A parábola das dez virgens: tradição oriental e Escrituras.

 Crédito da foto: Everton Rosa em  delas.ig



Wilma Rejane

Na sequência de parábolas do Evangelho de Mateus, encontra-se no capitulo 25, as palavras de Jesus sobre dez virgens a espera do noivo. Cinco virgens prudentes e cinco tolas que saem de suas casas com lâmpadas acesas à base de óleo, são as candeias ainda usadas em muitos recintos interioranos e que tinham função especial nas procissões orientais que festejavam noivados.

Os ouvintes de Jesus estavam familiarizados com a tradição das candeias, de modo que puderam compreender perfeitamente o significado da parábola. Vamos conhecer um pouco do que ocorria no antigo mundo oriental em relação a noivado e casamento?

No antigo Israel a aliança de casamento (B'rith) fazia parte do direito civil e não havia documentos legais elaborados para definir os direitos do marido e da esposa. A cerimônia de casamento (chupá) consistia em trazer a noiva para a casa do noivo, em procissão, com lâmpadas acessas durante à tarde ou noite. Havia grande regozijo e celebração nas ruas, e também quando as procissões chegavam na casa do noivo. Uma vez que entravam na casa do noivo, as portas eram fechadas e a cerimônia começava. O noivo espalhava a ponta do manto superior sobre a noiva, em seguida, iriam proceder à câmara de casamento, depois acontecia a festa de encerramento. Amigos e parentes viajavam longas distâncias para participar da festa.

É interessante porque Jesus falou de dez virgens para um noivo e não para dez noivos. Logo, Ele se referia às virgens comparando-as a Igreja de Cristo, o Noivo, era o Próprio Cristo. Ainda na parábola, se lê que cinco virgens tinham suprimento de óleo nas suas lâmpadas, de modo que puderam ficar vigilantes até a chegada do noivo, reconhecendo sua aparência e identificando-o. Cinco noivas, porém, saíram ao encontro do noivo com lâmpadas acessas, mas sem reservas de óleo, suas lâmpadas apagaram e elas não puderam encontrar o noivo, entrar em Sua casa, uma vez que saíram para comprar óleo e quando voltaram as portas da casa onde ocorria a festa de casamento, estavam fechadas. Elas bateram e o noivo respondeu de dentro:


“ Em verdade vos digo que vos não conheço. Vigiai, pois, porque não sabeis o dia nem a hora em que o Filho do homem há de vir.” Mateus 25:12-13

Portanto, essa parábola de Jesus exorta a vigilância da Igreja em relação a vinda do Senhor Jesus. É necessário manter a lâmpada acessa constantemente. As virgens néscias saíram para comprar óleo e nessa saída se distanciaram da porta de acesso, da festa e do Noivo. Podemos comparar tudo isso a Igreja que busca suprimento espiritual em ideologias contrárias a Palavra de Deus, se distanciando da Verdade.

Antigo Testamento:

A luz que iluminava o Tabernáculo sagrado vinha de um castiçal também chamado de menorah em hebraico “lugar das luzes”.


“ Ordena aos filhos de Israel que te tragam azeite de oliveira, puro, batido, para a luminária, para manter as lâmpadas acesas continuamente. Arão as porá em ordem perante o Senhor continuamente, desde a tarde até à manhã, fora do véu do testemunho, na tenda da congregação; estatuto perpétuo é pelas vossas gerações. Sobre o candelabro de ouro puro porá em ordem as lâmpadas perante o Senhor continuamente. ” Levítico 24:1-4


Nas extremidades do castiçal, não eram colocadas velas, mas recipientes com óleo puro de oliva, especialmente consagrado para aquele propósito. Os castiçais que recebiam o óleo, eram esculpidos em ouro puro, em formato de folhas e flores de amêndoa. Existe todo um simbolismo referente ao castiçal acesso. Tal qual na parábola das dez virgens, essa parte do tabernáculo exorta a vigilância contínua, a um espírito reto e em constante relacionamento com Deus. Luzes acesas à base de óleo e suprimento dizem respeito a unção, a presença do Espírito Santo na Igreja.

Pode se dizer que as virgens néscias, eram desprovidas dessa luz, suas lâmpadas apagaram e não puderam concretizar o casamento, porque não vigiaram, não se prepararam para o grande dia de suas vidas. Elas pediram azeite as virgens prudentes, que lhes negaram. Aprendemos que a responsabilidade pelo pecado é individual. Não basta estar presente na igreja e seguir rituais, é preciso manter a lâmpada acessa diariamente com a presença do Espírito Santo de Deus no tabernáculo eterno que é nosso ser, templo sagrado.

“ Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?” I Cor 6: 19.

Virtude

Existe um momento na parábola das dez virgens que elas adormecem pela demora do noivo. Me perguntei qual seria o significado desse sono. E no livro de provérbios encontro a resposta, nas palavras do Rei Lemuel descrevendo a mulher virtuosa:

“Ela percebe que o seu ganho é bom e sua lâmpada não se apaga nem enquanto dorme” Pv 31:18.

As virgens néscias, eram desprovidas de virtude, viviam em sono espiritual e escuridão constante. Não se arrependeram a tempo de encontrarem a salvação. As prudentes, se comparam a mulher virtuosa que põe toda confiança no Senhor, mesmo dormindo, têm as lâmpada acessas.

Sabias ou néscias? Com qual das virgens nos assemelhamos? João 3:19, diz: "E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más."

Lâmpada Eterna

Por fim, haverá um tempo em que a noiva será iluminada por uma Luz que nunca se apagará. Um casamento eterno e perfeito, a noiva sentirá o perfume e o amor de seu esposo: Salmo 45:8 “Todas as tuas vestes cheiram a mirra e aloés e cássia, desde os palácios de marfim de onde te alegram.” Poderá dizer que valeu a espera, o não desprezar o óleo da lamparina.

“A cidade não precisa de sol nem de lua para brilharem sobre ela, pois a glória de Deus a ilumina, e o Cordeiro é a sua candeia.” Apocalipse 21:23.

Há mais um detalhe da parábola que gostaria de acrescentar, é em relação a esse verso:

“Então todas aquelas virgens se levantaram, e prepararam as suas lâmpadas.” Mateus 25:7

A tradução do grego para “prepararam” é “Kosmeo” (Strong 2825) = preparar, adornar, embelezar, colocar em ordem. Essa é a noiva que irá se encontrar e adentrar na casa do Noivo. Uma Igreja bela, adornada, em ordem, renascida, agradável. Com vestes apropriadas para a cerimônia.


Que assim seja conosco,
Em Cristo, O Noivo.

Baseado no Evangelho de Mateus, Capítulo 25. Bíblia de Estudo Plenitude e Aqui

37 comentários:

Ruth Ferraz disse...

olá amada
gostaria de publicar este artigo no meu blog: www.abundantelife.blogspot.com
email: ruthfbyrnes@gmail.com

Obrigada

Wilma Rejane disse...



Olá Ruth, graça e paz de Jesus!

Os artigos já estão em seu endereço de e-mail.

Muito obrigada,

Deus a abençoe, amada.

Marcos Pinheiro disse...

Paz querida, extremamente feliz por suas postagens, são pérolas de grande valor.

Marina dutra freire disse...

Muito bom!!!!

Evanice Carvalho disse...

Aa paz do Senhor minha querida irmã, agradeço a Deus pela sua vida, pois fui alcançada com essa ministração tão abençoada, era o que estava procurando para enriquecer uma ministração sobre essa parábola, pois vamos apresentar uma coreografia sobre as dez virgens e vamos ministrar esse texto com nossas adolescentes na igreja. Fica na paz e que o Espírito Santo continue usando sua vida.

Sandra Neri disse...

Gratidão por ler e reconhecer os requisitos para fazer parte desta noiva. Rogo ao Senhor que eu possa alcançar tamanha benção. Que o noivo venha logo!

Leandro Possi disse...

a paz,fiel e verdadeiras são essas palavras,pois haverá o dia em que a Noiva encontrará com seu esposp nos ares
1ts:porque o mesmo Senhor descerá
do Céu com alarido,e com voz de arcanjo,e com a trombeta de Deus;e os que morreram em Cristo ressucitarão primeiro;depois,nós,os que ficarmos vivos,seremos arrebatados juntamente com ele nas nuvens,a encontrar o Senhor nos ares,e assim estaremos sempre com o Senhor.

Deus seja louvado para todoo sempre amém.

Carlos cunha disse...

Carlos comentario abençoado! fica na paz

Carlos cunha disse...

Abriu muito a minha visão!Tremendo!

Anônimo disse...

