Nosso dever de orar pela nação




Por que devemos orar pelas autoridades?
Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens, pelos reis, e por todos os que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranqüila e sossegada, em toda a piedade e honestidade. Pois isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador, o qual deseja que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade. (ênfases acrescidas)
Hoje fiz mais uma visita ao Congresso Nacional, a casa das leis do Brasil. Uma coisa que chama a atenção é o espelho d'água em volta do sítio legislativo. Chama a atenção a sujeira. Mas, apesar de tão sujo, ainda pude ver vários peixes chafurdando nadando em suas águas turvas.

Uma irmã a quem eu acompanhava e ciceroneava comentou que aquela água representava o resultado ou produto de um banho das suas excrescências excelências. Todavia, pensando bem, eu disse que aquela água, apesar de tão suja, ainda era melhor do que o subproduto de um banho legislatório, e quer saber por quê? Simples: aquelas águas barrentas e lodosas ainda tinham VIDA, e o mesmo não pode ser dito de muitos de nossos representantes políticos. Estão mortos em seus delitos e pecados, e a fedentina de sua indefecável presença é sentida em todo o território nacional.

Quando eu estava na sala da presidência da Câmara, passando tristemente a mão na cadeira em que o ilustre presidente assenta seu  honorável e impoluto derrière, fiquei questionando qual seria a saída para tirar o Brasil deste lamaçal, desse tremedal horrível em que nos metemos. Muito abatido, fui obrigado a reconhecer que não havia saída para o Brasil, visto que a corrupção desenfreada está em todos os níveis, os que comandam os esquemas têm todas as ferramentas em suas mãos e a seus pés. Nós não temos saída, humanamente falando, essa é a triste realidade que nos choca e abate.

Mas, então me lembrei do texto bíblico da exortação de Paulo a Timóteo, e cheguei à conclusão que o Brasil está na situação que está por culpa da igreja. A igreja tem culpa porque não está fazendo a vontade revelada de Deus: orar pelas autoridades. Ao fazer uma afirmação desse porte, estou ciente de que serei questionado e criticado à vontade, mas vou apresentar as razões que balizarão minha conclusão.

1. Orar pelas autoridades é prioridade
Veja só você o que Paulo disse: "antes de tudo" façam-se orações pelos homens, aqueles investidos de autoridade. Mas, hoje, é comum vermos pessoas orando por quem? Por eles mesmos, pedindo não por seus governantes, mas por bênçãos materiais. Esse é o terrível efeito da teologia da prosperidade: amortecer a consciência cristã e diluir os efeitos do evangelho. Se nossas prioridades estão erradas, a culpa é da liderança que, ao invés de ensinar o correto e repreender o erro, deixa os membros embrenharem-se nesse precipício espiritual.

2. Devemos interceder de várias formas

Às vezes, somos tentados a pensar que devemos interceder pelas autoridades de uma única forma, mas isso é um erro banal. Paulo nos orienta a fazer "súplicas, orações, intercessões, e ações de graças". O que seria súplica? Seria uma petição insistente e confiante na boa vontade do Senhor, uma oração perseverante, cheia de fé e respeito. E a oração? A oração pode ser descrita como uma conversa regular, constante entre o homem e Deus, ou seja, uma prática cotidiana, símbolo de que não podemos parar de orar pelas autoridades. Você tem orado de forma constante pelas autoridades? Se não, está pecando...

Mas, mesmo essas atitudes ainda carecem de complemento: devemos também interceder. E o que é interceder? É colocar-se no lugar do outro, orar como se estivesse no lugar do outro, conhecendo seus problemas e suas necessidades. Devemos interceder por nossas autoridades pedindo ao Senhor que os ajude a vencer seus obstáculos e dificuldades. Pergunte a alguma autoridade se ela precisa de oração e por qual motivo você deve interceder que você estará cumprindo parte de seu papel no Reino.

E, por fim, ações de graças. Confesso: não é fácil agradecer pelos políticos que temos, e alguns deles tornam essa tarefa ainda mais difícil, mas podemos agradecer ao Senhor pelos bons políticos (Jesus, faça com que eles existam, por favor!). Ore e peça que o Senhor lhe mostre por qual autoridade você deve dar graças e por qual motivo, e você verá como se tornará mais fácil louvar ao Senhor pela vida de alguém, ao invés de apenas ficar reclamando e se desanimando sem achar que existe saída.

3. Para termos uma vida tranquila

Tranquilidade advém de vários fatores, mas posso citar um em especial e muito em voga hoje: a tranquilidade financeira. Não é uma grande ironia que a teologia da prosperidade, que vende uma falsa tranquilidade, na verdade traz a intranquilidade? Pois é a mais pura verdade, visto que nos desvia de orar pelas autoridades, para que Deus as abençoe com sabedoria e decisões acertadas que nos livrem de entrarmos em situações calamitosas, vide a crise mundial de 2008.

