Manter um blog cristão: lazer ou dever?

Vale a Pena Publicar Conteúdo Cristão na Web?

 

 

Breve Histórico

Houve uma época, não muito tempo atrás, em que me perguntei se valia mesmo a pena manter um blog cristão. Não sei se você sabe (provavelmente não, se não for blogueiro), mas não é a coisa mais fácil do mundo ser blogueiro desconhecido e anônimo! Dá trabalho, tem gastos, você despende um tempo razoável administrando postagens e pesquisando assuntos. A inspiração nem sempre está disponível e fica ainda pior quando aparecem uns trolls para estragarem seu dia perturbarem sua paz.

Se você está pensando em iniciar um blog, pense bem antes de começar, pois pode se tornar apenas mais um projeto interrompido. Com isso não estou querendo dizer que não há espaço para mais blogs evangélicos, porque HÁ. O que não há é espaço para mais projetos inacabados ou deixados para trás pela metade, isso não.

Mas, enfim, a grande questão é: Vale a Pena Publicar um Blog Cristão?

Vou dar meus motivos para dizer que SIM e deixo ao seu critério decidir se vale ou não, ok?

 

Os Comentários (Feedbacks) Recebidos

Um dos motivos mais fortes em escrever este texto foi um email que recebi recentemente. Eu fiquei muito grato a Deus, e vou compartilhá-lo (com adaptações para preservar a identidade do remetente) com você:
Date: Fri, 24 Feb 2012 09:01:48 -0300
Subject: Agradecimento!
From: Elvis Presley*
To: wallysou

A paz do Senhor,
Louvo a Deus pela sua vida, não te conhecia ate alguns minutos atras ao entra no sitio da Editora Ferreira olhei o seu artigo  "uma reflexão antes de desistir" terminei de lê..estou chorando profundamente, a sua historia e a minha, apos 12 meses consecutivos no cursinho resolvi deixar o emprego e já estou um ano estudando, reprovei em vários certames..agora estou sem dinheiro estou vendendo parte de minha biblioteca teológica para me sustentar, já vendi aliança de casamento, minha esposa esta trabalhando as vezes aperta, então tenho que vender algo, atualmente estou estudando para o TRT, estou angustiado, triste, abatido...sem norte..estou quase voltando a trabalhar..mas, penso que talvez eu perca tudo que ja aprendi ate aqui..Agradeço pelo seu texto..Deus te usou...Muito obrigado! Ore por minha esposa Princesa de Mônaco* e minha filha (5 anos) Marjorie*.
Ops: Desculpa pelos erros gramaticais estou muito emocionado!
(*) nomes fictícios (mas, nem precisava dizer né? risos)

Mas, essa não foi a única que recebi e que me emocionou. Se você ainda está aí, ou se quer ir no banheiro pegar um lenço, eu espero (risos). Voltou? Trouxe lenço? Aperte os cintos. Ah, os comentários foram feitos no post sobre deixar o que passou para... trás. Esse post inclusive mereceu a atenção de um psicólogo, que o replicou em seu blog. Veja os comentários:
ola´,bom dia na paz do Senhor e Salvador JESUS CRISTO,na vida dos que confiam em DEUS. nada acontecem por acaso. estou no trabalho neste momento e acabo de descobrir essa bençao na minha vida. to tentando deixar meu passado para tras faz sete anos e ele continua presente cada vez mais na minha vida. estou divorciada, mas meu ex nunca saiu das nossas vidas, apesar de continuar com a mesma mulher com quem saiu de casa. nunca deixou de frequentar a nossa casa mesmo sem sentir mais nada por mim. fico com receio de botar um fim nisto mas nunca tive coragem até ler este texto. agradeço a Deus por voçe existir e vou deixar meu passado para tras pois encontrei força no texto. que o Senhor te abençoe muito.
RAY


Pensa que acabou? Tem mais... hehehe

OLÁ MEU CARO IRMÃO , EU ESTOU COM VARIOS PROBLEMAS , COM A MINHA EMPRESA E ME VIA AO PONTO DE DEISTIR, MUITAS DIVIDAS SE ARROLARAM E EU NÃO VIA NENHUMA SAIDA PARA SOLUCIONAR AS TAIS, OS CREDITOS SE ACABARAM, E EU ESTOU NUM BECO SEM SAIDA, E ISSO ENTRISTECEU MUITO A MINHA ALMA AO PONTO DE LARGAR TUDO. MAIS AO NAVEGAR NA INTERNETE ME DEPAREI COM O BLOG A TENDA NA ROCHA , E VI ESTE ESTUDO ESCRITO NÃO DESISTA, E COMESSEI A LER E PASSEI PARA O SEU BLOG E QUE ME FEZ RESPIRAR DINOVO, E VI QUE VALE APENA CONTINUAR TENTANDO NÃO VOU DESISTIR, VOU ENCHER A VELHA BOMBA DE AGUA, E FAZER COM QUE BROTE DINOVO. IRMÃO MUITO OBRIGADO POR ESSAS PALAVRAS QUE VAI FAZER COM QUE EU CAMINHE DINOVO. ÁMÉM. (Robson)

