O engano da infidelidade conjugal





Wilma Rejane


Tenho sido incomodada por este tema. Minha inquietação, talvez venha do fato de conhecer muitos casais que separaram. Vi meu antigo pastor fazer declarações de amor para sua esposa, em pleno púlpito, aos olhos de toda a igreja, descrever sua amada como a mulher mais bela entre todas e... Do alto dos cinco anos de casamento: divórcio. Sem retorno. Os dois até passaram a morar em cidades diferentes para nem ter possibilidades de reencontros. Este não é um caso isolado, e para quem pensa que é comum apenas entre os não cristãos, relembre o caso verídico que ilustra este parágrafo: Um casal de crentes, em pleno serviço na Igreja, vitimados pelo fracasso na união a dois.


Esta notícia é referente à última pesquisa do IBGE sobre o assunto.

“A taxa de divórcio em 2011, quando se completou 34  anos da instituição do divórcio no Brasil, atingiu o pico da série iniciada pelo IBGE em 1984 e chegou a 351.153 por mil , crescimento de 40% em relação a 2010. Taxa record! Uma faixa de 2,6% para cada mil habitante acima dos 15 anos.

Segundo os técnicos do IBGE, a elevação das taxas de divórcio revela uma gradual mudança de comportamento da sociedade brasileira, que passou a aceitar o divórcio com maior naturalidade e a acessar os serviços de Justiça de modo a formalizar as dissoluções.”

Atualizando os dados para  nossos dias, creio que os índices serão bem maiores. Figurando como uma das principais causas da elevação dos índices de divorcio, está a infidelidade conjugal. Pesquisas apontam que essa problemática já não está associada apenas a imagem masculina. Dos consultórios médicos e de terapeutas vêm às notícias de que os homens estão traindo com culpa, e as mulheres, como nunca. O fenômeno já está sendo chamado de “a vingança da Amélia”, em referência ao estereótipo da mulher submissa. A independência feminina promoveu mudanças em diversos aspectos da sociedade-sobretudo no que diz respeito ao mercado de trabalho e a estrutura familiar.

Traição é sempre traumático, mas quando se trata de casal com filhos, a “ferida” parece sangrar por mais tempo. É comum relatos de filhos que perderam a referência de lar, segurança, apoio emocional e psicológico após sofrerem desestrutura familiar.

Will Smith e o filho Jaden


Sei que somos tentados, de todas as formas, a fim de fracassarmos no matrimônio, que apesar dos pesares, continuará sendo uma instituição Divina, na qual Deus habita e anseia por restauração contínua, permanente.  O sexo, não foi criado para ser objeto de maldição, mas de benção. Satanás, contudo, tem desvirtuado os propósitos presentes nessa força inerente ao homem. Fugir dos apelos da sensualidade é um desafio quase que constante, que exige um revestimento espiritual diário.

Jesus disse em Mateus 6: 22-23 "O olho é a lâmpada do corpo. Se seus olhos forem bons, todo o teu corpo será cheio de luz. Mas se teus olhos forem maus, todo o teu corpo será tenebroso. E ainda:“Não cometerás adultério. Mas eu vos digo que todo aquele que olhar para uma mulher com intenção impura, já adulterou com ela em seu coração. " Mateus 5:27-28.



E tudo começa com o olhar, com o ouvir, com o cobiçar. Através desses ensinamentos, não é difícil presumir que uma multidão de pessoas está em adultério por não controlar seus instintos. Quero através desse artigo, chamar sua atenção: Não deixe que o mal inunde seu coração. Clame por Jesus. Peça para que as obras das trevas não prevaleçam sobre sua vida. Procure se firmar, com todas as forças na Palavra. Porque o inimigo de nossas almas é astuto, e trabalha com intensidade a fim de enganar os homens. Ele faz com que tudo pareça encantador, bom, gostoso, mas no fim, quando seus olhos forem abertos, aparecerá um abismo. Ao olhar para trás, verás destruição. Para frente, engano, engano e engano.

PV 5.3,4: “Porque os lábios da mulher estranha destilam favos de mel, e o seu paladar é mais macio do que o azeite; mas o seu fim é amargoso como o absinto, agudo como a espada de dois fios. Os seus pés descem a morte; os seus passos firmam-se no inferno''.

A repreensão também é válida para as mulheres casadas que estão a ponto de praticarem bobagens por causa de uma paixão fora do casamento. Não faça isso. As paixões podem parecer envolventes e incontroláveis, mas são tão velozes para destruir quanto para se esvair. O amor, este sim, merece sacrifícios, votos e renúncias. Veja Sansão, homem de Deus, Nazireu desde o ventre, uma força sobrenatural capaz de erguer toneladas, mas a fraqueza do seu coração o destruiu. Dalila foi apenas uma entre tantas paixões que  despertou os desejos mais carnais do jovem.Um romance fora do propósito divino e  ele foi achado sem forças, como objeto de escárnio, riso: Um grande abismo a sua frente devorando seu futuro promissor.