Muitos especialistas bradavam que as decisões tomadas levariam, inevitavelmente, à crise mundial em breve, todavia, os líderes continuavam a agir de modo temerário e inconsequente, empurrando com a barriga uma situação que não se sustentaria por muito tempo. E deu no que deu. Se a igreja brasileira não orar por seus governantes, a economia nacional pode descambar em bancarrota como já ocorreu nos anos idos, pelas péssimas decisões de governantes pretéritos. Devemos orar pelas autoridades, sem olhar para as cores partidárias, pois para isso fomos chamados.

Eu me lembro que, no começo de 2008, se não me falha a memória, o irmão Jossy comentou na sala dos jovens da escola dominical da sede em Cuiabá, onde morei: "estive recentemente no Nordeste e o Senhor usou uma irmã dizendo que orássemos pelo Brasil, pois havia muitas reuniões em países para saquear este país, roubar nossas riquezas". É necessário dizer que vemos isso acontecer, na verdade ser desvelado ante nossos olhos?

4. Para termos uma vida com sossego

Sossego não significa "sombra e água fresca" não, você está enganado. Sossego aqui significa segurança. Você já se deu conta que o país inteiro vive uma crise de segurança? A bandidagem está cada vez mais ousada, mais violenta e agindo à luz do dia. As autoridades parecem estar sem saber o que fazer para conter a onda de criminalidade e violência. Mas nós, igreja, sabemos o que devemos fazer. Só que não estamos fazendo, por isso não há sossego!

Estamos vendo bandidos assaltarem, fazerem pouco caso da polícia e sendo filmados como se fosse um filme e eles fossem intocáveis. Vemos magistrados que querem colocar os bandidos na cadeia serem mortos em pleno dia, e outros se deixando intimidar. Igreja, ore! A solução não está nas mãos dos políticos e governantes, está em seus joelhos! Oremos para que Deus nos dê sossego, senão viveremos nesse clima eterno de insegurança e medo. #fato

5. Para podermos viver em santidade

Existem muitas leis, projetos de leis na verdade, tramitando nos corredores do congresso, aquele lugar onde o fosso que o cerca é mais limpo que a fossa, digo sala onde as excelências se reúnem, que intentam tolher a moral e a ética cristã. São iniciativas como as de Marta Suplicy que pretendem que exerçamos nossa fé intramuros, ou seja, apenas dentro dos templos. Ora, mas e sal serve para alguma coisa se ficar apenas DENTRO do saleiro?

Existem outras propostas que pretendem castrar nossa liberdade de anunciar o evangelho, vide aquela decisão judicial que obrigou a retirada de um outdoor com versículos bíblicos que condenam o homossexualismo. Existem países onde não se pode viver e expressar abertamente sua fé em Cristo, notadamente aqueles muçulmanos e os de ideologia marxista. Se nós não orarmos hoje, talvez não possamos praticar nossa fé em público no futuro, ou seja, viver uma vida piedosa, segundo a Palavra de Deus. Ore pelas autoridades, se você quiser que seus filhos possam viver sua fé em Cristo livremente.

6. Para que possamos viver honestamente

Como trabalho em um órgão de controle (auditoria), é com tristeza que vejo nosso país mergulhado nesse mar de lama e corrupção. Às vezes, não sei se fico revoltado, se fico deprimido, se choro ou grito ao ver tantos bandidos se empanturrando de recursos públicos e rindo da população arrotando impunidade. Mas, a solução não é se indignar (apenas), se revoltar, ficar deprimido, chorando ou gritando feito louco. A solução é orar.

O Brasil é um país muito rico, muito mal administrado e muito bem roubado. Precisamos mudar esse quadro, mas não são os caras-pintadas que derrubaram o Collor - que, aliás, está de volta - que vão dar jeito nessa onda de corrupção que varre o dinheiro público para debaixo do tapete dos larápios. A solução está nas súplicas, orações, intercessões e ações de graças dos santos. Se nós orarmos, Deus vai mover céus e terra e vai nos tirar desse beco sem saída. Deus faz, mas está faltando nós fazermos nossa parte.

7. Porque Deus se agrada disso

Precisamos orar por nossas autoridades porque estaremos fazendo a vontade de Deus e agradando-o. Ao não orar pelas autoridades, você está desobedecendo a Deus e pecando, além de O estar desagradando. Já havia parado parado para pensar nisso, sabichão? Talvez você não goste das "balaústres otoridades" pelas quais Deus lhe chamou para orar, mas isso tudo é uma questão de ser objetivo e obediente: você vai fazer a vontade de Deus ou não?

Temos que entender e acreditar em algo bem simples: que nossa oração tem valor e que Deus faz questão de ouvi-la, principalmente no que diz respeito àquelas feitas pelas autoridades. Você já havia parado para refletir que sua oração pode mudar os rumos de uma cidade, região ou mesmo de uma nação? Pois comece a pensar, e talvez esteja faltando apenas Deus ouvir as suas para começar a agir em favor do povo pelo qual você foi convocado pelo Senhor a interceder.