Optei por colá-los exatamente como os comentários foram postados, para deixar claro que as pessoas escreveram assim mesmo, e querendo dizer isso mesmo que está escrito.

Recentemente, um colega que trabalha no prédio em frente ao meu, com o qual me encontro constantemente no restaurante que almoçamos, leu meu depoimento de aprovação no concursos da CGU/2008 e disse que me considera um vencedor pela minha história de vida e pelas conquistas que alcancei. Não que eu esteja dizendo que seja um vencedor, mas estou ilustrando a importância de narrarmos as conquistas que Deus nos dá, para mostrar aos outros o que Deus fez e faz. E, se fez por mim, pode fazer com qualquer um, pois não sou melhor do que ninguém.

Reflita: Não é tremendo e fantástico quando percebemos que Deus usa nossas experiências aparentemente irrelevantes para mudar histórias e transformar vidas? Só isso já faria ter valido a pena, mas o Senhor é tão bom comigo, mesmo sem eu merecer, que ainda me dá mais.

eu curti, e você?

As Avaliações que Recebemos

Meu blog, apesar de não ser tão visitado e relevante dentro do contexto nacional, possui leitores generosos. A não ser, claro que eles leiam o mesmo post várias vezes e, a cada lida, avaliem de novo... risos

Vou tentar montar um pequena tabela com alguns dos post que obtiveram mais reações, para tentar deixar a coisa mais didática (vai que existem mais pessoas como eu que demoram para entender as coisas, né?). Dados colhidos em 17 de março de 2012.

#Título do postGostouCurtiuEstrelasComentou
1Lições à beira do tanque de Betesda1262823 votos22
2Tenha cuidado ao regar seus sonhos72315 votos45
39 razões para persistir quando as coisas insistem em dar errado602336 votos36
4Vou desistir! Não aguento mais...522812 votos46
5Contando as derrotas que me fazem subir cada vez mais alto52175 votos28
6Deixando o passado para trás24169 votos76

Sabe, isso até poderia me deixar um pouco envaidecido, mas não. Por que eu me orgulharia de as pessoas gostarem ou comentarem meus textos, se ninguém fosse abençoado por eles? E, se foram abençoados, foi porque Deus me usou. E se Deus me usou, como posso me orgulhar disso se Ele o fez em situações em que eu estava moído, quebrado, derrubado, mais abatido que galinha caipira em festa na roça?

Aqui cabe uma dica valiosa: Se você edita um blog, e ainda não faz uso de um sistema de avaliação de seus posts, está perdendo uma excelente oportunidade de obter um precioso feedback de seus leitores. Além disso, você teria um poderoso indicador de quais textos impactam mais os leitores. A partir disso, você pode decidir como avaliar a situação e definir sua linha editorial.

Muitos leitores chegam em seu blog sem saber bem o que ler, principalmente em blogs que abordam vários assuntos (como o meu, p.ex.), e uma lista dos posts mais votados ou melhor avaliados pode ser uma boa dica de leitura para eles. Considere o assunto e incremente as formas de interação entre os leitores e seu blog.

Para não ficar só nas minhas palavras(*)


Vou trazer aqui um exemplo de como a blogagem cristã pode fazer diferença a médio longo prazo na net. Faz algum tempo que, fuçando pesquisando sobre bons materiais apologéticos, em parte por conta da queda evidente de qualidade dos blogs apaulogéticos, que ultimamente se digladiam entre si, acabei descobrindo o excelente blog Quebrando o Encanto do Neo-Ateísmo (recomendo, de verdade).

