domingo, 15 de abril de 2012

O Cego de Jericó



 Que queres que eu te faça? Mc 10:48


Wilma Rejane



Na antiguidade, Jericó era uma cidade da orla oriental de Gor, à distancia de 10 quilômetros do rio Jordão. Foi a primeira cidade conquistada pelos israelitas sob o comando de Josué .  Achava-se protegida por muralhas e portas de grande resistência (Js 2.5 e Nm 22:1). Foi em Jericó estabelecida uma escola de profetas, sendo visitada por Elias e Eliseu (2Rs 2.4-18). Atualmente,  Jericó é um montículo de três hectares chamado de Tell es-Sultão, localizado ao lado de abundante manancial conhecido como Fonte de Eliseu.

Jesus e os discípulos passavam por Jericó, quando de repente, ouvem o clamor: “Jesus, filho de Davi, tem compaixão de mim!”. Era o cego mendigo, que perspicazmente toma conhecimento do que acontece na cidade, naquele dia, hora e local. Bartimeu. Filho de Timeu.Em aramaico: Bar-teymah, "filho da pobreza". Eis um homem estigmatizado pela miséria,  preconceito e toda sorte de infortúnios. Certamente, cresceu ouvindo as histórias sobre Jericó: De como Deus levou os israelitas a conquistá-la, das maravilhas operadas pelo Senhor dos Exércitos através das vidas de Elias e Eliseu.

O grito de Bartimeu era convicto, fervoroso, ele tinha conhecimento do Messias e acreditava ser aquela, uma grande oportunidade de mudança. A única, a maior oportunidade da vida! De modo, que não vacilou na investida por sensibilizar Jesus: “Jesus, filho de Davi, tem compaixão de mim!”.A resposta do mundo a seu apelo é o impedimento: “E muitos o repreendiam, para que se calasse, mas ele cada vez gritava mais” Mc 10:48. A resposta de Jesus, é voltar-se para o cego e perguntar: “Que queres que eu te faça?” .


A Capa e O Jovem Rico




Pouco antes de encontrar Bartimeu, Jesus e os discípulos haviam conversado com um jovem muito rico, “dono de muitas propriedades” Mc 10:22 e  que dizia cumprir  fielmente os 10 mandamentos. Convidado a renunciar a riqueza material e seguir Jesus, “retira-se de Sua presença: Triste e contrariado.”

Bartimeu era tão pobre que seu bem mais valioso era sua capa. Com ela, ele se protegia do sol, da chuva, escondia o rosto por vergonha , medo e desprezo. Uma capa velha e suja que também estendia ao chão para atirarem sobre ela as ofertas. A capa de Bartimeu, ao mesmo tempo que era representação de pobreza, também era sua riqueza.

“Parou Jesus e disse: Chamai-o. Chamaram então, o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, Ele te chama. Lançando de si a capa, levantou-se de um salto e foi ter com Jesus” Mc 9:49,50.


Filho de Timeu


Sem identidade. O cego mendigo não tinha identidade. Todos o conheciam como: “Bartimeu ou filho de Timeu, filho da pobreza”. Não sabemos se o nome era de batismo ou herança social, o certo é que representava um estado, uma condição imposta, pela própria família ou sociedade. Uma sociedade, que acreditava ser impossível a transformação, a passagem de um estado de derrota, para   a vitória.


O cálice e a humildade

É também em Jericó, a caminho do encontro com Bartimeu que Jesus ensina aos discípulos: “ Quem quiser ser o primeiro entre vós será servo de todos. Pois o próprio Filho do homem, não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate de muitos” Mc 10:44-45

É incrível como todo o capítulo 10 de Marcos está organizado: temos Jesus e os discípulos em Jericó, encontrando um jovem rico que renuncia a Salvação por amor aos bens. Os filhos de Zebedeu pedindo para assentar-se a direita e esquerda de Jesus na glória dos céus e o cego mendigo que em toda sorte de limitação, se mostra maior e mais digno de receber o Reino  no coração do que todos os outros que são descritos em Jericó.


Lições em Jericó




“Então disse Jesus: Vai, a tua fé te salvou. E imediatamente tornou a ver e seguia a Jesus estrada afora” Mc 10:52

Bartimeu que vivia “à beira do caminho” Mc 10:46  agora passaria a ser discípulo de Jesus, estrada afora. Seu caminho já não era de morte, mas de vida. Enxergando, de novas vestes, aparência, renovado em ânimo e modo de falar, Bartimeu ganhara fama nacional! Ele nos ensina a não desperdiçar oportunidades,  não se calar diante dos obstáculos, mas insistir, persistir na vitória. Aprendo com Bartimeu que é importante identificar o momento oportuno e investir na ocasião.

