A história de Sansão: Luz do Sol e Senhora da Noite





Wilma Rejane

A história de Sansão começa de modo maravilhoso, seu nascimento é anunciado por um anjo de Deus. O primeiro filho de Manoá e sua esposa estéril, ambos da tribo de Dã, moradores de Zorá uma pequena vila situada nas partes baixas de Judá. O casal recebe a notícia de que teria um filho, este seria nazireu desde o ventre e deveria se chamar Sansão:


“Você engravidará e dará à luz um filho. Todavia, não beba vinho nem outra bebida fermentada, e não coma nada impuro, porque o menino será nazireu, consagrado a Deus, desde o nascimento até o dia da sua morte”. Juízes 13:7

E estudando o significado do nome Sansão, encontramos a beleza e o amor de Deus pelo garoto que haveria de nascer para governar Israel : “luz do sol”, este é o significado de Sansão. Deus o havia gerado para brilhar entre seu povo. Mas apesar das promessas e consagração desde o ventre, a vida de Sansão, segue por caminhos escuros e a lâmpada de sua alma é envolvida em trevas, pelo distanciamento da vontade de Deus.

Podemos fazer um paralelo entre a vida de Sansão e a de Samuel: ambos nascidos de mães que eram estéreis, consagrados a Deus desde o ventre, vivendo em Israel em período de larga apostasia, com a missão de liderar. A comparação pode ser inevitável, como inevitáveis são as escolhas de cada um. E o que de mais marcante fica nesse paralelo é a lição de que não existe privilégios quando o assunto é pecado: sacerdotes, profetas, leigos, todos estão sujeitos a sofrerem as consequências da desobediência.

Sansão tinha todos os atributos para ser um líder porta-voz de Deus, mas preferiu alimentar seu ego se envolvendo em relacionamentos amorosos pecaminosos. Primeiro casa com uma filisteia e depois apaixona-se intensamente por Dalila, moradora de Soreque. Todos esses percalços desastrosos, leva a crer que Sansão havia negligenciado seu chamado e comunhão com Deus. O Espirito de Deus estava sobre ele, de outra feita, seria incapaz de vencer qualquer batalha, sua força advinha disso, mas Sansão não se deixava dirigir por Deus, ouvia e não obedecia.

"Assim diz o Senhor, o teu Redentor, o Santo de Israel: Eu sou o Senhor teu Deus, que te ensina o que é útil, e te guia pelo caminho em que deves andar." Isaías 48:17


Haviam algumas instruções Divinas a serem observadas por um nazireu de Deus:


E falou o Senhor a Moisés, dizendo, Números 6:1-7:


  • Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: Quando um homem ou mulher se tiver separado, fazendo voto de nazireu, para se separar ao Senhor.
  • De vinho e de bebida forte se apartará; vinagre de vinho, nem vinagre de bebida forte não beberá; nem beberá alguma beberagem de uvas; nem uvas frescas nem secas comerá. Todos os dias do seu nazireado não comerá de coisa alguma, que se faz da vinha, desde os caroços até às cascas.
  • Todos os dias do voto do seu nazireado sobre a sua cabeça não passará navalha; até que se cumpram os dias, que se separou ao Senhor, santo será, deixando crescer livremente o cabelo da sua cabeça.
  •  Todos os dias que se separar para o Senhor não se aproximará do corpo de um morto.Por seu pai, ou por sua mãe, por seu irmão, ou por sua irmã, por eles se não contaminará quando forem mortos; 

  • porquanto o nazireado do seu Deus está sobre a sua cabeça.


Sansão infligiu cada um desses votos, e como nada lhe acontecia, ele prosseguia errando, ignorando as consequências que poderiam vir. Ele parecia estar insensível a voz de Deus e não sei se você observou algo nos quatro capítulos do livro de juízes que narra a história de Sansão (capítulos 13, 14, 15 e 16). Há um momento, no final do capitulo 15 que se lê: “ E Sansão julgou a Israel, nos dias dos filisteus, 20 anos” (15:20). É como se a historia acabasse aqui, com Sansão vencendo uma guerra, matando mais de mil homens e por fim, se refugiando em uma rocha onde Deus milagrosamente faz brotar água para matar sua sede.

