sexta-feira, 20 de maio de 2016

Rodeando Jericó's



Wilma Rejane


“Vós pois, todos os homens de guerra, rodeareis a cidade, cercando a cidade uma vez; assim fareis por seis dias….Porém, ao povo Josué tinha dado ordem, dizendo: Não gritareis, nem fareis ouvir a vossa voz, nem sairá palavra alguma da vossa boca, até ao dia em que eu vos diga: gritai! Então gritareis”. Josué 6: 3-10.


O livro de Josué tem sido a minha leitura, por dias e dias. As palavras ali escritas têm me fortalecido de um modo que somente Deus poderia fazer. Glória ao Senhor! E foi exatamente o versículo chave com o qual iniciei o artigo que me fez mudar de atitude em relação ao modo de me comunicar com Deus. Depois de ler sobre o silêncio do povo rodeando a cidade, fiquei a pensar no sentido e significado da ordem de Josué.

Ora, Josué estivera com Moisés e o povo no deserto, era conhecedor das consequências advindas dos murmúrios e lamentações, atitudes que desagradara profundamente a Deus. O tempo no deserto fora aumentado, não se sabe o plano inicial de Deus em relação ao período de caminhada, o certo é que aquele povo ficou 40 anos dando voltas e mais voltas. Tantos sinais e maravilhas realizados por Deus, como prova de amor e cuidado e parecia ser insuficiente.

Podemos considerar absurda a condição de israel no deserto, mas se olharmos para nós, nos dias de hoje, encontraremos semelhanças. Nossas orações, na maioria das vezes, são lamentos e petições. No cotidiano, vivemos como se Deus estivesse distante, alheio a nós. Não é de se estranhar que a fadiga mental e o desânimo espiritual nos assaltem. Coisas de humanos. Diga-se: de humanos perdidos em suas convicções sobre o Deus da graça e providência.

quinta-feira, 19 de maio de 2016

A filha do João Cruzué: cantora Aline Cruzué



Wilma Rejane

Amados leitores, o post de hoje é uma singela homenagem ao colaborador do Tenda na Rocha, irmão João Batista Cruzué.  Discreto, o papai João não faz muita propaganda da filha cantora. Mas hoje estou desvendando esse "segredo " que muita gente ai de São Paulo já deve saber e que o restante do Brasil precisa conhecer. Parabéns, papai João! Deus abençoe ao irmão e  toda sua família. Muito obrigada por todos esses anos de trabalho como escritor de blogs evangélicos, abençoando vidas. 

Como mãe sei que o maior presente para os pais são os filhos, por isso escolhi falar de sua filha: "Eis que os filhos são herança do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão.Como flechas na mão de um homem poderoso, assim são os filhos da mocidade.Bem-aventurado o homem que enche deles a sua aljava; não serão confundidos, mas falarão com os seus inimigos à porta."Salmos 127:3-5





domingo, 15 de maio de 2016

10 males causados pelo uso da língua



Por Wallace Sousa

"Todos tropeçamos de muitas maneiras. Se alguém não tropeça no falar, tal homem é perfeito, sendo também capaz de dominar todo o seu corpo." Tiago 3:2


Como bem disse Tiago, a língua é um pequeno membro, mas que pode causar grandes prejuízos e fazer grandes estragos. Reconheço que existem muitas pessoas que sabem se expressar e são excelentes comunicadores. Todavia, mesmo para esses, em que o falar é uma arte, esse ofício continua sendo perigoso. Por que será que nós, seres humanos, demoramos tantos meses para aprender a balbuciar as primeiras palavras, anos para escrever as primeiras frases, e ainda sofremos tanto em lidar com as palavras?

A resposta, apesar de óbvia e simples, pode causar espanto: o problema das palavras não está nelas, mas no que está por trás delas, a dona língua. Então, é nela que vamos colocar nosso foco e tentar aprender o porquê de ela ser tão… problemática.

Você já teve problemas com sua língua? Não, não estou perguntando se você mordeu ou levou um choque e ela se enrolou em sua boca, não é isso. Aliás, se esses fossem os maiores problemas que alguém poderia ter com sua língua, nós não teríamos problemas com a língua. Teríamos COM ela, mas não por causa dela! Entendeu, né! Mas, por que esse pequeno membro que se esconde atrás de nossos dentes e só sai para fora dos lábios se provocado causa tantos problemas?