Apaz sua palvras foi muito boa .so que tenho duvida na questo porque jesus relaciona reino do ceus nessa parabola e porque representa o aseite nessa parabo o espirito santo sabemdo que as sinco nescias tinha azeite.e depois compraram que suber me responda obrigado

PASTOR NASCIMENTO disse...


A Paz do Senhor vos seja multiplicada, em visita a este trabalho, tive o desejo e compartilhei boa parte deste material, assunto do qual farei menção na classe teológica.

Temos encontrados muitos comentários, mas nos coube pelo Espírito Santo tomar parte desta riqueza que lhe foi derramada pelo Senhor...

Eu sou um sinal disse...

Olá querida!
Gostei muito do seu blog.
Faça uma visita ao meu blog!
Abraços, Denise

Fabio Marçal disse...

Achei muito interessante o costume do povo hebreu referente a procissão da noiva até a casa do noivo será que até hoje eles tem este costume?
Deus abençõe a vida de cada um que foi um instrumento de Deus para realizar este trabalho!

Pastor Júnior Macêdo disse...

Graça e Paz!

Embora a irmã chame a atenção para o sono espiritual nas néscias é interessante notarmos que não só as néscias mais todas as dez virgens dormiram. Outra questão é que as prudentes não ficaram vigilantes até a chegada do noivo. No v.5 diz que tardando o noivo, todas pegaram no sono e dormiram.
Espero que as observações sejam aceitas como contribuição para o aperfeiçoamento do site e não como crítica.

Fiquem na Paz do Senhor!

Wilma Rejane disse...


Graça e paz, Pastor Júnior

O texto não diz que apenas as néscias dormiram, observe bem que nos parágrafos 11 e 10 está escrito:

"Existe um momento na parábola das dez virgens que elas adormecem pela demora do noivo. Me perguntei qual seria o significado desse sono. E no livro de provérbios encontro a resposta, nas palavras do Rei Lemuel descrevendo a mulher virtuosa:

“Ela percebe que o seu ganho é bom e sua lâmpada não se apaga nem enquanto dorme” Pv 31:18.

As virgens néscias, eram desprovidas de virtude, viviam em sono espiritual e escuridão constante. Não se arrependeram a tempo de encontrarem a salvação. As prudentes, se comparam a mulher virtuosa que põe toda confiança no Senhor, mesmo dormindo, têm as lâmpada acessas..."

Está bem claro que as dez virgens dormiram só que o sono tem significado diferente para elas: as sábias mesmo dormindo têm as lâmpadas (vide verso de provérbios 31:18) acessas enquanto as néscias não.

Muito obrigada,

Na paz de Jesus.

Marilda Sevila disse...

A paz do Senhor.
Amada, muito edificante seu texto e esclarecedor. E despertou em mim
maior desejo em aprender a respeito desta parabola.
Obrigado
que o Espirito Santo continue a lhe trazer revelacoes a cerca da PALAVRA DO Nosso PAI PARA .

thiago silva disse...

Todas elas São virgens certos significas que todas São virgens cristã Jesus estar falando de sua igreja na face dessa terra entrou na bodas do senhor só 5 virgens e 5virgens não entraram eram 10 na soma de Jesus oque eu aprendo é que 50% dos. Cristão estão na vigilância é São virgens tolos

Pr. Rogerio Braz disse...

Ouvi um teólogo ensinar que a parábola em apreço, não é dirigida a igreja e sim aos Judeus, portanto dizia ele, não podemos aplicar as virgens como a igreja e nem o noivo como Jesus, a querida irmã tem algum argumento teológico sobre o tema? pois sempre ouvi essa parábola como se fosse as dez virgens como a igreja e o noivo como Jesus. Em Cristo pr Rogério Braz

Anônimo disse...

Teólogos... Teólogos... Pra mim um teólogo é tipo um professor de história, nada mais. Acho legal fazer por conhecimento histórico, apenas isso. Eu graças a Deus interpreto pedindo orientação ao Espírito Santo e gosto de ouvir o Espírito Santo falar... Guiando a toda verdade. Achei o texto ótimo e é bem isso. Nesse último momento temos realmente que nos manter acordadas e em santidade. Tem gente despertando agora, no susto. Falta muito pouco tempo... Tenho sonhado inclusive. Podem anotar... As coisas vão ter uma piora muito rápida em todos os sentidos; segurança, saúde... Tudo! Pouco tempo depois soluções aparecerão e elas vão se acalmar... E Boooom!!! Maranata! Paz para todos! É essa geração vai ver a volta de Cristo!!!