Porém, logo em seguida, no começo do capitulo 16:1, vamos ler o começo da maior tragédia da vida desse juiz, dotado de força extraordinária: “ e foi-se Sansão para Gaza e viu ali uma mulher prostituta e entrou a ela”. Oh, não! Depois de tão grande livramento a Israel, por suas mãos, Sansão não deveria se mostrar grato a Deus?

Podemos apontar claramente os erros da vida de Sansão, assim como saberemos apontar os nossos próprios erros. Agora, o que de fascinante aconteceu na vida desse nazireu e que jamais deve ser esquecido é que Deus proporcionou-lhe um novo começo e também um outro final. Por isso, talvez, e entendo isso como uma revelação, é que o escritor de juízes, por duas vezes narra o fim da história de Sansão: capítulos 15:20 e capitulo 16:31.

Depois de ter relações com a prostituta em Gaza, Sansão conhece Dalila, por quem se apaixona cegamente. Não acredito que Dalila seja o verdadeiro nome da mulher que traiu Sansão, pois a tradução de seu nome é : “senhora da noite, sedutora”. Assim teríamos: Sansão, luz do sol e Dalila, senhora da noite. Penso que o nome Dalila surge como uma denominação para a mulher que apagou a luz do sol. Ela foi o insistente laço de Satanás na vida do nazireu. Poderia ter qualquer nome, Dalila porém representa: oposição a Deus, trevas, calabouço, prisão. E digamos que de fato, se chamasse Dalila, a história ficaria ainda mais assustadora.


A forma como se dá o relacionamento entre Luz do sol e Senhora da Noite configura um romance regado a sexo e engano. Dalila é procurada por cinco príncipes, governantes das maiores cidades dos filisteus: Gaza, Asquelom, Asdode, Ecrom e Gate e corrompida a aceitar suborno para acabar com Sansão espiritualmente e moralmente. Depois de três tentativas frustradas, enfim Dalila consegue arrancar o segredo de Sansão. Ele estava tão apaixonado que não conseguia ver ou ouvir mais nada, além da voz de Dalila ao seu ouvido: “a alma de Sansão se angustiou até a morte” 16:16.

Sansão tem seu cabelo cortado pelos filisteus e o Espírito do Senhor deixa de habitar nele, “porquanto o nazireado do seu Deus está sobre a sua cabeça.” Não é que a força estivesse nos cabelos, mas ao permitir cortarem seus cabelos, o voto é interrompido, Deus é rejeitado e não encontra mais lugar no coração de Sansão absolutamente tomado pela luxuria e a concupiscência.


Como vimos antes, o final dessa história, seria reescrito pelas mãos do próprio Deus. Sansão é capturado e desce até Gaza, para moer trigo no carcere. Gaza, onde começou sua queda e onde começaria sua redenção. Cego e moendo trigo na prisão, Luz do Sol se encontra na mais terrível escuridão. É quando tem um encontro real com Deus, se arrepende dos pecados e volta a ter uma vida de comunhão e oração. Sansão reconhece sua fragilidade e Deus o escuta.


“E Sansão orou ao Senhor: "Ó Soberano Senhor, lembra-te de mim! Ó Deus, eu te suplico, dá-me forças, mais uma vez, e faze com que eu me vingue dos filisteus por causa dos meus dois olhos!" Juízes 16: 28.

Muitos acusam Sansão de egoísta e vingativo por conta dessa oração, mas não creio que eram más as intenções de seu coração, se assim fosse, ele não teria recebido destaque na galeria de fé de Hebreus 11: 32-33: "E que mais direi? Certamente, me faltará o tempo necessário para referir o que há a respeito de Gideão, de Baraque, de Sansão, de Jefté, de Davi, de Samuel e dos profetas, os quais, por meio da fé, subjugaram reinos, praticaram a justiça, obtiveram promessas, fecharam a boca de leões."