8. Para que mais pessoas sejam salvas e libertas

Aposto que você nunca pensou nisso, não é mesmo? Deixar de orar pelas autoridades prejudica o avanço do evangelho e, consequentemente, da conversão de almas. Você já parou para se perguntar por que, muitas vezes, pesados investimentos e iniciativas evangelísticas bem planejadas não obtiveram o sucesso previsto? Às vezes, foi a decisão de uma autoridade que colocou todo o trabalho a perder. E por quê? Talvez tenha faltado oração por ela... #triste_realidade

Nós precisamos acordar e despertar a igreja a orar pelas autoridades, e não é nada difícil fazer isso, senão observe.

Qualquer um de nós pode fazer uma simples tabela com uma autoridade por dia da semana para interceder por ela: domingo pelo(a) presidente, segunda pelo(a) governador(a), terça pelos senadores, quarta pelos deputados federais, quinta pelos deputados estaduais, sexta pelo(a) prefeito(a) e sábado pelos vereadores. É apenas uma sugestão, e você pode adaptá-la a seu gosto e critério, o importante é que você ore.

Talvez você ache que deva incluir os juízes, tanto os das instâncias superiores como os das inferiores, os juízes eleitorais. Outros ainda colocariam nessa relação os procuradores e promotores, que apresentam as denúncias para que a justiça julgue. Ainda poderíamos colocar os ministros de Estado, ao orar pelo presidente, e os secretários ao orarmos pelos governadores e prefeitos, e assim substantivamente, como diz um professor meu (risos).

Conclusão

Devemos orar por nossas autoridades, mas orar da forma que Deus quer que oremos.

Quando eu estava para concluir este post, em minha mente pude ver aquela cena de Gideão cercando o arraial midianita com seus soldados. Por meio de Gideão, auxiliado por poucos homens, Deus deu uma grande vitória à nação de Israel, e a nação que pilhava (roubava) Israel foi derrotada. Eu vejo, pelos olhos da fé, Deus levantando intercessores pelas diversas regiões do Brasil, em lugares estratégicos, para orar por nossas autoridades.

Eu posso sentir uma convicção de que Deus vai realizar um grande milagre no Brasil, e está esperando apenas nossa oração para realizar tal obra. Gideão, ao ser chamado, fez poucas coisas, mas com a direção do Senhor, foram mais que suficientes: ele acendeu a candeia, levou um vaso, uma buzina (corneta) e assumiu posições estratégicas ao redor do acampamento inimigo. E fez isso de modo discreto. Você foi convocado pelo Senhor dos exércitos para ser um guerreiro de oração pelo Brasil.

Faça como fez Gideão: acenda sua candeia, quebre seu vaso e toque a buzina bem alto. Tão somente fique na sua posição e veja o rebuliço que Deus vai fazer no arraial inimigo. Deus tem te chamado para fazer diferença, e suas orações serão esse diferencial para colocar o país nos eixos da vontade de Deus. Eu creio nisso, você não crê?

Pode ser que você esteja se perguntando: mas fulano é um grande bandido, e eu ainda vou orar para que Deus o abençoe ainda mais? Você não entendeu o versículo de Paulo. Percebe como a teologia da prosperidade anuvia nosso entendimento? Quer dizer que só existe oração por bênção? Leia de novo os versos e minhas explicações e eu vou dar-lhe um exemplo de como orar, p.ex., pelo(a) presidente:
"Senhor, abençoe nosso(a) presidente, de modo que suas decisões sejam acertadas e a economia de nosso país vá bem (vida tranquila). Abençoe o ministro da Justiça e o das Forças Armadas para que possamos viver em segurança, diminuindo a violência urbana e os assaltos (vida sossegada). Abençoe nosso presidente para que as leis que ele for assinar não venham a nos impedir de pregar a tua Palavra nem restringir nossa liberdade de cultuar o Teu nome publicamente (vida em piedade). Abençoe, Senhor, nossos líderes de modo que a corrupção seja debelada, que os corruptos sejam desmascarados e e presos, e que os juízes julguem corretamente e com justiça, condenando o culpado e livrando o inocente, para que o dinheiro de nossos impostos sejam direcionados à educação, saúde, segurança, etc. (viver com honestidade).
Senhor, eu te peço essas bênçãos por nossas autoridades e governantes para que as pessoas não sejam impedidas de conhecer a tua Palavra, para que elas possam ser tocadas pelo Teu poder e serem libertas pela Verdade e alcançarem a salvação por meio de Jesus Cristo. Em nome de Jesus eu peço. Amém".

Post do wally, do blog Desafiando Limites, querendo despertar você para cumprir seu chamado.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...