É pecado sair para dançar?




Wilma Rejane

A leitora Elizabeth Samora Ribeiro escreveu ao blog com a seguinte pergunta:

É  proibido ou pecado sair para dançar?Acho lindo a dança e traz um bem estar tão grande que parecemos uma pluma  no outro dia. Mas faz muitos anos que não saio para dançar, porque penso que Deus condena. Obrigada.

Resolvi transformar a resposta para Elizabeth em artigo, quem sabe, isso auxiliará outras pessoas que vivem o mesmo dilema. Música, dança, literatura e outros estilos artísticos são motivos de questionamentos para novos convertidos e cristãos de modo geral. A santificação é um processo diário que exige separação e direção Divina, contudo ainda temos um corpo e vivemos no mundo, como lidar com esses paradoxos sem radicalizar nem liberalizar?

Quando nos tornamos cristãos nosso comportamento muda e a consciência acusa sobre o pecado, o que Deus condena ou não se torna evidente pela ação do Espírito Santo em nós. Apóstolo Paulo escreve:  ” Deveis deixar de viver como vivíeis antes, como homem velho que se corrompe com paixões enganadoras.  É preciso que vos renoveis pela transformação espiritual da inteligência   e vos revistais do homem novo, criado segundo Deus na justiça e na santidade que vem da verdade.  Efésios 4:22 a 24.

Deus é um Deus festivo, para Ele e por Ele foram criadas todas as coisas, inclusive a dança. Vejamos algumas passagens Bíblicas que fazem referência a essa forma de comunicação corporal:


  • - Então Miriã, a profetisa, irmã de Arão, pegou um tamborim e todas as mulheres a seguiram, tocando tamborins e dançando. Êxodo 15:20

  • Davi, vestindo o colete sacerdotal de linho, foi dançando com todas as suas forças perante o Senhor. II Samuel 6:14

  • Mudaste o meu pranto em dança, a minha veste de lamento em veste de alegria,  Salmos 30:11

  • Louvem eles o seu nome com danças; ofereçam-lhe música  com tamborim e harpa.  Salmos 149:3

  • Então as moças dançarão de alegria, como também os jovens  e os velhos.  Transformarei o lamento deles  em júbilo;  eu lhes darei consolo e alegria  em vez de tristeza. Jeremias 31:13

  • Vocês foram comprados por alto preço. Portanto, glorifiquem a Deus com o seu próprio corpo.  I Corintios 6:20

Não há mal algum em dançar para Deus, transmitindo Sua mensagem e Palavra. Em casa, na igreja, no campo, em momentos de oração, de louvores festivos, festas cristãs.

Sair para dançar com o esposo, namorado, noivo em um restaurante, festa em família como bodas, aniversário ou em passeios a dois em um cruzeiro (que chique!) em um jardim especialmente preparado para a ocasião (que romântico!) não é pecado. Mas já não pode se dizer o mesmo para boates, bailes regados a bebidas e músicas apelativas. A dança do cristão, em todos os casos, deve ser para edificação e louvor se isso não acontecer, estará desagradando a Deus.

Dança de roda ou em conjunto:

No poético livro de cantares há uma referência a dança de roda, ou em conjunto:

 - “ Volta, volta ó Sulamita… Porque quereis contemplar a Sulamita, como a dança de Mahanaim?” Mahanaim significa de “dois campos” era a dança dos que voltavam vitoriosos da guerra em Israel. Cantares 6:13

Dançando na casa do Pai

Há muitos outras referências que dão suporte a dança que agrada a Deus. Sobre as que não agradam, creio que é possível distingui-las claramente, pois estarão sempre associadas a pecado e profano.

Só para concluir a dança estava presente na parábola do filho pródigo, em sua casa no dia de sua volta: "Enquanto isso, o filho mais velho estava no campo. Quando se aproximou da casa, ouviu a música e a dança.” Lucas 15:25. Creio que no céu haverá dança por conta do retorno de seus filhos à casa do Pai.

Obrigada pelo contato, Elisabeth
esperamos ter ajudado,
Deus a abençoe.

3 comentários:

valber Rangel disse...


Saudações em Cristo,

Quando me converti ao Evangelho, me desfiz dos cd's de músicas populares Brasileiras e outros. Perdi totalmente a paixão pela dança de salão e dançar mesmo só em casa, abraçado com a esposa. Na igreja bato palmas e só.

A dança precisa estar de acordo com o coração do cristão, em cuidado para não escandalizar ou ser sensual.

Gostei do tema

Lucy Carneiro disse...

"Sair para dançar com o esposo, namorado, noivo em um restaurante, festa em família como bodas, aniversário ou em passeios a dois em um cruzeiro (que chique!) em um jardim especialmente preparado para a ocasião (que romântico!) não é pecado."

Show esse post.. penso exatamente assim.

Parabéns Wilma e obrigado por compartilhar conosco o discernimento e coerência que o Espírito Santo de Deus lhe transmite.

Beijokas no seu coração.

Wilma Rejane disse...


Oi Valber e Lucy!

Obrigada pela contribuição no artigo,

Deus os abençoe.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...