A Líder da Reforma Protestante - Katarina Von Bora





Wilma Rejane

"Por trás de um grande homem há sempre uma grande mulher", diz o ditado. Sou admiradora de Martinho Lutero, líder da reforma protestante, mas pouco se fala de sua esposa. Tive, portanto a curiosidade de pesquisar sobre ela, a mulher que fez Lutero desistir da batina e formar uma família. É bem verdade, Lutero já não concordava com muitos preceitos do catolicismo, inclusive o celibato.

Lutero escreveu em um de seus artigos: "Quando Deus fez o homem e a mulher, Ele abençoou e lhes disse: "Crescei e multiplicai-vos.  Essa passagem nos da a certeza de que o homem e a mulher têm o dever e a obrigação de se unir para se multiplicar".


Katharina Von Bora


Nasceu em 29 de Janeiro de 1499, na Alemanha. Com apenas 5 anos de idade foi estudar em regime de internato, em convento católico, onde permaneceu até 1523.  Ela foi educada por um professor e aprendeu latim numa época em que as mulheres não conseguiam ler nem mesmo a própria língua. Katharina fugiu do convento com mais 11 freiras. Ela e as demais ouviram falar do Ensino Bíblico de Lutero, consideraram seus princípios e quiseram deixar o convento. Um comerciante ajudou na fuga.Pois é, Katharina Von Bora, foi embora do convento para sempre!

Casou com Lutero dois anos após a sua fuga, em 1525. Consta-se que ela era uma ótima gerente familiar. Apesar dos fundos limitados e um grande número de hóspedes, plantou legumes e comprou uma fazenda com criação de bovinos, frangos e cerveja fabricada.






O casal teve seis filhos e ainda adotou mais quatro. A família,era considerada modelo na Alemanha. Lutero chamava sua esposa de "estrela da manhã de Wittinberg". Katie viveu por mais seis anos após a morte do esposo em 1546.

Katarina abriu as portas da sua casa para que monges, freiras, padres que escancaravam seus corações pra verdade de Deus e se tornavam adeptos da Reforma se refugiassem, mesmo sabendo que estavam entrando num tempo de perseguição e isso pudesse resultar numa invasão ao seu lar. Existiram vezes, que 25 pessoas moravam em sua casa, sem contar ela, Lutero, as crianças e os  órfãos  de quem cuidavam!

Lutero nunca se negava a ajudar um necessitado. Sempre oferecia dinheiro a quem precisava e logo logo, acabou com as lindas porcelanas que Katarina ganhou de presente de casamento, vendendo-as para conseguir dinheiro e abençoar aqueles que lutavam pela causa da graça de Cristo! 

Katy cuidou de Hans Lutero, seu primeiro filho, ao mesmo tempo em que seu esposo passava por uma terrível depressão. Ela se sentava ao seu lado e lia a Bíblia pra ele edificando seu coração. Conciliou as tarefas da casa, de hospedagem, mãe, esposa com a árdua tarefa de ajudar Lutero na tradução das escrituras para o alemão. Ouvia os desabafos de Martinho e sabia que cada vez que ele saia para pregar podia não o ver voltar, pois quanto mais pregava, mais inimigos Lutero ganhava. Expandir o Reino e as verdades bíblicas significava para Katarina poder ficar viúva. Mas ela sempre o encorajava: “Deus cuidará de nós. Não tema! Pregue!”.

Ela era admirável. Sua postura permitia Lutero pregar livremente e arriscar sua vida pela Verdade! Katarina não escreveu nenhum livro nem pregou nenhum sermão, mas sua inestimável ajuda possibilitou que o marido fizesse isso. Ela foi um grande apoio pra ele. Como Lutero mesmo disse a um amigo: “Minha querida Katy me mantém jovem e em boa forma também (risos). Sem ela eu ficaria totalmente perdido. Ela aceita bem minhas viagens e, quando volto, está sempre me esperando. Cuida de mim nas depressões. Suporta meus acessos de cólera. Ela me ajuda em meu trabalho e, acima de tudo ama a Jesus. Depois de Jesus, ela é o melhor presente que Deus em deu em toda a vida... Se um dia escreverem a história da Reforma da Igreja espero que o nome dela apareça junto ao meu e oro por isso.”.