Em um de seus posts ele levanta a questão da vinda de William Lane Craig ao Brasil, e atribui essa bênção de Deus no território tupiniquim a um árduo trabalho de tradução e divulgação que foi empreendido abnegadamente por uma equipe quase anônima, mas que, agora, pode colher esse saboroso fruto. Observe como ele reflete sobre isso:
O que isso tem a ver com a vinda de Craig ao Brasil?
Simples.
Eu não tenho como comprovar, mas defendo uma tese que considero extremamente plausível: se William Lane Craig vem no nosso país dar várias palestras, com pompas de estrela, isso se deve em MUITO a divulgação feita por apologistas cristãos na Internet.
Eu concordo com ele. Talvez, apesar de HOJE, meu blog não estar tendo o retorno que eu gostaria ou achasse que mereceria (sim, eu sou insaciável... risos), quem sabe, no futuro, alguns textos poderão ser úteis à Igreja de Cristo? Não, não estou me referindo a um período pós-arrebatamento, mas a uma fase em que as pessoas vão procurar textos para tentar entender assuntos que não estarão claros nestes dias.

Ou pode ser, simplesmente, esquecido e relegado ao limbo de coisas que aconteceram, tiveram seu tempo e sua chance, e partiram. Afinal, existem muitas coisas que vêm e passam em nossas vidas, e não há muito o que possamos fazer a respeito, a não ser a resignação e tocar a vida pra frente. Mas, eu sei que alguns de meus textos JÁ produziram frutos, e ainda há outros sendo gerados.

E você, talvez esteja pensando: será que o que eu fiz beneficiou alguém? Como saber se não perguntar, como saber se não agir pensando no outro de forma altruísta?

 a semeadura é livre, mas a colheira é obrigatória!

Conclusão


Vale a pena? Para mim, vale. Ganho dinheiro com o blog? Eu, não. Aliás, eu pago para ter um blog e abençoar outros. Ainda assim, vale a pena ter um blog cristão? Vale. Por que eu não ganho dinheiro com o blog? A pergunta é simples, mas a resposta, não. Para começo de conversa, eu me revelei um incompetente completo em descobrir formas de ganhar dinheiro com o blog (estratégias de monetização). Isso se deve, em parte, ao fato de eu não ser blogueiro em tempo integral, mas parcial. É um hobby, faço porque gosto.

Uma outra possível explicação é porque eu me recuso a me meter em confusões, fazer posts chamativos apenas para gerar pageviews e lançar dúvidas sobre a reputação alheia para encher o blog de flamewars (guerra de nervos, nos comentários). Sério, eu sou praticamente um blogueiro anônimo, mas por que afundar meu blog na lama, agindo de forma a escandalizar o nome de Cristo e manchar a honra da noiva dEle? Já tem muita gente fazendo isso, e não quero ser mais um cúmplice desse crime. No fim das contas, ser anônimo e desconhecido também tem seu charme e suas vantagens (risos).

E você, sente que vale a pena editar um blog cristão? Você publica suas idéias e experiências na internet e recebe feedback dos leitores? O que estaria faltando para que você se sentisse satisfeito em ser um blogueiro cristão? Compartilhe suas experiências nos comentários!

Deus te abençoe.

(*) Expressão corriqueira usada por crentes assembleanos após dar uma palavra rápida no culto, para dizer que seu breve discurso não tem tanta importância, e por isso vai ler um versículo da Bíblia, que merece sim a atenção das pessoas. Claro, às vezes é só falsa modéstia. No meu caso, além da falsa modéstia é só mais um motivo de piada mesmo. rarará!

E curta nossa página no Facebook: Desafiando Limites!

3 comentários:

Lane disse...

Oi Wallace, leio seus textos aqui no Blog da Wilma, e acho que eles são ótimos!!! E as suas dicas de hoje muito úteis aos que pensam em blogar. Mas acho que as pessoas precisam pensar um pouco, em organização e em escrita. Existem blogs por aí que são tão desorganizados que me desanimam de usá-los como fonte de pesquisa - sou ávida por blogs cristãos, rsrsrs-. E outros, que os erros são tão gritantes, de ortografia mesmo, isso mesmo, que o conteúdo perde a credibilidade. Pra pensar!!! Deus te abençõe e te guarde.

Desafiando Limites Vencendo Barreiras disse...

oi Lane, apz.

de fato, tb observo e tenho as mesmas preocupações que vc.

acredito que devemos tb nos atentar a esses detalhes q vc citou, e pensaremos em formas de ajudar nossos irmãos blogueiros a melhorarem seus blogs.

todavia, é preciso deixar claro: os próprios editores dos blogs é quem devem procurar melhorar nesses aspectos.

obg pelo feedback e gde abço.

wally.

Anônimo disse...

Hi I am Hempel Schorn. Your blog is really Smart, helps greatly! Enjoy stay here.
runescape gold

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...