Conheça os Maravilhosos Mistérios da Páscoa




 Nissan mês da primavera



Wilma Rejane


Foi incrível estudar sobre a Páscoa judaíca e descobrir a beleza do simbolismo da data. Deus realmente não joga dados, Ele planeja todas as coisas com perfeição e beleza. Do principio ao fim da história da humanidade ( Gêneses a Apocalipse),  Deus se revela como Aquele que ama e liberta para uma nova vida. A Páscoa é uma dessas datas que recorda o livramento de Deus a todo um povo: judeus e gentios. De Moises a Jesus ela  ganha novos elementos, mas continua a reafirmar sua mensagem: Deus salva, Deus liberta para um novo tempo!


É no mês de Nissan que acontece a primeira ordem aos Israelitas para que estes, separem um cordeiro  sem mácula a fim de cinco dias depois,  vivenciarem a instituição da Páscoa: “ Falai a toda congregação de Israel, dizendo: Aos dez deste mês, tome cada um para si um cordeiro, segundo as casas dos pais, um cordeiro para cada casa” Êx 12:3. Também no mês de Nissan Abraão faz o convênio da circuncisão e os Israelitas , liderados por Josué, entram na terra prometida de Canãa( Js 4:6 e 5:2). No mês de Nissan, Jesus, Cordeiro pascal é morto e ressuscitado! ( Mc 15:42).

Não pretendo especificar um a um os elementos da Pascoa judaica, nem fazer um relato histórico da data, mas quero destacar um aspecto que geralmente não é citado quando fala-se de Páscoa. Certamente esse “detalhe” não é segredo para os judeus praticantes, estudiosos da Torá, mas será surpresa para muitas pessoas, que assim como eu, jamais imaginaria tamanha relação entre Páscoa e estação do ano. Minha alma transbordou de alegria ao perceber a suavidade e beleza de Deus brotando de forma tão esperançosa na Páscoa. Bendito seja o Deus de Israel e o nosso Deus, o Deus de Nissan, mês das alianças!


Nissan é o mês da Primavera!


Ao instalar-se na  Palestina, o povo de Israel viu-se rodeado por outros povos que tinham o costume de celebrar  rituais  a  divindades com o fim de agradecer e suplicar. Todos viviam da agricultura e da pastorícia. Por isso, esses rituais consistiam em oferendas e sacrifícios às divindades para lhes agradecer os frutos da terra e a fecundidade dos rebanhos, e para lhes pedir a continuação das boas condições para a vida. Construíam  altares e pequenos santuários em lugares especiais, sobretudo no alto das pequenas colinas ou montes, e  lá ofereciam uma parte dos seus produtos agrícolas e sacrificavam alguns animais dos rebanhos. 




E quando  é que era costume fazerem-se estes rituais?... Exatamente nesta altura do ano  na Primavera,  mês de Nissan, quando a  terra reverdecia e dava os seus primeiros frutos, altura em que nos rebanhos nasciam as primeiras crias!  O que era oferecido e sacrificado a estas divindades eram os primeiros frutos da terra e os primogénitos dos rebanhos, em sinal de agradecimento, adoração e confiança. A Primavera era o  recomeçar de tudo, o despertar da vida, o renascimento da terra há meses adormecida e a fecundidade dos rebanhos há meses sem crias. É a grande Páscoa da Criação, a Passagem da esterilidade à fecundidade,  da poupança à abundância, da sementeira à colheita, do frio ao calor, da paciência à festa. É um tempo de profunda passagem para a Alegria!


A Páscoa é na Primavera


Nissan é o primeiro dos doze meses do calendário judaíco, é o mês da tekufá ou primavera é o "mês da redenção". O nome Nissan, possui dois nuns: nissei e Nissam que se traduz como "milagres dos milagres" . E foi com demonstração de sinais e maravilhas, que Deus resgatou seu povo do Egito na primeira instituição pascal. Deus, então convoca o povo a abandonar os deuses do Egito e os cultos pagãos em que eram ofertadas as primicias da terra, para dizer-lhes que só Ele era Deus, Suficiente para salvá-los para dar-lhes das primícias da criação. O cordeiro morto em cada casa israelita, onde o sangue foi espalhado nos umbrais das portas, simbolizava nova vida, passagem, renascimento, novos frutos, nova estação que viria tal qual a Primavera!


"E eu passarei pela terra do Egito esta noite, e ferirei todo o primogênito na terra do Egito, desde os homens até aos animais; e em todos os deuses do Egito farei juízos. Eu sou o Senhor. E aquele sangue vos será por sinal nas casas em que estiverdes; vendo eu sangue, passarei por cima de vós, e não haverá entre vós praga de mortandade, quando eu ferir a terra do Egito. E este dia vos será por memória, e celebrá-lo-eis por festa ao Senhor; nas vossas gerações o celebrareis por estatuto perpétuo. Êxodo 12:12-14"

Jesus, nossa Páscoa, a Passagem para nova estação

Primavera: a palavra originasse de primo vere, que quer dizer princípio da boa estação.