Bem, Lutero ficaria decepcionado ao saber que o nome da esposa nunca é citado quando o assunto é Reforma da Igreja, mas aos mais sensatos nunca ficará esquecido o ditado reformado: " Ao lado de um grande homem, há sempre uma grande mulher" por isso, Katarina Van Bora marcou presença na história.


Fonte: Missões Urbanas
Katarina Van Bora

9 comentários:

Tretswelt disse...

Que coisa (historia maravilhosa...sempre me perguntei porque ela quase nunca e mencionada.Aqui na Alemanha li sobre elae suas dificuldades depois da morte de Martin Luther...naquela epoca as mulheres nao eram respeitadas e ela nao recebeu mais creditos e perdeu a confianca das autoridades so porque era uma mulher.Tudo que Luther plantou ...tudo foi atraves das maos dela que prosperaram, que colheram frutos...precisamos muito aprender dela.
Um fim de semana abencoado p vc.Bju.Luciene.

Wilma Rejane disse...

Oi Luciene!

Obrigada por sua contribuição no artigo, direto da terra de Martin Luther.

Boa semana para você e toda família, querida.

Deus a abençoe.

Elaine Cândida disse...

Pois é...

Eu tenho Lutero como uma das pessoas que mais admiro depois de Jesus, tamanha foi sua contribuição para a humanidade.

Mas confesso que nunca fui atrás de saber nada sobre a Kate.

Ainda bem que tem gente como você, que compartilha essas coisas conosco!

Beijoca e bom final de semana!

Em Cristo.

Elaine Cândida

Antonio Carlos disse...

A paz do Senhor Luciene, gostei muito desta publicação sobre a vida de Catherine Vombora, esposa de Martinho Lutero, vi um pouco sobre esta memoravel esposa deste grande lider no filme sobre a vida de Lutero. posso dizer que este casal nos inspira por esta causa tão nobre.
a!!! se não fosse esta benção que Deus concede a nós homens, uma esposa para nos ajudar no nosso ministério. com certeza, não iriamos muito longe.um grande abraço p/ vc. e os teus. ass. Evangelista Antonio Carlos & Cantora claudinéia - Londrina Pr.

Fratermaurício disse...

Caríssima, bom dia!
É muito interessante saber algo a respeito de Martinho Lutero,o Pai da Reforma Protestante (31 de outubro), e ainda mais, no que diz respeito à sua vida pessoal e sua esposa. Dá-se a impressão que Katarina Von Bora lidava com questões sociais do cristianismo, enquanto Lutero trabalhava com as espirituais. Um casal perfeito. Por Lutero ter se casado com ela, creio ser uma pessoa muito especial, com qualidades ímpares para o atrair. Qual o segredo de Katarina? A propósito, bem que gostaria de saber a que congregação católica ela pertencia.
Matéria muito boa. Parabéns pelo post! Deus te abençoe!

Wilma Rejane disse...

Oi Elaine!

Kate é? (risos) Ela é nossa mana na fá em Jesus, intimidade válida, né não?

Tive a curiosidade de saber sobre a esposa de Luthero após assistir o filme sobre a Reforma, senti falta de mais detalhes sobre a família desse valente, daí o artigo.

Obrigada Elaine por sua sempre bem vinda companhia.

Deus a abençoe.

Wilma Rejane disse...

Oi Antonio!

Luciene é nossa mana aabençoada que faz pratos deliciosos e trabalha com decoração lá na Alemanha, é leitora do blog tem um tempão.

Euzinha que faz os artigos do blog sou Wilma, viu? Prazer em conhecer!

Pois é,. o filme é muito bom, mas fala pouco sobre a vida pessoal de Lutero

Obrigada Antonio, volta sempre, tá?

Deus abençoe a você e a toda família.

Wilma Rejane disse...

Saudações Fratermauricio!

Acredito que Katarina era uma mulher moderna para sua época e inteligente, mas...teria ela outros segredos? Essa sua pergunta merece um estudo mais apurado, viu? rsrs

Obrigada pelo ar de sua graça por aqui com comentários sempre prudentes.

Deus o abençoe mano.

Unknown disse...

Boa noite, eu creio que o segredo embora seja algo para nao ser descoberto ou revelado como o nome diz, seria a sensatez, temente a Deus acima de tudo ,uma mulher inteligente, ousada corajosa, e determinada. Ela disse que se nao fosse com Lutero nao se casaria. Ela o admirou por quem ele era em Deus. Isso faz a diferença.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...