E depois de vencer pela última vez os filisteus, enfim, o escritor de juízes, encerra a história de Sansão:

Foram, então, os seus irmãos e toda a família do seu pai para buscá-lo. Trouxeram-no e o sepultaram entre Zorá e Estaol, no túmulo de Manoá, seu pai. Sansão liderou Israel durante vinte anos. Juízes 16:31.


Lições práticas retiradas da vida de Sansão:


  • Não basta ser cristão ou seguir alguma religião, é necessário nascer de novo, arrepender-se para uma vida de comunhão e obediência a Cristo Jesus . João 1: 12-13
  • Acostumar-se com o pecado é perigoso, um abismo, chama outro, até que tudo se faz trevas. Por isso, a obediência deve estar presente nas pequenas coisas do dia a dia . Quem é fiel no pouco, é fiel no muito.

  • Sansão brincou com o pecado, por mais de uma vez , foi se aproximando do abismo de passo em passo, até que...Atenção, dá um clique em um site pornográfico lhe parece sem importância? Cuidado, esse passo pode levar ao abismo, vigie, resista. Deus tem recompensa maiores do que os momentos de prazer proporcionados pelo sexo virtual, extraconjugal ou algo parecido.
  • Os filisteus que prenderam Sansão se escondiam no quarto de Dalila (juízes 16:9). Uma demonstração de  que a vida sexual de Sansão estava impura, imoral. Como estão nossos quartos? Há filisteus escondidos neles? Adultério, prostituição, pedofilia, homossexualismo, sodomia...? Se sim, será preciso derrotar esses filisteus para não ser derrotado por eles.

  • Deus é o Deus das muitas chances, mas é bom não abusar. Sansão perdeu tantas oportunidades e poderia ter feito bem mais por sua nação. Ainda houve tempo para arrepender-se, Deus não rejeita um coração sincero e contrito.

Deus nos abençoe e nos fortaleça para cumprir Sua vontade.


Fontes: Bíblia de Estudo Plenitude, Revista e corrigida, SBB 1995.
             Fallows,Bible Dictionary, volume III.

8 comentários:

LINDECY pereira disse...

Maravilhosa esta mensagem,de fato DEUS tem algo muito maior para nós do que usufruirmos dos prazeres transitórios do pecado.

Liza Louzada Ribeiro disse...

Maravilhosa meditação!
Sempre muito edificante.

LIZA LIMA disse...

Isso é um alerta constante á tds nós,tirei sim mt proveito e quero passar para as pessoas próximas de mim e principalmente os jovens!

Davi Lucas De Oliveira Messias disse...

Uma bênção, o Senhor continue te abençoando e dando revelação de sua Palavra!

Jair. disse...

Ai daquele que faz do seu braço a sua própria força.Deus não divide a glória dele com ninguém..

Emerson Mello disse...

Qtas vezes em nossas vidas somos como Sansão; em detrrminado momento, achamos q somos os super crentes, os "cheios de Deus" e daí comecamos a fazer tudo conforme nossas vontades e desejos e aos poucos, vamos deixando de ouvir a voz de Deus. Eu sou lider de adolescentes e ministro a palavra em minha igreja e em outras, e meu maior medo é achar q sei algo, é deixar de tremer ao subir em um púlpito. Tenho medo de deixar de depender de Deus, achar q virei "o cara!"

Maiquinho da Vovó disse...

Obrigado irmã!
Continue estudando as escrituras e tendo esse discernimento que vem do Espírito Santo.
Recomendo: http://ellenwhite.cpb.com.br/livro/index/2/560/568/sansao
Fique com Deus!
Maico Ricardo Pospichil Chaves

KELLEN CHRISTIAN FRANCA MARTINS OLIVEIRA disse...

Que revelação da parte de Deus.Deus continue abençoando grandiosamente.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...