Na noite em que morreram os primogênitos, houve salvação, libertação para Moisés e seu povo. A Páscoa, portanto, passou a ser sinônimo de nova vida.Cerca de 1500 anos mais tarde, a Páscoa teria uma comemoração diferente, porém, com o mesmo significado. Deus providencia um Cordeiro, sem mácula, sem pecado, para ser sacrificado em favor de toda humanidade. Àqueles que estivessem sob a cobertura do sangue do Cordeiro, não provariam da morte e do fogo eterno.

O Cordeiro É Cristo Jesus. Ele foi sacrificado na mesma semana em que todo Israel comemorava a Páscoa - 14º dia do mês de Nisã - Ele representa o sacrifício eterno e definitivo que libertaria o homem do "Egito" ( morte eterna, pecado) e do jugo pesado de "Faraó" ( Satanás e seus demônios)."Mas este, havendo oferecido um único sacrifício pelos pecados, está assentado à destra de Deus"Hb 10: 12.

O Cordeiro ressuscitou! Mt 28

A segunda Páscoa, portanto, estabelece uma nova aliança, em que a vida eterna é concedida aos que crêem no Cordeiro Pascoal e em seu sacrifício eterno que, ali, na cruz, purificou o homem de todo o pecado." E no dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis O Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo" Jo 1:29.

Páscoa é primavera, é chegada de uma nova vida, de novos frutos. Páscoa é passagem, onde tudo brota com a força da vida, com pureza e esperança. Páscoa tem perfume, tem abundância, tem beleza, tem superação. Páscoa é restauração do coração. Jesus é a nossa Páscoa, Ele é essa primavera: Passagem no velho para o novo, da mortalidade para a imortalidade, da vida para a Eternidade!


Espero em Deus que esses maravilhosos mistérios da Páscoa, tenham enchido seu coração de alegria, fé, amor e esperança. Assim foi para comigo que estou me dedicando a escrever um livro para contar-lhes mais desses mistérios da Primavera que é Cristo em nós.

Com amor, em Cristo.

Fonte: Biblia de Estudo Plenitude, Edição revista e corrigida, 1995, SBB-São Paulo e artigo "Primavera Melhor altura para a Páscoa" dos jovens Redentoristas de Portugal.

8 comentários:

Pastor Vanelli disse...

Nssssss mestra, esbanjou hem! nem vou escrever nada sobre a páscoa, sobre o "cuieo" da páscoa e o "cão" da páscoa eu já escrevi...mas este artigo aqui...a sra. sabe o que vou fazer com ele né?...vou postar domingo de páscoa no meu bloguinho..., evidentemente com a sua devida aquiescência.

Abraço Mestra.

Hag Pessach!

Wilma Rejane disse...

Olá Pastor Vanelli!

Nssss que alegria tê-lo mais uma vez aqui! É claro que autorizo, mestre!

Seu "bloguinho", diga-se: é uma benção!

Hag Passach!

Obrigada, Deus o abençoe.

Presbítero Maurício disse...

Caríssima, saudações!
Há um vazio dentro do ser humano que precisa ser preenchido com o mistério da páscoa, revelado na pessoa de Jesus! Que bom que a irmã vem esclarecer tudo isso! Precisamos muito desse conhecimento.
Paz de Cristo!

rosana disse...

oie... obrigado pelo teu carinho de sempre..te amo em Cristo..vamos crer nas promessa de Deus e confiar sempre nele...sem desistir nunca...bjs fik com Deus.

"Eis que eu sou o Senhor, o Deus de todos os viventes;
acaso, haveria coisa demasiadamente maravilhosa para mim?" Jeremias 32.27

Wilma Rejane disse...

Saudações Presbítero Maurício!

E pensar que tem muita gente é enchendo a barriga de chocolate e deixando o coração vazio, né?

És sempre bem vindo!

Deus o abençoe.

Wilma Rejane disse...

Oi Rô!

É tão bom ver seu sorriso (ainda que via virtual) e saber que estás persistindo na fé e nas promessas de Deus... Parabéns mais uma vez pela sua conquista, viu?

Obrigada pela companhia,

Deus a abençoe

Nele que é a nossa Páscoa.

* Ave.Lys * disse...

Salvé Wilma
Esqueci de lhe desejar
uma Santa e Renascida Páscoa. E daqui simbolicamente lhe lavo também os seus pés. Foi por isso que encontrei o seu blog numa pesquisa.
Bençãos...
Sempre...
M.

Wilma Rejane disse...

Salvé Lys!

Estás em Portugal e eu estou de passeio- pelo feriado de Páscoa- no litoral do Piauí.

Li seu comentário também no artigo "Corvos e pombos" e quero dizer-te que ao entregares teus anseios a Deus e confiares em Sua direção, Ele cuidará de vós. Efésios 4:6.

Espero vê-la retornar outras vezes ao blog, contando as muitas bençãos, desde Miranda do Corvo!

Obrigada,

Abraço fraterno e

Deus a abençoe.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...