um desabafo feito a partir da leitura de um de meus artigos sobre psicopatia. Creio que Ana foi atraída ao blog por esse tema.


Clique para ampliar


Publico o depoimento, porque não é o primeiro que recebo sobre : "Relacionar-se com um psicopata". Embora tenha grande curiosidade pelo tema, não sou doutora, nem especialista na àrea. Porém,com essa publicação, quero registrar mais uma página nos mecanismos de pesquisa do Google, quem sabe ajude pessoas que passam pelo mesmo conflito da leitora.


Depoimento Ana


Prezada Dra. Como, foi bom a viagem pelo seu blog, nestes dias descobrir que meu marido é um psicopata leve,lendo o livro mentes perigosas, pois  ele sempre foi muito frio, calculista, egoísta, incrédulo, sem  demostração de afeto com seu próximo,antissocial,arrogante, mas inteligente e  sempre sou eu que fico com 100 % das despesas de casa , todos os dias acordo na esperança de as coisas irão mudar,( ele me dizer amor vou lhe ajudar com isso ou aquilo), tenho um filho de 18 anos e ele tem um de 12 o qual crio desde os 4 anos. Tenho 36 anos e ele 32, sou formada e pos graduada e ele nem sequer terminou o primeiro grau, ele trabalha com pintura. 


Dra. Receio que durante 8 anos convivi com um psicopata, meu marido nunca pede desculpas, não se preocupa com as responsabilidade e compromisso domestico e financeiros,vire e mexe ele sempre está me magoado e tentando me manipular, as vezes ele me deixa confusa, não gosta que eu faça as coisas para meu filho, ele trata o filho como se fosse  sei La o que.... mas , como sou casada no civil e temente a DEUS, por causa do divórcio, não sei o que fazer.... até mesmo com nossa gatinha de estimação ele implica,  comigo ele é gentil quando quer, não bebe, não fuma, não é de farra, pelo contrário é muito caseiro....mas gosta sempre de sossego e boa vida, não gosta que seu filho lhe importune....


Querida Ana,

Você se define como uma mulher temente a Deus, se assim não fora, já teria abandonado seu esposo. A Bíblia diz: "“Os que confiam no Senhor são como o Monte de Sião,que não se abala, mas permanece firme para sempre” Sl 125:1.De Deus vem a força e sabedoria para lidar com as adversidades.

Existe uma diferença cultural bem grande entre você e o esposo e talvez isso dificulte o diálogo, mas conversar e direcionar seu esposo para um tratamento, um especialista, é algo que precisa ser feito. Destaco que essa diferença de escolaridade, não é motivo para conflito. Conheço alguns casos, em que a esposa tem uma boa graduação escolar e o esposo não tem sequer o ensino médio e ambos vivem aparentemente muito bem. Supervalorizar esse fato, é muito mais uma questão de convenção social.


De repente,seu esposo não seja um psicopata, mas alguém com bipolaridade ou  um outro problema psicológico que precisa ser tratado.  A medicina não acena com cura para a psicopatia, mas se esse for o caso,  a medicação e as orientações de um especialista podem ajudar tanto você como ele.

Como crente em Cristo Jesus, acredito em milagres e no poder do amor, que age acima de todo mal, por isso, vejo possibilidade de melhoras para seu esposo e seu relacionamento.


Amas a teu esposo? Queres permanecer em família? Busque ajuda, na medicina e em Jesus, com todas as suas forças. " Porque o marido descrente é santificado pela mulher; de outra sorte os vossos filhos seriam imundos; mas agora são santos" I Cor 7:15

Desejo que sejas feliz  e encontres o caminho que irá mudar a sua vida

Em Cristo.

7 comentários:

Pr.Vanelli disse...

Gloria a Deus. Que sabedoria, que conselho fundamentado. Confesso que aprendi hoje nesta postagem. Parabens para a "Ana" que demonstrou coragem ao enviar o email, e parabéns para a Dra.Wilma pelas sábias palavras. Tenho orgulho de ser seu amigo, pra.Wilma.
Abraço, vanelli, sempre aprendendo,

Wilma Rejane disse...

Graça e paz Pr. Vanelli!

Sabe amigo, não é fácil dar conselhos sem ouvir o reclamado e conhecer de perto o problema e ainda: Sem ser doutora (risos).

Contudo, a Palavra de Deus, tem resposta para tudo. Ela é Conselho para vida, por este motivo, ouso orientar. Como pastor, conheces bem esse oficio, não é?

Obrigada Vanelli.

Deus o abençoe.

Be disse...

Vamos pesar cuidadosamente a Palavra de Deus e distúrbios mentais humanos. Se a pessoa citada é um psicopata autêntico, quando contrariado e desafiado deverá manifestar a entidade que o controla. Deverá ser dada a ele a ordem de se manifestar completamente. Ele pode ser apenas um aproveitador como tantos citados pelos nossos colegas, um daqueles que se escora economicamente em alguém para viver tranquilamente seus prazeres e preferências, mesmo que lícitas.
É preciso desafiá-lo naquilo que mesmo o mais insensível dos psicopatas se altera: o sustento econômico.
Qualquer agressão ou ameaça, deverá ser deixado claro, já que Deus corrobora as leis criadas pelo homem, que será registrada em delegacia.

Anônimo disse...