Alice Gleyce disse...

Muito bom!! 👏👏

Alice Gleyce disse...

Muito bom!! 👏👏

Diego Moreno disse...

A PAZ, que Deus continue te abençoando para nos abençoar!

Jaime e Julio disse...

Bom dia!
Exortando... para edificar:

O Azeite das lâmpadas na mensagem das dez virgens não representa o Espírito Santo, como colocou erroneamente a autora do post; as Escrituras são claras: o Azeite representativo do Espírito Santo, era O AZEITE DA SANTA UNÇÃO:
Exôdo
25 - “E disto farás o azeite da santa unção, o perfume composto segundo a obra do perfumista: este será o azeite da santa unção...
29 - Assim santificarás estas cousas, para que sejam santíssimas: tudo que tocar nelas será santo.
30 - Também ungirás Arão e seus filhos, e os santificarás para que me administrem o sacerdócio.
31 -E falarás aos filhos de Israel, dizendo: ESTE ME SERÁ O AZEITE DA SANTA UNÇÃO nas vossas gerações”.

Porém, o azeite usado para fazer arder as dez lâmpadas daquelas virgens, representava a palavra de Deus: O AZEITE PURO DE OLIVEIRA:
“Tu pois ordenarás aos filhos de Israel que te tragam AZEITE PURO DE OLIVEIRA, batido para o candeeiro; PARA FAZER ARDER AS LÂMPADAS CONTINUAMENTE”. Exôdo 27:20.

A PARÁBOLA DAS DEZ VIRGENS, NA ESCATOLOGIA:
1- As dez virgens – v. 1a.: Representam o reino de Deus.

2- A lâmpada – v. 1b.: O coração humano. Sl. 108:1 - Pv. 4:23 e Mt. 5:18-19.

3- O azeite puro (Ex. 27:20) – v. 4: A Palavra de Deus pura, sem os fermentos teológicos. 1Cor. 5:7 e Cl. 2:8.

4- A reserva do azeite nas vasilhas – v. 4: O conhecimento das profecias bíblicas. Pv. 29:18 – Ap. 1:3.

5- A falta da reserva de azeite nas vasilhas das cinco virgens néscias – v 3: A falta, desprezo e desatenção do conhecimento profético. P. 1:24 a 31 - 1Tes. 5:20.

6- O azeite nas vasilhas e nas lâmpadas das cinco virgens prudentes – v. 4: A Palavra de Deus guardada no coração do cristão. Sl.119:11 - Pv. 3:1-2.

7- A caminho do esposo – v. 1c: A perseverança do cristão no Evangelho, até ao fim. Mat. 24:13.

8- A chegada da Meia noite: A metade da grande tribulação (Dn. 9:27) - fechamento da porta da graça (Lc. 13:22 a 30) - manifestação do anticristo - multiplicação da iniquidade. 2Ts. 2:3;9.

9- O tardar do esposo – v. 5a.: A demora do Esposo, os dias que antecedem o arrebatamento, surpreenderá todas as expectativas humanas; tanto no fator tempo, quanto no fator modo. Is. 55:8 - Ef. 3:20.

10- O sono das dez virgens – v. 5b: Estado de caos total, esfriamento da fé, apostasia da maioria dos cristãos; frustração pelo não cumprimento da vinda do Senhor, esperada pelo tempo teológico do homem. Mt. 24:12 - 2Ts. 2:10 e 11.

11- O clamor – v. 6: Bramido das nações, Indignação, diante das aflições daqueles dias. Mt. 24:9-10 – Lc. 21:25.

12- Despertamento das dez virgens – v.7: A conscientização e a certeza de que a vinda do Senhor, será mesmo somente após os dias do anticristo. 2Ts. 2:1 a 3.

12- Dai-nos do vosso azeite – v. 8: A partir da meia noite, que as cinco néscias perceberam seu grande erro doutrinário, ao confiar nas fantasias teológicas, que Jesus poderia vir a qualquer momento, sem o cumprimento antes, dos sinais proféticos anunciados nas Escrituras. Mt. 24:21 a 25 - Lc. 21:28.

13- Ide antes aos que vendem – v. 9: Por sua vez, as cinco virgens prudentes lhes mandaram comprar azeite, aonde elas sempre o adquiriam: Nas Igrejas das facilidades, nos mercadores da Palavra de Deus.