Ao largar sua capa e levantar-se em direção a Jesus, ele nos ensina o desprendimento ao mundo,  tradições, imposições sociais. Ensina que fazer escolhas corretas implica em ter fé e arrepender-se. O jovem rico, perdeu a grande oportunidade de sua vida! E era considerado por todos, como homem influente e importante. Porém, o Reino de Deus, não considera aparência, mas essência. Interior e não exterior.

A história do cego de Jericó, nos ensina que existe sim possibilidade de mudança para toda e qualquer pessoa, nada é impossível para Deus. Ensina, o valor de um clamor, a necessidade da oração. Também, a simplicidade da fé. A oração feita por ele foi curta, mas tão intensa que alcançou o coração de Jesus. O encontro de Jesus com Bartimeu, ensina, entre tantas coisas, que milagres acontecem todos os dias, em lugares comuns. Aquele, parecia ser um dia como outro qualquer, até que: Jesus aparece! Quanta diferença entre: um dia  sem Jesus e um dia com Ele!


Obrigada Jesus!


Baseado no capitulo 10 do Evangelho de Marcos, versos 46 a 52

17 comentários:

BERNARDO ARAUJO disse...

Boa Tarde, Wilma.

Que a paz do Sr. Jesus, esteja convosco.

O cego Bartimeu, tinha uma cegueira física, mas o seus olhos espirituais estavam funcionando muito bem, tanto é que, ele não perdeu a chance de encontrar JESUS na sua vida, quando dele ouviu falar.
Quem dera todos nós agarracemos estas oportunidades quando as mesmas aparecessem diante de nós. Mas muitos de nós estamos literalmente cegos para JESUS. O Que é uma pena.

Wilma Rejane disse...

Boa tarde, Bernardo

Graça e paz, amado irmão!

É tão maravilhoso saber que Jesus olha muito além da aparência física, não é mesmo? Enquanto todos achavam que "o cego mendigo" não merecia receber nada, nem mesmo falar com Jesus, Ele o atende e o salva!

Os olhos espirituais de Bartimeu, como disseste, estavam sãos pelo que as demais coisas lhe foram acrescentadas.

Obrigada,

Deus o abençoe.

Primavera disse...

Olá Wilma Rejane!

Me chama àtenção a pergunta de Jesus feita a Bartimeu: "Que queres que eu te faça?". Parecia lógico ser a vontade do cego, voltar a ver. Esse detalhe nos ensina a necessidade de orarmos. Deus conhece e sabe todas as coisas, mas precisamos colocar nossos anseios diante Dele.

Abraços de primavera, com cheiro de flores amarelas e alegres!

ALBERTO disse...

EI IRMA WILMA, o que me chama a atençao, è o fato de Bartimeu parar Jesus, e ele sò parou porque ele conhecia o mistèrio sabe qual? a genealogia de Jesus, ou seja, Jesus filho de Davi e nao Jesus de nazarè, ele conhecia as escrituras, conhecia e sabia que o Rei estava passando, e sabe quem o despertou? o Espirito Santo, ele perdeu de vista o caminho espiritual, o mundo o levou para a pobreza espiritual, mas Jesus sabia de tudo, e quando perguntas pra ele que queres que eu te faça, Bartimeu diz: quero ver novamente a Luz da minha vida, ele sai do tempo da morte e entra no tempo de Deus, o tempo Eterno, o mundo, Jericò perdeu Bartimeu, e ele se enriqueceu novamente na vida espiritual, e quantos perderam de vista essa luz,nao mesmo? quando deixaram a PALAVRA DO SENHOR, e ficaram nao no caminho, mas a beira do caminho, ainda hà tempo pra muitos, pois o Rei esta passando neste mundo. ALBERTO

CRISTINA MACIEL disse...

OLA VILMA TODO DIA EU LEIO SUAS POSTAGENS SAO LINDAS E EDIFICANTES VC E UMA PESSOA ILUMINADA POR DEUS QUE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO TE PROTEJA



CRISTINA MACIEL
VILA RICA SAO PAULO

Wilma Rejane disse...

Olá Primavera!

Obrigada por vir enriquecer o artigo.

Deus a abençoe.

Wilma Rejane disse...