Sinceramente, não sei. Só sei que os primeiros problemas começaram com ela. Senão, observe. O capeta ludibriou Eva com a língua (palavras), para que ela não guardasse a palavra (ordem) de Deus. Depois que o desmantelo estava feito, ela convenceu Adão (ah homi besta…) a comer da fruta também. Até hoje os homens vivem caindo nessa lábia: você já viu o tanto de marias-chuteiras com filhos de jogadores, ganhando gordas pensões? Pois é… caiu no conto da fruta(1). Como se isso fosse pouco, existem agora as tais das mulheres-fruta: é melancia pra cá, pêra pra lá, maçã pracolá… Pera lá!

Vou te contar um segredo, mas não espalha tá? Essas mulheres nunca dizem o que elas são de verdade… elas são, pra te ser sincero, verdadeiros abacaxis que deixam você com o pepino na mão (sem trocadilho) e, como se fosse pouco, são como pimenta nos seus olhos. Pois é… abra bem o olho, porque dessa horta não sai morango, mas o que tem de jiló…

Mas, vamos aos males da língua que você precisa conhecer e evitar. O texto base, caso queira conferir, encontra-se em Tiago 3. 4 a 12.

As filhas de Zelofeade



Wilma Rejane

Zelofeade era um pai da tribo de Manasses, a menor tribo de Israel, numericamente falando. No livro de Números capitulo 27 ele é citado por suas cinco filhas: Macla, Noa, Hogla, Milca e Tirza. Estas procuraram Moisés para reivindicarem o direito a herança: Zelofeate havia morrido no deserto de Moabe e segundo a lei daquela época, filhas mulheres não tinham direito a herança.

“Nosso pai morreu no deserto, e não estava entre os que se congregaram contra o Senhor no grupo de Coré; mas morreu no seu próprio pecado, e não teve filhos. Por que se tiraria o nome de nosso pai do meio da sua família, porquanto não teve filhos? Dá-nos possessão entre os irmãos de nosso pai. ” Números 27: 3,4.

Primeiramente e antes de tudo digo que este artigo não tem objetivos feministas de aludir à causa de igualdades de direitos mediante gêneros masculino e feminino. Também não tem por objetivo combater o sistema patriarcal do Oriente na antiguidade. O que se pretende enfatizar aqui é a providência Divina atuando frente as desigualdades sociais que existem desde sempre em qualquer tempo e lugar. As filhas de Zelofeate são representantes de uma transformação social ímpar, consequência de uma cooperação familiar necessária. São um exemplo de fé porque ousaram se apresentar diante de um tribunal constituído por Deus a fim de serem auxiliadas.


quinta-feira, 12 de maio de 2016

Doutor Estranho e as paredes que fabricamos

 Benedict Cumberbatch, ator que representa Doutor Estranho

Existe um local onde nossos medos são diminuídos, nossas energias restauradas e a esperança renovada. Esse local, ‘construído’ à base de muito esforço, tem papel fundamental na nossa existência – e com ele desenvolvemos uma grande relação de dependência. É um porto seguro, uma blindagem, uma sombra sob o sol escaldante das eventualidades.

Para os cristãos, pode ser a igreja onde congregam. Um prédio, de qualquer tamanho, com o qual conseguem compartilhar o mesmo sentimento de Davi: “um dia nos Teus átrios vale mais do que mil”.Dalí as pessoas conseguem sair diferentes da forma como entraram. São renovadas espiritualmente e sentem-se acolhidas.Mas existem outros ‘locais’ que nos trazem uma sensação semelhante.

Para alguns, pode ser a própria casa – e a segurança que tem dentro dessas paredes. É onde habitam os sonhos e as vitórias, algumas das quais emolduradas nos porta-retratos e nas paredes. É alí que fortalecem a família, construída a partir de um esforço de educação, manutenção de valores e abdicação.

