A oração do piloto ateu





De Mark Ellis
Tradução:
Wilma Rejane


Ele não tinha nenhum lugar para Deus em seu coração, até que  ficou sem combustível em uma tempestade no Alasca, a quilômetros de seu destino.

"Eu era um zombador de Deus", diz Mark Rose, fundador do Gênesis vivo , e autor de O Último dos Hunters, a história dos pilotos que voam o Alasca Ártico. Aprendi a voar aos 16 anos e aos 22 já havia me tornado um piloto experiente cuidando de uma frota de helicópteros no oleoduto do Alasca. Meu ego andava a 101 metros além da superfície. Um dia eu voava sobre um grande rio no Ártico, mas em meu voo de regresso, transportando um passageiro, várias coisas deram errado. Primeiro manadas de renas ocuparam os locais escolhidos como primeira e segunda opção de pouso. Então comecei a ficar sem combustível, verifiquei o tempo em um pequeno aeroporto perto de Kotzebue, na Península de Baldwing. O operador disse que eu poderia ir que o tempo estava favorável. 

Resolvi ir mesmo sem saber se o combustível iria aguentar, mas em seguida, o inesperado acontece: as condições climáticas mudaram drasticamente. Enfrentei uma tempestade de neve durante toda a noite sem conseguir ver o terreno, me guiei por uma faixa cinzenta que seria um rio. Descobri então que o operador de voo do aeroporto de Kotzebue tinha me dado um mau conselho.

Todas as minhas opções foram evaporando  rápido, voando. Deve haver uma maneira de sair disso, pensei. Não quero morrer aos 22 anos sem sequer ter casado. Voei no vazio por cerca de 30 minutos quando o motor começou a perder força. Minha mente se voltou então para a última opção: Deus. Eu nunca, jamais tinha orado antes, mas no desespero elevei uma oração silenciosa: 'se há um Deus eu preciso de ajuda agora'. E naquele instante pude ouvir nitidamente a resposta: 'filho, agora você disse a coisa certa'. Depois disso minha mente foi iluminada, eu tinha certeza que conseguiria escapar. O avião saiu da tempestade de neve! Antes o que me atraia eram as luzes do aeroporto de Kotzebue, agora eram as luzes do céu.

Havia apenas mais um problema: eu teria que voar mais 20 milhas até Kotzebue, uma vasta extensão de água salgada no mar de Bering. Foi de perder a respiração. Mas cheguei e quando consegui pousar minha visão humanista de mundo havia desabado. Não havia nenhuma razão terrena para o avião ter percorrido uma distância tão grande seu combustível. Acredito que Deus acrescentou combustível no tanque do helicóptero para salvar minha vida e a vida do passageiro. Depois disso me tornei um menino diferente,  um crente em Deus.

Pensei bastante sobre minha avó, a única cristã da família, ela estava certa, há algo mais lá fora. Conheci então uma namorada cristã que me desafiou a ler a Bíblia pela primeira vez. Ao ler as páginas das Escrituras, algo surpreendente aconteceu. Me rendi ao amor do Deus da Bíblia - a Sua razoabilidade, Seu perdão, Sua justiça. Porém, meu coração teimoso ainda não estava pronto para fazer de Jesus meu Salvador e Senhor.

Até que...Tive outro encontro com a morte em um helicóptero que caiu, minha cabine ficou totalmente esmagada. Por causa disso perdi o encontro com empreiteiros de chumbo para o gasoduto do Alasca, um conflito de agenda. Mas não era só isso, era um dia trágico e pouco depois de ter escapado da morte recebi a notícia de que o avião com os empreiteiros havia caído matando todos a bordo. Comecei a refletir sobre a vida, sobre o que li na Bíblia. Seria mentira ou verdade? E foi quando me aprofundei na leitura da Bíblia que entendi que Deus é meu Criador. Se Jesus pôde levantar alguém dentre os mortos e perdoar pecados era exatamente isso que Ele tinha para mim. Entreguei minha vida a Jesus Cristo, e mais uma vez, de uma vez por todas, eu era um menino diferente. 

Esse é o aviador Mark Rose


Você quer conhecer Deus pessoalmente? 


Jesus é o Filho de Deus. Ele viveu uma vida sem pecados e morreu na cruz para pagar o preço por nossos pecados. "Deus prova o seu próprio amor para conosco, em que, quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós." (Romanos 5:8)

Jesus ressuscitou dos mortos e agora Ele vive no céu com Deus Seu Pai. Ele nos oferece o dom da vida eterna - de viver para sempre com Ele no céu se aceitarmos Ele como nosso Senhor e Salvador. Jesus disse: "Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por Mim." (João 14:6)

Deus estende a Sua mão para você, Ele te ama e quer que você seja Seu filho. "A todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome." (João 1:12) Você pode optar por pedir a Jesus Cristo para perdoar seus pecados e entre na sua vida como seu Senhor e Salvador.

Oração:

"Senhor Jesus, eu acredito que És o Filho de Deus. Obrigado por morrer na cruz por meus pecados. Por favor, perdoe meus pecados e me dê o dom da vida eterna. Peço-vos por  minha vida e de coração para que sejas meu Senhor e Salvador. Eu quero servi-Lo sempre. "

Deus o abençoe

2 comentários:

Wallace Sousa disse...

lindo testemunho!

Maurício de Souza Lino disse...

O mundo precisa ouvir e saber deste testemunho. O piloto Mark Rose é um dos escolhidos de Deus! A Bíblia Sagrada é o combustível que Deus nos dá a todo momento, para atravessarmos esta tempestade de neve à noite, que é a nossa vida peregrina, o exílio. Caríssima, acertou no alvo. Parabéns!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...