Oi estava procurando um artigo sobre este tema, para entender o meu esposo, que me maltrata tanto o fisico como o emocional. Realmente confirmo que nao sente culpa das maldades e perversidades e os resultados fica estanpado na cara a satisfacao. A familia dele apoia estas perversidades e sao iguais; adoram dinheiro e aparencia gostam de passar os outros para tras e depois da risadas. E muito inteligente e consegue colocar a culpa de todos os problemas em mim; logo espalha barbaridades para que eu fique mal vista e se afastem de mim as pessoas. Nao tem amigos so interesses e nao gostava de me ver com os amigos conversando. Teme ser denunciado por isso me esmurrou a cabeca, me jogou contra a porta de vidros que espatifou. Ainda estou com este candidato a assasino e temo a Deus; tenho orado muito por minha familia, so que ele nao cre em Deus e ate zomba dizendo: vai ler tua biblia e orar. Vai ver o que seu Deus vai fazer. Ate amizades de muitos anos, agora mentenho so por email por causa dele nao gostar e se sentir intimidado.
Eh... tenho uma vida com Deus para continuar e temo perder a salvacao por causa dele. Por favor nao publique este comentario e um desabafo e nao quero me sentir mais humilhada. Continuem ajudando a muitos com este blog. Deus os abencoe

Anônimo disse...

Oi, sou casada há 13 anos,tenho dois filhos ,um de 11 e uma de 3anos e 6 meses ,ele bebe e quando não está trabalhando esta no bar, entra e sai quando quer e tem vontade, me deixando em a frente de tudo e com os filhos.
Porem e' agressivo dentro de casa, chuta as coisas, já agrediu a mim e meu filho , pegando-o pelo pescoço e suspendendo no ar, inventa que falamos e fazemos coisas sem fato e nos obriga a concordar com ele , grita e age sempre quando menos esperamos ,em casa o clima e' de medo e um pouco de raiva, me ameaça o tempo todo e por vezes e repetidas vezes ele cita que o amor dele pode sim levar ele a finalizar com a minha vida e tbm com a dos filhos. Moramos isolados. Não temos vizinhos , o que fazer?sera que este homem ainda pode sim finalizar com a própria familia ?

Iracema disse...

Oi, sou casada há 13 anos tenho dois filhos im menino de 11 e um menina de 3 , o meu marido bebe e quando não esta trabalhando está no bar ,entra e sai quando quer para onde quer , e tem sido agressivo tanto fisicamente quanto verbalmente, nos acusa e nos ameaça dentro de casa, vivemos sempre com medo quando ele chega em casa , as vezes dorme com o facão do lado da cabeceira , nos força a concordar com suas palavras a dar sempre razão para ele, moramos num lugar sem vizinhos , meu filho mas velho já foi pego duas vezes pelo pescoço e a pequena já foi pega pelo colarinho da blusa e não pude me aproximar pois tinha medo que ele a remessasse ela na parede age sempre e surpresa , sera que ele pode vir finalizar comigo e as crianças ? O que faze ? Sera que arrisco muito ainda convivendo com ele ?

Anônimo disse...

Quando namorava meu marido, muitas vezes ele chorava, falava que sentia vontade de tirar sua vida, pois tinha muito medo de me perder. Eu achava estranho porque nesses momentos que ele fazia isso, não estávamos brigados e nem cogitando o rompimento do namoro, ao menos da minha parte.
Muitas vezes ele me dizia que tinha algo pra me falar e não conseguia falar. Ele terminava comigo, e dizia que jamais aceitaria me ver com outra pessoa. Que se eu me envolvesse com alguém ele mataria. Ele terminava comigo num dia e no outro ele pedia pra voltar. De medo de morrer. Tinha medo dele.

Casamos, mas percebi que no dia do casamento ele estava triste e infeliz. Logo que casamos tivemos uma briga porque ele tinha me dito que tinha se arrependido de casar. Eu perguntei a ele o porque então, que ele quis casar comigo?

Ele me disse que se casou comigo porque sua ex namorada não quis casar com ele.
Perguntei se ele não gostava de mim, porque ele me ameaçava caso eu namorasse outra pessoa?
Ele falou que gostava de mim e de sua ex. Ou seja, das duas ao mesmo tempo.

Com 2 anos de casada falei que iria separar dele, porque a aguentava mais aquela situação. Ele bebia muito e muitas brigas. Então ele pediu mais uma chance, que ele mudaria, pararia de beber.

Dei mais uma chance. Ele parou de beber mesmo. HOje com 15 anos de casada, e mais amadurecida, vejo as coisas melhor e de outra maneira.

Ele continua a mesma pessoa egoísta, pensa só no bem estar dele. Quando brigamos ele me diz que nunca tive atitude de largar dele. Que eu continuei com ele porque eu quis. É hostil comigo, mas me diz que me ama, mesmo eu "achando" que ainda ele não esqueceu a ex, mesmo não tendo nenhuma tipo de contato com ela. Mas ele jura de pés juntos que me ama, e o que ele me disse no inicio do casamento era infantilidade dele.

Para as pessoas de fora (vizinho, amigos) ele é muito bonzinho. Percebo que ele não tem personalidade própria. Sempre imita comportamento de outras pessoas.
Mas em casa eu não posso falar nada pra ele que ele começa a gritar, falar gritado, quebra as coisas.

Falo de separação com ele, ele vira um bicho! Não aceita.

Minha conclusão:

-Ultimamente analisando ele, percebo que ele tem indícios fortes de ser um psicopata. Ele tem muita dificuldade de lidar com a realidade, e quando falo que ele me ameaçava ele diz que eu minto.

Qual é sua visão sobre meu relato?


ass: AMIGA

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...