A boca fala do que está no coração...




Salmos 141: 3-5 Coloque um guarda na minha boca, ó Senhor; vigia a porta dos meus lábios. Não deixe meu coração ser atraído para o mal, para participar de atos perversos com os homens que são malfeitores . Não coma eu das suas iguarias, fira-me o homem justo,  será uma benignidade; ouvir sua repreensão é óleo sobre a minha cabeça. Minha cabeça não vai recusar. No entanto, a minha oração é sempre contra os atos de malfeitores,


Esta poderia ser a nossa oração diária. Nossa boca parece ser o membro mais propenso a pecar falando mal dos outros e é da abundância do coração que fala a boca. Quando ouvimos alguém difamar uma pessoa que nos causou dano, ou cujas ideias e objetivos são diferentes dos nossos, temos uma tendência para calúnia. Tiago ensina que, se nós podemos controlar a nossa língua, podemos controlar todo o nosso corpo. Nós precisamos do Espírito Santo para ser o protetor sobre nossas bocas, para manter a porta de nossos lábios selados, a menos que possamos falar palavras que motivem e incentivem a um caminhar com Deus. (Efésios 4:29) O nosso mundo está cheio de calúnias e denúncias. Vamos ser uma voz de encorajamento e sabedoria.



Depois de sua queda com Bate-Seba, Davi orou para que seu coração não fosse atraído para o mal, ele já não confiava em seu próprio coração. Você percebe o quão facilmente o seu coração pode ser enganado para o mal? Ele está sempre lá para nos seduzir com uma mentira. Ele nos oferece uma iguaria, uma delicadeza que nos levará mais longe do que queríamos ir e vai nos custar mais caro do que queríamos pagar. Isto é semelhante à oração do Senhor quando Ele orou: "Não nos deixeis cair em tentação, mas livra-nos do Maligno."

Precisamos dos golpes de um amigo para nos acordar quando a nossa boca ou desejos estão fora de controle. Os verdadeiros amigos  amam o suficiente para alertar e corrigir . Amigos justos irão sempre confrontá-lo. Um verdadeiro amigo vai arriscar a amizade, para dizer a verdade. Receba-o como o óleo da unção. Não se ofenda! David orava contra contra suas maldades. Essas ações causam dor e sofrimento na vida de outros. Nossa batalha não é contra as pessoas que caíram para as delícias oferecidas por Satanás, ou podemos nos encontrar orando contra nós mesmos. É contra as ações que levam à destruição.

Oração: Senhor, guardar nossas boca  e nos ajuda a aceitar a repreensão justa. Que esteja distante de nós o promover contendas, fofocas, mas que usemos nossos lábios para abençoar os que nos perseguem e os que nos amam. Que nossos lábios sejam para louvar e bendizer Teu Santo Nome.

Em Through Bible Daily com acréscimo de Wilma Rejane

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...