A vinda do esposo – v. 10a: A ressurreição e arrebatamento da Igreja, ante a sétima e última trombeta. 1Co. 15:51-52 – 1Ts. 4:16-17 – Ap. 10:7 e 11:15.

14- O convite para as Bodas – Mt. 25:34: Finalmente, as cinco virgens prudentes entraram com o esposo para as Bodas do Cordeiro. Ap. 19:7.
“E, tendo elas ido comprá-lo, chegou o esposo, e as que estavam preparadas ENTRARAM COM ELE PARA AS BODAS, e fechou-se a porta.

15)- O destino das cinco virgens néscias – v. 11:
“E IRÃO ESTES PARA O TORMENTO ETERNO, mas os justos para a vida eterna”. Mt. 25:46.

Se desejarem entender o plano escatológico Divino, sem os erros Teológicos, peça gratuitamente o estudo e o gráfico da Grande tribulação, contendo a ordem e a cronologia bíblica do Apocalipse (menos o dia e a hora da...).
E-mail: Jaime.ap@hotmail.com.

Jaime e Júlio.

Wilmar Padilha disse...

Graça e Paz da parte de Jesus Cristo ... Li o texto postado e os comentários que cada um partilhou. Classifico de bons argumentos que ao final só vem adicionar mais conhecimento e enriquecimento. Que o objetivo seja de fazer com que cada um faça parte do rol das prudentes escapando, assim, do pior que está por vir. Não é disputa por medalhas para ver quem é aquele que conhece mais, pois Jesus disse que tudo quanto tinha ouvido do PAI isso havia comunicado aos seus. Deus abençoe a todos no amor de Jesus.

Erlan Lima disse...

Muito edificante falou profundo no meu coração. Que o Senhor continue usando sua vida poderosamente a partir de agora estará em minhas orações,gostaria muito de receber outros estudos no meu email erlancruz1988@gmail.com se possível.

Erlan Lima disse...

Muito edificante esse estudo,falou profundamente ao meu coração é muito enriquecedor,muito valioso,Deus abençoe poderosamente sua vida e te enriqueça cada vez mais no conhecimento.Gostaria muito se possível receber outros estudos no meu email erlancruz1988@gmail.com.

Carla LM disse...

Maravilhosa Graça de Deus, Aleluia 😊

Wilmar Padilha disse...

Se a oferta ainda existir quero receber o estudo sobre Escatologia wilmar.padilha@gmail.com Agradeço

Jaime e Julio disse...

Prontamente irmão Wilian...Já o enviei pelo seu E-mail.

Abraços,
Jaime e Júlio

Pr Julio disse...

Bom dia Wilma rejane...

Existe neste texto uma simples observação porém forte.
Com respeito aos numeros citados na parabola. JESUS faz questão de frisar os números que não são aleatórios, como todos os números na bilia tem seu significado...
O numero 10 representa a lei de DEUS, praticamente todas as vezes que vemos esses números vemos algo referente as suas leis, Pois são 10 mandamentos,
Sendo assim as dez virgens representam as pessoas que estão vivendo dentro das leis de DEUS, são pessoas que ja foram lavadas, que fazem parte do seu reino... esse numero é dividido em dois grupos de cinco... NA bíblia o numero cinco representa a graça de DEUS, pois são cinco os animais que eram sacrificados e que representavam JESUS. Ou seja todas elas tinham sobre si a graça de DEUS. Porém apenas um dos grupos se preocupou em levar com sigo o azeite. as outras representam os CRENTES Que apesar de ter conhecimento das leis de DEUS, E estar sobre a graça de DEUS, nunca tiveram um encontro real com DEUS, Obedecem suas leis Mas não conhece A DEUS DE VERDADE,Parábola mostra claramente que não basta estar obedecendo as leis de DEUS, ou seus mandamentos, e que também não basta simplesmente acreditar em sua graça, A PESSOA tem que ter um encontro real com ELE,,, Pois Ele deixa claro o motivo do qual ele não as deixou entrar, NÃO FOI PELA FALTA DO AZEITE, E sim porque ELE NÃO AS CONHECIA..,.12 Mas ele respondeu: Em verdade vos digo que não vos conheço... Quantas não são as pessoas que sabem a biblia de capa a capa, fizeram até teologia, MAS Nunca tiveram um encontro com DEUS, São fieis a religião evangélica, vivem longe do pecado, vão as igrejas, MAS conhecem a DEUS só de ouvir falar.... Não basta saber as leis de DEUS, Conhece-las não é o suficientes para Ele... ACIMA DE TUDO A PESSOA TEM QUE TER UM ENCONTRO REAL COM ELE...Não basta saber quem É o noivo, TEM QUE CONHECE-LO E SER CONHECIDO POR ELE..

