Águas roubadas são doces, mas ali estão os mortos.




Wilma Rejane

Como garanhões bem fartos, correm de um lado para outro, cada um rinchando à mulher do próximo. Deixarei eu de castigar estas coisas, diz o Senhor, ou não puniria nação como esta? Jeremias 5:8-9.

Algum poderia imaginar que a "cobiça dos olhos" e as más intenções do coração de um homem para com uma mulher poderiam ser causa de destruição para uma nação? É o que diz os versos do livro do profeta Jeremias que retrata a época de 600 a.C. 

Homens são atraídos pelo aspecto visual, e penso ser esse o motivo pelo qual a Bíblia em diversos lugares se refere ao olhar do homem em relação a mulher como algo passível de julgamento. Jesus disse:

Mateus 5.27: “Vocês ouviram o que foi dito: ‘Não adulterarás’. Mas eu lhes digo: Qualquer que olhar para uma mulher para desejá- la, já cometeu adultério com ela no seu coração. Se o seu olho direito o fizer pecar, arranque-o e lance-o fora. É melhor perder uma parte do seu corpo do que ser todo ele lançado no inferno”. E, em Mateus 6. 22: “Os olhos são a candeia do corpo. Se os seus olhos forem bons, todo o seu corpo será cheio de luz. Mas se os seus olhos forem maus, todo o seu corpo será cheio de trevas. Portanto, se a luz que está dentro de você são trevas, que tremendas trevas são!”

Jeremias contemporâneo

Considerando o verso inicial do texto e reportando-nos ao presente século onde os olhos de homens e mulheres podem livremente acessar e cobiçar toda especie de "outro" através da rede de computadores; poderemos entender o estado de pecado e corrupção do mundo como decorrência das janelas abertas pelas quais os homens espiam, muitas vezes, achando que ninguém os vê. 

A facilidade para pecar está por toda parte e se não estivermos cheios do Espírito Santo de Deus, o vazio urgirá por ser preenchido com coisas contrárias a natureza Divina. E um desses vazios se chama  pornografia, algo com poder avassalador de destruição. 

Programas de TV, cinema, revistas e a própria internet apresenta essa forma de pecado como normalidade. Uma veste nova e colorida que esconde a nudez, o frio e a solidão da alma que sofre com o distanciamento de Deus. O pior é que quanto mais se procura preencher esse vazio, mas vazio se fica. É impossível encontrar satisfação e paz com o pecado, este só gera morte. Assim sendo, o melhor caminho para a libertação, não comporta paliativos superficiais. É preciso ser radical e intolerante com as ofertas do mal.



Quando alguém for tentado, jamais deverá dizer: Estou sendo tentado por Deus. Pois Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por esta arrastado e seduzido. Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter-se consumado, gera a morte. (Tiago 1:13-15)

Não podemos brincar de olhar pela fechadura, brechas , sob qualquer desculpa. O cristão foi chamado para resistir, levar sua cruz e ela é a chave que abre a porta estreita do céu. Lembremos que nosso corpo é Templo do Espírito de Deus, criado para amar sim, se relacionar sexualmente, mas de forma pura e dentro das leis de santidade. É possível ter prazer e felicidade com o cônjuge, sem recorrer a comportamentos infiéis e mentirosos. O pecado é ilusório, há um provérbio que diz:

As águas roubadas são doces, e o pão tomado às escondidas é agradável. Mas não sabem que ali estão os mortos; os seus convidados estão nas profundezas do inferno. Provérbios 9:17-18 

O gozo e os prazeres ofertados pelo pecado são passageiros e enganosos, artifícios do Pai da mentira. Em um momento se colhe o que se planta aqui na terra e para além dela. São inúmeros os casos de pessoas que se suicidam por acreditarem estar vivendo um grande amor, um conto de fadas em um relacionamento extraconjugal ou ilícito e de repente é rejeitado porque traição e engano são comuns nesse meio escuro e sujo. Casamentos desfeitos, vidas despedaçadas e somente Deus para reconstruir, refazer, ajuntar os cacos e moldá-los novamente em vaso de  honra.



Transcrevo aqui um depoimento de uma esposa traída por um marido viciado em pornografia. Copiei-o daqui

"Tivemos um belo casamento de conto de fadas. Eu tinha casado com o homem dos meus sonhos. Ele foi meu cavaleiro e eu não podia esperar para passar o resto da minha vida com ele. Foi apenas alguns meses depois do nosso "conto de fadas",  as coisas começaram a escurecer. Lembro-me de  perguntar-lhe: por que você ficar acordado até tarde, enquanto vou cama mais cedo?Por que você parece tão distante, às vezes?Houve momentos em que ele era atencioso e conectado e outros momentos em que ele parecia estar a quilômetros de distância, irritado e preocupado . Lembro-me do primeiro "episódio", que foi anexado a uma mentira. Eles sempre parecem andar de mãos dadas. Notei um site que foi muito perturbador para mim em nosso computador. O homem da loja de informática disse que alguém tinha visitado o site para que ele estivesse em nosso computador. 

