Graciosos detalhes da arca de Noé



Wilma Rejane


Vamos fazer um passeio pelos dias de Noé? A Bíblia nos diz que aquela foi uma época de corrupção, onde os homens não ouviam e obedeciam a Deus, antes estavam sem lei em seus corações, praticando maldades. Apenas Noé e sua família agradou ao Senhor, pelo que foram salvos do dilúvio que haveria de vir. Por toda essa descrição, creio que não precisaremos voltar no tempo ou considerar a narração de Gênesis para conhecer “os dias de Noé”.  Eis-nos aqui vivendo tempos difíceis e igualmente assombrosos em corrupção. Só não haverá mais dilúvios sobre a terra, essa é uma promessa nascida da aliança entre Deus e Noé  (Gênesis 9:11-13)

Mas o que você diria se descobrisse haver uma Arca e um Noé nos dias atuais, convidando pessoas para serem salvas da destruição? Você iria até lá ou ignoraria o convite? Nos dias de Noé, haviam multidões na terra, apenas oito pessoas acreditaram na Salvação apregoada antes do dilúvio (I Pedro 3:20). Esse assunto pode não ser novidade, afinal até as crianças - como minha netinha Sofia de um ano e dois meses - conhecem a história da arca. De Noé a Sofia, de  convite em convite, vamos molhando os pés na água a caminho da  arca que  nos espera. Ela ficou fabulosa, segura, perfeita, cem anos de trabalho com a madeira e outros instrumentos, foi preciso paciência, dedicação e fé.

Não sei se você já reparou em alguns detalhes graciosos da arca feita por Noé, acredito que eles dizem  do amor de Deus para conosco:  a janela no andar de cima, a porta única e o betume que revestiu a madeira da arca, por dentro e por fora, tudo é tão harmonioso! “Faze para ti uma arca da madeira de gofer; farás compartimentos na arca e a betumarás por dentro e por fora com betume. E desta maneira a farás: De trezentos côvados o comprimento da arca, e de cinquenta côvados a sua largura, e de trinta côvados a sua altura. Farás na arca uma janela, e de um côvado a acabarás em cima; e a porta da arca porás ao seu lado; far-lhe-ás andares, baixo, segundo e terceiro."  Gênesis 6:14-16


A Janela

A Arca tinha  438 metros de comprimento, 73 pés de largura e 44 pés de altura. Há estimativas de que o volume da arca tinha capacidade para abrigar cerca de 125 mil ovelhas de grande porte. Era um lugar espaçoso , onde toda comunicação com o exterior acontecia via janela do tamanho de um côvado, ou seja, do braço de um homem. Foi por essa janela que Noé soltou o corvo e a pomba para verificar se as águas haviam escoado completamente da superfície terrestre. Uma janela no alto da arca, ao abri-la podia se ver o céu apenas, dia e noite. Mesmo quando ela permanecia fechada, de dentro da arca, se tinha a certeza de que ela era um referencial sobre o tempo e a direção. O braço de Noé na janela dava conta das condições climáticas, porém e devido as limitações, ele dependia do abrir da porta para sair,  e esse acontecimento, dependia do certificado do tempo, vindo da janela.




“E aconteceu que ao cabo de quarenta dias, abriu Noé a janela da arca que tinha feito. E soltou uma pomba, para ver se as águas tinham minguado de sobre a face da terra. A pomba, porém, não achou repouso para a planta do seu pé, e voltou a ele para a arca; porque as águas estavam sobre a face de toda a terra; e ele estendeu a sua mão, e tomou-a, e recolheu-a consigo na arca. E esperou ainda outros sete dias, e tornou a enviar a pomba fora da arca. E a pomba voltou a ele à tarde; e eis, arrancada, uma folha de oliveira no seu bico; e conheceu Noé que as águas tinham minguado de sobre a terra. Gênesis 8:6-11


A porta e a janela

“Então, depois que todos entraram na arca, o Senhor fechou a porta por fora” Gênesis 7:16

Que verso fantástico! A arca estava sob os cuidados de Deus, Ele guardava a todos para que nada de mal lhes acontecesse durante a inundação. E se Deus fechou a porta por fora e os únicos sobreviventes estavam do lado de dentro, somente Ele poderia abrir! Aquilo que cabe ao homem agir, Deus dá liberdade para que faça. A Noé coube colocar o braço diversas vezes fora da janela para observar o tempo, coube olhar para o céu em oração, em gratidão, em louvor. Mas, somente Deus poderia abrir e fechar a Arca. Ele não disse a Noé: “Acabou o temporal, a terra está seca, podem sair. Não, Ele atribuiu  a Noé e sua família a ação de olhar constantemente pela janela e perceber o mundo através dela.