Jaime e Julio disse...

Bom dia a todos!
Amigo Júlio, não force as Escrituras com seu delírio Adventista, as lei de Deus da antiga Aliança, não consistia somente nos dez mandamentos; mas também, nos estatutos e juízos (Deut. 4:13-14).

Outra coisa: A Escritura afirma que, “O Senhor olhou do céu para terra e não viu um justo sequer, ninguém que o entendesse, ninguém que buscasse Ele” (Rom. 3:10), pois, até hoje: Ninguém viveu “dentro da lei de Deus”, como vc. colocou erroneamente (exceto Jesus).
A Escritura é clara: “ninguém foi justificado pelas obras da pela lei (Rom. 3:20), por isso, que todos foram e são inúteis diante d”Ele.
Os santos profetas, tanto do A.T quanto do N.T. foram e são justificados “PELA FÉ NO FILHO DE DEUS” (Rom. 3:21-22).
Portanto, vê se entenda: “É PELA FÉ”, e não pela lei, que nós conhecemos a Deus; foi por ela, e somente por ela, que os antigos e nós alcançaremos testemunho (Heb. 11:1-2).

Wilma Rejane disse...



Amigo "Jaime e Júlio",

Agradeço sua participação no artigo, porém, irmão, solicito que tenhas mais cuidado ao se dirigir aos demais comentaristas. Eu não gostaria de excluir comentários desse artigo, pois, julgo que os irmãos têm o que acrescentar sendo todos igualmente importantes (mesmo não concordando com tudo que dizem).

Obrigada,

Deus o abençoe

Jaime e Julio disse...

Graça e paz, Wilma!

A irmã é livre para fazer o que achar melhor; quanto a nós, não conseguimos ser “sal da terra” (Mat. 5:13), se calando, ou passando a mão naqueles que pregam outro evangelho.

“Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija? Heb. 12:7.

Chibolete!
Jaime e Júlio.

Anônimo disse...

Achei interessante seu questionamento.pq João relata a noiva como sendo a nova Jerusalém ataviada para seu noivo.teologos são pessoas que não se acomodam quanto ao que ouvem.mas buscam respostas para suas dúvidas nos textos

Anônimo disse...

Leoribeiro_ba@hotmail.com
Eu preciso desse estudo para ensinar de forma correta a igreja

Eder Silva disse...

Israel(12 tribos) era a noiva carnal do Messias e quando Ele chegou para as bodas encontrou uma noiva prostituta das 12 tribos 10 ainda estavam virgens 5 loucas e 5 prudentes .O Filho repudiou a noiva visto que em caso de adultério era permitido e para não se manter em adultério aceitou morrer. Depois de morto noivou com a israel espiritual e ia(os Apostolos) ao templo para chamar as virgens prudentes para fora do templo.Somos co herdeiros do Messias e a herança é o espirito do Pai que recebemos em nossos corpos(templos onde o Pai habita).O Pai só aceita agora a adoração em espirito e verdade. Então abandonem seus guias e templos físicos e façam uso dos frutos do espirito.

Eder Silva disse...

O Filho veio para as bodas com a israel(12 tribos) carnal, encontrou uma noiva prostituida de 12 tribos 10 eram virgens 5 loucas(lampadas sem reservade óleo) e 5 prudentes tinham o azeite(espirito do Pai) suficiente. Em caso de adultério o noivo pode repudiar(divorciar) a noiva e para não ficar em adultério era necessario que que morresse. Depois da sua morte noivou com a israel espiritual , mandou seus dicípulos para que chamassem as virgens prudentes e a noiva do outro aprisco(gentios) para as bodas espirituais que sera na segunda vinda. So que agora tudo é espiritual e quem achar que pode conseguir salvação com adoração falsa esta muito enganado. os frutos do espirito todos sabem quais são , então devemos pratica los. Não pensem que ir a templos de pedras e seguir guias físicos vai salvar alguem , pois os que assim o fazem estão se prostituindo.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...