O Encontro da Alma com o Criador




 Nós amamos a Ele porque Ele nos amou primeiro I João 4:19




Wilma Rejane


Quem  utiliza o computador para escrever, sabe da importância que tem organizar a área de trabalho, nomeando arquivos e salvando-os em suas referidas pastas.  Gosto de criar textos no Word, principalmente pela facilidade que tem seu programa de correção ortográfica. Esses dias ao me sentir inspirada, em poucos minutos conclui um texto, pequeno, mas belo. Li, reli, me deleitei, suspirei, agradeci e na hora de transferir para a área de publicação do blog, uma queda de energia dá fim a tudo.

Teria sido fácil recuperar o material, não fora um “pequeno” detalhe: Esqueci de salvar. Ughhh! Em segundos meu estado de comunhão divina “evaporou”- A raiva tem esse poder de nos afastar do belo- Murmurando, levantei da cadeira para acalmar. Reguei as plantas, fiz um carinho nos gatinhos e enquanto fazia um suco de frutas pensei: É justamente isso que acontece conosco: Deus nos faz com tanto amor, cuidado, como uma obra de arte, pronta para transformar o mundo. Daí vem o “the end”, o dia da morte e se você não tiver salvo em Jesus, fica como aquela folha em branco: perdida para a eternidade.



 “Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores” Rm 5:8.

Sabe o que você deve fazer Wilma? Reescreve o texto, ainda mais belo. Não foi assim com você?  Sem esperança, se sentindo um “caco entre outros cacos”, condenada ao “apagão” eterno... Ele veio, te pegou nos braços, te amou de uma forma nunca vista, aqueceu seu coração com palavras suaves, e mudou o rumo da sua história, te fazendo melhor e mais feliz...Deus não tem prazer nos “apagões” que conduzem ao abismo, mas na salvação que produz novidade de vida.Ez 18:23


E nesse sermão solitário, de mim para mim mesma, veio o renovo. Uma brisa suave, me envolvendo em calmaria. Era a presença de Deus a me recordar que sempre haverá chances para recomeço porque a Sua misericórdia não tem fim. Era Deus a me dizer que quando minhas forças acabam, Ele as renova. Quando me perco, Ele me encontra. Quando penso que tudo terminou, Ele me mostra algo novo. Quando estou fraco, Ele É tudo em mim, sendo assim, estou mais forte. Como aquela folha em branco, me vi um dia.: Achando tudo vazio e sem sentido, estava prestes a ser amassada por mão inimiga e jogada às cinzas.

Foi aí, que Ele suavemente, derramou uma gota de tinta, cor de sangue, precioso sangue. E em escarlate, vi minha dor, banhada em amor. Foi por nós, que Ele negou o mundo, renunciou a majestade, as honras dos homens e simplesmente nos abraçou. Pude senti o ofegar de Seu conselho, Seus tenros olhos a me penetrar, Seu perfume a me atrair como oléo, a me ungir. Eu vi o Mestre.

Ele me falou, que toda dor, tem remédio, que toda folha em branco tem seu valor. Que Ele está pronto para reescrever histórias de vidas, contando o romance, o feliz encontro da alma com Seu criador.

Para mim e para você.

4 comentários:

Lucinalva disse...

Olá Wilma

Gostei do seu blog. É verdade, a vida precisa ter sentido, porque o essencial é receber Jesus como salvador. Tenha um dia vitorioso.

Presbítero Maurício disse...

Caríssima!
Que belo post!
Que harmonia!
Que sabedoria!
Que mensagem!
Que Deus continue te abençoando!

Wilma Rejane disse...

Olá Lucinalva!

Sem Jesus é tudo muito triste e sem esperança, como uma folha em branco sendo levada de mão em mão, rabiscada e depois jogada fora, como algo sem valor.

Mas quando Ele reescreve nossa história, tudo muda!!! É Ele quem nos ensina a sermos melhores e diferentes.

Obrigada,

Deus a abençoe, amada irmã.

Wilma Rejane disse...

Oi Presbítero Maurício!

E seu comentário torna o post mais rico, obrigada por isso!

Deus o abençoe, desde sua morada ai em Campos do Jordão-SP.

Em Cristo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...