"Então falou Deus a Noé dizendo:  Sai da arca, tu com tua mulher, e teus filhos e as mulheres de teus filhos. Todo o animal que está contigo, de toda a carne, de ave, e de gado, e de todo o réptil que se arrasta sobre a terra, traze fora contigo; e povoem abundantemente a terra e frutifiquem, e se multipliquem sobre a terra. Então saiu Noé, e seus filhos, e sua mulher, e as mulheres de seus filhos com ele." Gênesis 8:15-18

Você percebe algo aqui? Por que Deus deixou que Noé colocasse o braço fora da janela enviando corvos e pombas para ver o tempo se Ele poderia simplesmente dizer: "Não sai agora Noé, ainda tem água, fica quietinho, quando tudo tiver seco, falo contigo, abro a porta?!" Ora, eis uma lição sobre não espiritualizar todos os fatos de nossa vida. Deus nos deu liberdade para escolher,  Ele nos concede  uma vida cotidiana, temos nomes e sobrenomes, preferências, profissões, amigos.  Ser um salvo, filho de Deus, não implica ter “poderes sobrenaturais”,  implica viver com Cristo,  atravessando dilúvios, inclusive, mas não abandonando a fé, a visão do céu que chega pela janela. Aquilo que está a nossa alcance fazer, façamos. Não esperemos que Deus faça por nós o que Ele nos deu capacidade e direção para fazer.


O betume

“Então disse Deus a Noé: O fim de toda a carne é vindo perante a minha face; porque a terra está cheia de violência; e eis que os desfarei com a terra. Faze para ti uma arca da madeira de gofer; farás compartimentos na arca e a betumarás por dentro e por fora com betume.” Gn. 6.13-14

Betumar  no hebraico do Antigo Testamento significa “cobrir, proteger” é a mesma palavra usada quando se refere a “expiação, perdão, reconciliação” - “kaphar"  (Êxodo 29:36). Assim, podemos comparar o ato de betumar a arca com o de expiar, proteger, cobrir. Na arca, Noé e sua família estavam recebendo tudo isso de Deus. Sobre essas coisas, também se fala de Jesus Cristo: “ Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa. O qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão adquirida, para louvor da sua glória.” Efésios 1:13-14.

Uma arca betumada é como um homem selado com o Espírito Santo de Deus, protegido pelo sangue de Jesus Cristo.

“E a arca andava sobre as águas do dilúvio e as águas, não prevaleciam contra ela” Gênesis 7:18.

Outras considerações:

Noé foi um mensageiro das Boas Novas do Reino de Deus para sua época e também para gerações futuras. Seu nome significa “descanso” um nome dado por profecia de seus pais: “ Deu-lhe o nome de Noé e disse: "Ele nos aliviará do nosso trabalho e do sofrimento de nossas mãos, causados pela terra que o Senhor amaldiçoou". Gênesis 5:29. Educado segundo os princípios de Deus com o objetivo de proporcionar descanso a família, cumpre sua missão ao crescer em obediência e fé para com Deus.

Noé trabalhou 100 anos na construção da arca e não é dito que tenha contratado muitos servos ou  ficado aborrecido com Deus pela descrença das pessoas e demora da conclusão da obra. Porém, todos os méritos que porventura venham a ser dados a Noé, não provêm de suas obras, mas da fé em um Deus que honra Sua Palavra e o relacionamento para com os que Nele confiam. Os graciosos detalhes da arca, revelam Sua soberania em relação ao tempo e aos acontecimentos do planeta, revelam ainda a necessidade humana de arrependimento e reconhecimento da insuficiência das obras para salvação da vida.

A janela com abertura para o céu, na medida de um braço humano está a dizer que o Socorro é presente e real e temos que busca-Lo constantemente. A janela é o homem limitado que batalha dia após dia para ser feliz, para repousar em lugares tranquilos. A porta, fechada por fora significa que somente Deus conhece o principio e o fim de todas as coisas e com Ele está a Salvação, o perdão e a redenção. Mãos humanas são suficientes para construir riquezas e refúgios terrenos, mas insuficientes para mantê-los, insuficientes para salvar :


“E disse: Farei isto: Derrubarei os meus celeiros, e edificarei outros maiores, e ali recolherei todas as minhas novidades e os meus bens; E direi a minha alma: Alma, tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe e folga. Mas Deus lhe disse: Louco! esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus. ” Lucas 12:18-21

Assim como a Arca foi para Noé e sua família, Jesus é para a humanidade, esse lugar de descanso e salvação. A única Porta de acesso ao céu e somente Deus tem a chave.: “Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens.João 10:9

Deus o abençoe.

Fonte de pesquisa: Bíblia de Estudo Plenitude, SBB, edição de 1995.
Diconário de hebraico Bíblico em ebah.com

2 comentários:

Jesus Cristo Está voltando disse...

Gostei muito do texto. Que o Senhor continue te abençoando!!

Unknown disse...

so o tamanho da arca que divergi muito o correto 137 metros de comprimento!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...