Irmão Alberto,

Que linda lição colocas para nós! Bartimeu realmente pede para "voltar a ver" como se algum dia tivesse tido visão perfeita e você vem nos explicar o sentido da frase, muito obrigada!

Deus o abençoe,

Serás sempre bem vindo, tá?

Wilma Rejane disse...

Oi Cristina,

Prazer em conhecer, amada irmã! Obrigada pela companhia diária, viu?

Receba meu fraterno abraço, no amor de Jesus a quem rogo que a abençoe.

ALBERTO disse...

Irma Wilma, eu sempre peço a Deus por voce e sua Familia, e sempre acompanho o seu Blog, tem edificado muito a minha vida, continue assim, na sua simplicidade e publicando os estudos. Eu amo conhecer as historias, tradiçoes e costumes de Israel.

Wilma Rejane disse...

Ou irmão,

Não imaginas quanto fico feliz em saber que oras por mim e por minha família!

Recebo e-mails de pessoas que dizem fazer o mesmo e por isso, acredito firmemente que Deus tem tocado o coração de alguns irmãos nessa causa.

Todos pagamos um preço para permanecermos firmes diante do Senhor Jesus (sabendo que a recompensa é abundante). Comigo não é diferente, sou muito grata por suas orações.

Obrigada,

Deus o abençoe e o guarde, em O nome do mesmo Jesus que curou a Bartimeu.

Naiane disse...

Graça e Paz minha querida...Nossa faz pouco tempo que descubri esse blogger mas naum paro de ler isso tem edificado muito minha vida espiritual..cada dia aprendo o valor de estarmos com nossa vida diante de Deus...que o Senhor vos abençoe grandiosamente e suple todas as suas necessidades que Deus vos proteja sempre..

ricardo medeiros medeiros disse...

as lagrimas correm do meu rosto por preguei esta mensagem a semana passada e agora encontro este maravilhoso estudo , a minha alma esta alegre e renovada na presença deste deus que muda o pior estado de uma pessoa, minha irma tenho sido abençoado por estas msg deus te abençoe vc é um instrumento de deus pra nos pregadores do evangelho , obrigado.
ev. ricardo medeiros rio grande rs

joanderson disse...

Bom dia graças e paz a todos
quando Deus chega a salomão e pergunta o que tu queres,salamão mim dar SABEDORIA para eu guiar israel.
o que eu entendo com isso que a sabedoria que Deus deu a salomão foi pro reino dele, guiar israel

Que Deus abençoe vcs de uma forma inexplicavel de vcs pode compartilhar a sabedoria que Deus deu a vcs .amem

Anônimo disse...

querida irmã, sobre a identidade de bartimeu, já li que este era filho de timeu, que foi segundo o que li, havia sido um general com destacamento em betel, após aposentar-se tornou-se comerciante, logo a seguir os romanos invadiram jerusalém e cortaram o soldo do general timeu e confiscou os seus bens, este homem indignado resolveu bater de frente com roma, mas não prevaleceu sendo morto por roma, os romanos pegam o filho desse general e vasa-lhe os olhos para que ficasse como exemplo para todos que ousassem combater a roma, sendo assim o filho do general ao encontrar-se cego teve que ir para beira do caminho, se verdade ou não, eu creio que o que roma arrancou jesus com o clamor do necessitado devolve oh glória a paz do Senhor irmã.ir.wagner mendonça.

leidiane de jesus disse...

o que me chamou a atenção nesse texto é que que se jesus passava por ali ,ele já sabia que existia um sego ali a beira do caminho porque jesus sonda nossos corações e sabe do que precisamos,mais ele esperou que o cego clamasse por ele,a conclusão que eu chego a isso é que muitas das vezes queremos um ,milagre da parte de cristo ,e muita da vezes não clamamos a ele ,o cego clamou e recebeu ,e te,m mais ele foi ao encontro de jesus ,muita da vezes queremos algo e não queremos ir ao encontro do mestre..

Jhony Ribeiro disse...

Muito bom

fernando sobreira abreu disse...

O homem cego chamou Jesus de "Filho de Davi", um título atribuído ao Messias (Is 11. 1–3). Isto significa que percebeu Jesus como o Cristo, aguardado há tanto tempo. É interessante notar que um mendigo pobre e cego pôde enxergar quem era Jesus, enquanto os líderes religiosos que viram os milagres operados por Ele eram cegos em relação à sua identidade e recusar-se a reconhecê-lo como Messias.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...