Também é possível obter essa mesma sensação…na cozinha! Sobre a pia, como num altar, derramando lágrimas e risos, entre uma refeição e outra. Como se talheres, panelas, torneiras e mármore pudessem compreender nossas dores e retribuir, agraciando nosso paladar, numa deliciosa refeição. Uma catarse gastronômica.

terça-feira, 10 de maio de 2016

A âncora de Hebreus e a âncora do Titanic





Wilma Rejane

"Para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, tenhamos a firme consolação, nós, os que pomos o nosso refúgio em reter a esperança proposta; qual temos como âncora da alma, segura e firme, e que penetra até ao interior do véu, onde Jesus, nosso precursor, entrou por nós, feito eternamente sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque." (Hebreus 6:18-20).

Âncora  é um instrumento náutico pesado, geralmente de metal que permite fazer presa em fundos rochosos, lodosos ou arenosos, fixando temporariamente os navios na posição desejada. Esse instrumento representa  segurança  porque  estabiliza embarcações em alto mar em tempos de tempestades. O verso de Hebreus nos diz que temos uma “âncora da alma” , ela se chama esperança, mas não é uma esperança vazia, ela está posta em Cristo Jesus. Isso não é confortante?

Essa passagem Bíblica ensina a não nos desesperarmos nos dias difíceis, mas a crermos que seremos sustentados sem naufragar. O interessante é que para compreendermos bem o valor de uma âncora será necessário enfrentarmos a tempestade, é nessa circunstância que a fé entra em ação. A evocação a esperança no livro de Hebreus, também encontra lugar no Evangelho de Mateus: Pedro,  ao avistar Jesus andando sobre as águas em forte tempestade, diz: “ Senhor, se és tu  manda-me ir ter contigo por sobre as águas e Jesus disse vem” Mt 14:28,29. Pedro dá alguns passos sobre as águas, mas tao sentir a força do vento e o agitar das águas teme e afunda. Jesus o segura dizendo: por que duvidaste?

sábado, 7 de maio de 2016

No diário da blogueira e presente para mamães



Wilma Rejane

Queridos leitores,

Como estão? Tenho tido muito trabalho ultimamente e também tenho enfrentado alguns "vales" Hoje faz oito dias que meu esposo sofreu um acidente, estava em uma aula passeio com alunos quando bateu  a cabeça em um galho de árvore, desmaiou e perdeu os sentidos e por alguns minutos também os movimentos do corpo. Por Deus, os movimentos voltaram, porém ainda sofre com fortes dores nos braços e por conta disso, estou sem a preciosa ajuda de meu esposo nas tarefas diárias. Estou mais sobrecarregada que de costume,  mas não ansiosa ou desanimada, pois compreendo que a misericórdia do Senhor nos cerca e Sua graça nos sustenta. Confio em Deus que logo, logo, meu esposo estará bem e de volta ao trabalho. Divido esse meu dia a dia com vocês porque  o blog é (inclusive) esse canal onde externo minha caminhada com Deus.

Não compreendam essa conversa como um lamento, não é esta minha intenção, mas a de dizer que é justo  nessas horas, quando a visão terrena é turva e opressora que consigo enxergar com clareza o Deus que sirvo: Ele é bom, em todo o tempo Ele é bom. Quando fraca estou Ele me recorda que jamais estive forte; não há força humana que seja suficiente em si mesma, tudo vem de Deus e sem Ele nada seria. Há um trecho da Palavra que tem me falado mais profundamente nesses dias, ele se encontra em Êxodo 1: 8 a 14:

“vejam, o povo de Israel aumenta mais depressa do que nós os egípcios. Em caso de guerra eles nos venceriam facilmente. Vamos dar um jeito nisso, sobrecarregá-los com trabalhos pesados, tratá-los com crueldade, assim vão se cansar, a vida lhes será amarga e nos os escravizaremos”.

terça-feira, 3 de maio de 2016

10 lições de Jesus para toda a vida



Ele lançou um olhar profundo sobre tudo o que o rodeava e, a partir do que à primeira vista podia parecer corriqueiro, estruturou suas ideias. Mais de 2 mil anos depois, suas lições continuam atuais e extremamente valiosas

Passam-se os anos, mudam-se as estruturas, transformam-se as línguas. Mas as razões e objetivos de batalhas e angústias, ou de alegrias e contentamentos, permanecem muito parecidas. Tão similares que as lições proferidas por Jesus há milênios se encaixam na realidade atual.