Conheço pessoas que ficaram totalmente deslumbradas com a possibilidade de novos romances fora do casamento. Eram amigas, que trabalhavam comigo e estavam insatisfeitas com o casamento. Hoje, olho para elas e vejo o quanto perderam: Os filhos, o marido, a vida, tudo poderia ter sido muito diferente.

O divã nosso de cada dia...


Era a primeira vez que eu estava naquela loja. Após pesquisar preços, vi que ali era a melhor opção para comprar meus óculos de grau. Em poucos minutos de conversa, enquanto tirava as medidas do meu rosto, a proprietária do lugar já estava a me fazer confissões nada discretas. Só mesmo alguém muito desesperada para se abrir com quem acabara de conhecer: “A senhora pode me dar um conselho? Perguntou ela: Uma amiga minha está vivendo um caso extraconjugal. Ela ama o marido, mas já não sente prazer com ele. Conheceu um jovem que a realiza totalmente na cama, porém é um cafajeste, por quem está totalmente apaixonada. O que a senhora faria nesse caso?”.

Vocês já viveram algo parecido? Eu disse para ela: Olha, esta sua amiga está em uma enrascada. Diga para ela, acabar o caso com esse cafajeste o mais rápido possível e se ajustar com o marido. Sem amor a paixão acaba e a atração sexual também. O único sentimento capaz de superar todas as mazelas e fazer alguém feliz de verdade é o amor. Sou Cristã, e acredito na Palavra de Deus, Jesus veio para salvar e pode transformar a vida dessa sua amiga que está em pecado. Contei o ocorrido para meu esposo, que desconfiado disse: Sabe Wilma, acho que a consulta era para ela, não para a amiga.

Este mês voltei à loja, para encomendar novos óculos. Um ano e 10 meses depois. A mesma senhora, proprietária, me recebeu com um largo sorriso: “Sra Wilma, a quanto tempo! Ela não havia esquecido meu nome (e creio nem o meu conselho). Casos como o da dona da ótica são comuns, e podem pegar até mesmo os cristãos mais fervorosos. Por isso, é preciso vigiar e orar. O apóstolo Paulo, em carta a Timóteo disse:” Foge das paixões da mocidade; e segue a justiça, a fé, o amor, e a paz com os que com um coração puro, invocam ao Senhor” II Tm 2:22

Se você está passando por tentações nessa área, implore a Deus: “Senhor, não me deixe cair, me mantêm em teus caminhos, livra-me do engano”. E você verá que Deus será o seu alto Refúgio. Não dê lugar a pensamentos que te conduzam a infidelidade. Se alimentares esse desejo em seu coração, ele crescerá de tal forma que gerará obras destruidoras.

Que Emanuel, Deus conosco, nos fortaleça no propósito de sermos fiéis em nosso relacionamento conjugal. Amém.

Fontes: Como links no artigo e ainda:

6 comentários:

Wallace Sousa disse...

parabéns, Wilma, ótimo post!

;o)

Wilma Rejane disse...


Oi Wally,

Obrigada, mano! Só acho que a estatística do IBGE estava desatualizada, mas já arrumei. Encontrei uma mais atual.

Deus o abençoe.

Anderson Carvalho disse...

Shalom Wilma....

Vinícius de Moraes escreveu a frase ..mas que seja infinito enquanto dure... que acredito que originou uma outra que fala que seja eterno enquanto dure o amor... o mesmo Vinícius, se não me engano, casou-se por nove vezes !!!

O quero dizer com isso é que o mundo esta assim.. o amor vai até aonde dura o desejo... acabou o desejo, acaba-se o amor. Se casa com a mulher ou homem que se ama, quando deveriam amar a mulher ou homem que se casa.

Parabéns pela mensagem e que Deus Abençoe muitos lares através dela.

Wilma Rejane disse...



Amém Anderson e obrigada pelas informações que vieram complementar o artigo.

Deus o abençoe.

Priscila Grah disse...

Postagem muito edificante! Concordo plenamente! Nenhum relacionamento sobrevive só de paixão. O amor é o alicerce do casamento e é obra Divina! Não pode continuar sendo deturpado como vemos por aí... Que a Luz da Palavra venha abrir os olhos daqueles que cogitam a infidelidade e o divórcio fácil!

Fique na Paz!

Anônimo disse...

Irmã Wilma, meus parabéns por Deus ter lhe usado bastante para falar aos nossos corações. Esse assunto é muito importante e muitos não dão valor ao casamento, por isso caem em cilada.
Que Deus continue a lhe usar!

De sua irmã que lhe admira, Bia!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...