Eu falei com ele que  negou ter visitado o  site,  ele tornou-se muito defensivo. Deixei ele por algum tempo, mas eu não conseguia me livrar da sensação de mal estar no estômago. Desci as escadas uma noite para encontrá-lo,  rapidamente ele  desligou a TV e, novamente, senti aquela sensação horrível no meu coração e no estômago, me senti  mal. E novamente vieram  as mentiras e ele tentou me convencer de que eu estava ficando louca. E eu cada vez mais solitária, triste e confusa. Eu não tinha provas concretas,  mas meu corpo, coração e mente estavam gritando "algo está realmente errado!" Nós estávamos esperando nosso primeiro filho e eu queria tanto acreditar que talvez estivesse errada e que tudo era um  sonho / pesadelo. Recebi pelos correios a conta de compras de uma loja suspeita,  de um lugar que era tudo menos um estabelecimento que um verdadeiro "gentlemen" iria.  


 Eu sabia que precisava de ajuda. A profunda agonia da traição era quase demais para suportar. As imagens que eu nem sabia que eu tinha em minha mente começaram  a aparecer  e parte de mim estava completamente dormente. Eu não sabia que  era capaz de uma tal variedade de emoções. Fui confrontada com o meu marido, não iria tolerar suas mentiras . Eu disse a ele que ele tinha que procurar ajuda para lidar com este problema. Ele finalmente foi honesto comigo e estranhamente senti uma sensação de alívio. Eu não estava louca. Ele sentiu uma sensação de alívio também. Então começou a nossa jornada pelo  mundo desconhecido do vício, o comportamento compulsivo sexual e co-dependência. Tem sido quase insuportável às vezes, mas também tem sido preenchido com os mais inesperados, dons preciosos e momentos de paz que definitivamente ultrapassam todo o entendimento. O Senhor revelou quebrantamento do meu marido para mim e eu posso dizer que eu realmente amo-o mais do que quando nos casamos.

Deus  tem me mostrado o meu quebrantamento e como ele me ama tanto, apesar das minhas próprias falhas e fracassos. É um caminho difícil para nós dois, mas eu aprendi e continuo a aprender que o amor de Deus nos dá forças. A ilusão do meu conto de fadas foi abalada, mas o nosso Senhor Jesus está pegando as peças e colocá-los juntos novamente, uma por uma!"

Cura

O vício em pornografia e o comportamento sexual pecaminoso são decorrência da infidelidade a Deus. Porém, há retorno quando há arrependimento. Não tenha medo de perder aquilo que te causa infelicidade. Deus é longânimo em perdoar e se alegra em salvar, e a alegria do Senhor é a força dos fracos. Pense que o pecado veio para matar, roubar e destruir e tudo isso está presente na vida dos que estão ausentes da comunhão com o Senhor. Há um novo e melhor caminho a seguir, de cabeça erguida e o primeiro passo depende de você, é possível sair dessa. 

Nesse estudo (Aqui) , há dicas importantes sobre iniciativas a serem tomadas para combater o pecado da pornografia. Contudo, é mister que entre as medidas seja priorizado o lado espiritual, uma busca sincera por relacionar-se com Jesus, recebendo-O em seu coração. E você diz: "Mas eu sou um cristão, nascido de novo, tenho um ministério!". Nesse caso, amado irmão a providência é a reconciliação. Em algum momento da caminhada, você pegou um atalho que o conduziu ao engano. Só mesmo retornando ao começo, ao Primeiro Amor. Conversar com a família, pedir perdão, e fazer como Jó:"Fiz aliança com os meus olhos" Jó 31:1. Este homem sabia quantas emoções poderiam ser despertadas através do olhar e escolhe fechar as janelas da alma para não cobiçar o que desagrada a Deus.

Deus nos abençoe.
 

3 comentários:

Vanderleia disse...

Amei o site, ja estou seguindo.
Parabéns!

Eliseu Antonio Gomes disse...

Wilma.

Este alerta é muito importante, tanto para homens quanto para mulheres.

Lamentavelmente, tenho visto alguns casamentos acabarem. Sinto tristeza em ver pessoas fracassarem no casamento. Entre os fracassos, compartilho aqui o de uma jovem senhora em que seu marido não suportou o tempo em que ela gastava conversando em chat com pessoas que ele desconhecia.

E.A.G.



Wilma Rejane disse...



Oi Eliseu,

Também conheço um casal que chegou as vias do divórcio por causa das horas que a esposa passava no Facebook. Claro, que a priori, o pecado no coração é que provoca esses excessos, mas a internet veio facilitar a traição (infelizmente).

Obrigada,

Deus o abençoe.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...