Sua sabedoria, embora tenha nascido nos primeiros 30 anos da era Cristã, ainda hoje pode ser aplicada. Há quem afirme, inclusive, que este conhecimento está mais atual do que nunca, pois aborda temas de extrema importância do cotidiano de todos nós, transcendendo as questões de fé e religiosidade.

Com simplicidade, as lições de Jesus promovem o resgate das tradições e a manutenção da esperança e da luta. Sua palavra instiga as pessoas para que pensem sobre a realidade na qual vivem e, mais do que isso, sugere uma mudança de atitude.

Se lermos com atenção suas parábolas e sermões, veremos que ainda temos muito a modificar no mundo contemporâneo se quisermos instaurar suas lições de igualdade, justiça, liberdade, solidariedade, partilha e dignidade humana.

E você, está pronto para essa transformação? Confira, a seguir, dez lições para colocar os ensinamentos do Mestre em prática agora mesmo.

Viver com simplicidade


Os ensinamentos de Jesus Cristo são um convite ao retorno da simplicidade. No Reino de Deus, não há lugar para dissimulação e astúcia. Não há lugar para tentar ser o que não somos. Viver essa simplicidade significa abandonar preocupações fúteis e vivenciar o que realmente tem importância. Quem aprende essa lição se mantém sempre em equilíbrio, conhece a si mesmo e respeita as próprias limitações. “A nossa glória é esta: o testemunho da nossa consciência, de que, com simplicidade e sinceridade de Deus, e não com sabedoria carnal, mas com a graça de Deus, nos temos conduzido no mundo, e especialmente para convosco.” (II Coríntios, 1:12). 


sexta-feira, 29 de abril de 2016

Por isso; não se desespere, não desanime.

Continue firme, Deus é fiel

Por Victor Cárdenas
Tradução de João Cruzué

Alguma vez já esteve pensando porque todo desejo, sonho ou para tudo o que mais se deseja na vida é preciso tempo para conquistar? Por que um Deus onipotente e onisciente não usa seu poder sobrenatural para dar já a seus filhos tudo o que querem?

Estou convencido de que "Tudo tem seu tempo e tudo o que se quer debaixo do céu tem sua hora"(Ecle.3:1). Vivemos na geração do "microwave", do micro-ondas. Queremos tudo instantaneamente e para já! Pensamos que a vida é como macarrão instantâneo que em cinco minutos já está pronto.

Tenho muitos sonhos e metas pessoais que gostaria que já se cumprissem e a cada dia que passa, trabalho para que isto se leve a cabo. Há dias que me pergunto se Deus se esqueceu do que me prometeu. Porém me anima saber que tudo tem seu tempo. Não posso desesperar-me ainda que tarde a promessa, ainda que venham dias que digam tudo ao contrário. Deus é fiel e não é homem para arrepender-se daquilo que Ele prometeu que fará.

Por alguma razão existe o tempo e Deus é o Deus do tempo. Vejamos algumas das coisas que podemos aprender na Bíblia que envolva tempo, paciência e espera. Depois do tempo vem o resultado e a promessa.

domingo, 24 de abril de 2016

Estudo Bíblico em vídeo: Quando o vento soprar - Jó 38:24



Wilma Rejane

O vídeo é  ilustração do estudo do blog inspirado no livro de Jó: "Quando o vento Soprar". O vento aparece no inicio da história de sofrimento de Jó e também no momento de restauração, quando Deus fala com Jó do meio de um redemoinho. A verdade é que o vento sopra diariamente em todas as direções, mas haverá um tempo que esse vento virá com fúria arrancando coisas que consideramos vitais. A questão é que Jó e o vento nos ensinam que Deus é soberano e ainda que os ventos não nos pareçam favoráveis ele levará embora e da mesma forma trará coisas que darão outros sentidos a vida. Foi assim com Jó. louvado seja Deus e que Ele nos guarde em fé e crescimento.


Texto e  edição: Wilma Rejane
Narração: Cido Ruiz

Deus o abençoe.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...