A Dieta de João Batista

 O Evangelho de Mateus (3.1-4) fala um pouco sobre João Batista, que recebeu de Deus a nobre incumbência de batizar homens e mulheres nas águas do rio Jordão para purificação dos pecados. A história desse último profeta do Antigo Testamento e primeiro apóstolo do Novo Testamento é, para mim, uma das mais singelas, especiais e interessantes da Bíblia. Explico por quê.

A história de João Batista não tem o mesmo peso biográfico ou volume de informações que a dos outros personagens bíblicos. No entanto, percebemos que os relatos sobre esse arauto de Deus na terra são altamente impactantes. Apresento algumas razões para afirmar isso:


  •     João era uma voz no deserto que clamava ao povo, para que este se arrependesse dos seus pecados e fosse batizado.
  •     Havia sobre ele uma unção específica de confronto. João parecia um trator que endireitava as veredas tortas e preparava o caminho para Jesus cumprir Sua obra de salvação.
  •     Seu ministério impactava tantas pessoas que muitos saíam de cidades vizinhas e dirigiam-se ao local onde ele estava para ouvir suas palavras cheias de autoridade espiritual.
  •     Cada palavra que saía da sua boca era capaz de quebrantar os corações endurecidos de Israel.
  •     Por repreender publicamente o pecado de adultério do rei Herodes, João foi preso e decapitado.
  •     Jesus disse aos Seus discípulos: entre os nascidos de mulheres, não há maior profeta do que João Batista (Lc 7.28).



Após enumerar alguns pontos sobre João batista que chamam à atenção, destaco um em especial: a sua dieta. A Bíblia claramente nos revela que ele comia gafanhotos e mel silvestre. E aqui está uma linda revelação de Deus para nós: a vida é cheia de contradições. Gafanhotos remetem a coisas ruins, tristes e amargas, enquanto o mel, a coisas doces, alegres, felizes e boas.
Quando vemos nas Escrituras que João comia gafanhotos e mel, podemos extrair das entrelinhas que nossa existência será de altos e baixos, alegrias e tristezas, fé e dúvidas, conquistas e derrotas, acertos e erros, amor e ódio, paz e guerra, vida e morte.

Enquanto vivermos neste mundo, nossa vida será uma absorção, uma ingestão diária de coisas boas e ruins. Todos os servos de Deus experimentaram essas contradições, e nem o próprio Cristo ficou isento dessa realidade. Em um momento, Jesus estava nas águas do Jordão; em outro, no deserto. Uma hora, Ele ouvia a voz do Pai; outra, era confrontado pelo diabo. Em certas ocasiões, o Mestre era elogiado; em outras, era tentado.
      
Diante disso, quero refletir com você sobre duas verdades. Primeiro, quando alguém lhe oferecer “pratos de gafanhotos”, aprenda a retribuir com “pratos de mel”, ou seja, pague o mal com o bem. Tenha certeza de que surgirão pessoas para servir inveja, ódio, calúnia, difamação, perseguição, fofoca. Porém, se queremos ser parecidos com Cristo na terra e chegar ao céu, devemos oferecer “pratos de mel”, responder com o amor de Jesus.
      
Já a segunda verdade tem a ver com o fato de João começar comendo gafanhotos e terminar saboreando o mel. Será exatamente assim em nossa vida. Se temos Jesus como nosso Senhor e Salvador, assim como João o teve, podemos experimentar muitas coisas amargas neste mundo, porém, no final, seremos alcançados pela doçura da graça divina.

Autor: Jean Porto

12 comentários:

Oração e Intercessão disse...

ESTAREMOS REALIZANDO MAIS UM TRABALHO DE ORAÇÃO E INTERCESSÃO, DESSA VEZ NO CONGRESSO DE VARÕES DO GRUPO "CEFEIROS DA ÚLTIMA HORA".
QUE SE REALIZARÁ NO DIA 29, 30 /07/2011 ÀS 19:00hs.
CONTAMOS COM A PRESENÇA DE TODOS...


TEMA: "CERTAMENTE O SENHOR JEOVÁ NÃO FARÁ COISA ALGUMA, SEM TER REVELADO O SEU SEGREDO AOS SEUS SERVOS, OS PROFETAS." (Am 3.7)


MINISTRAÇÃO COM O PR.VANINHO DIA 29/07
MINISTRAÇÃO COM O PB. WALSKY 30/07


SUA PRESENÇA É MUITO IMPORTANTE, ESTAREMOS INTERCEDENDO PELO BATISMO COM O ESPÍRITO SANTO.


RUA: DEPUTADO CUNHA BUENO, 32- JARDIM DAYSE (FERRAZ DE VASCONCELO)


A TODOS QUE MORAM NA REGIÃO, E A TODOS OS BLOGUEIROS O NOSSO CONVITE PARA ESTAREM CONOSCO NESTA GRANDE FESTIVIDADE.


PEDIMOS QUE ESTEJAM ORANDO JUNTAMENTE CONOSCO POR SALVAÇÃO DE ALMAS E PELO BATISMO COM O ESPÍRITO SANTO.


QUE DEUS ABENÇÕE!!!! (PB.WALSKY E ADRIANA)

Pra.Thaís Itaborahy disse...

Oi Vilma, vim deixar um oie para vc e saber como estão as coisas contigo!

Deus te abençoe muito e te proteja em tudo.

Abraço grande,

Tem postagem fresquinha no blog.

Pra Thaís Itaborahy

http://palavradevidaaocoracao.blogspot.com

Evilgamerfan disse...

"Estou participando da Campanha Siga e Seja Seguido da UBE blogs! Estou seguindo seu blog, siga o meu: #followback"

Wilma Rejane disse...

Olá irmãos do Oração e Intercessão!


Minha oração a Deus é para que tudo vá bem no evento programado por vocês. Que vidas sejam transformadas, para glória de nosso Senhor Jesus.

Saudações fraternas.

Wilma Rejane disse...

Oi Pra. Thaís!

Vai tudo muito bem minha irmã! Só estou numa correria daquelas na Universidade, mas é bom ter saúde pra correr, né?

Vou lá no seu abençoado blog.

Deus a abençoe.

Wilma Rejane disse...

Olá evilgamerfan !

Ufa! Quanto blogs Heim? Estou seguindo todos eles, tá?

Obrigada e volte sempre!

Deus o abençoe.

A cada dia aprendo que nada sei disse...

“Estou participando da Campanha Siga e Seja Seguido da UBE blogs! Eshttp://dannycastro.blogspot.com/

Wilma Rejane disse...

Oi Danny!

O nome de seu blog é filósofico, remonta a Socrátes: "Só sei que nada sei".

Vou lá, viu?

Deus a abençoe.

R&D Fazendo Art's disse...

[b][i]A Paz do Senhor,tenho acompanhado seu blog e eles são uma benção para minha vida,suas palavras são muito edificantes.Deus continue te abençoando.Pastora Rita

ETERNIDADE disse...

Era necessario este tipo de alimento: gafanhotos e mel pois ele não poderia estar contaminado com os alimentos deste mundo>.A final de contas para batizar nosso salvador ele deveria estar desprovido de toda a imundicia deste mundo>. Gafanhotos vem do alto para destruir>> destruir o pecado e mel fala da Palavra.

O.S. disse...

Amigo, achei muito interessante o seu artigo, ómente creio que você não levou em consideração todas as possibilidades!
Por que João comia gafanhotos? Em primeiro lugar, é importante saber que “gafanhotos” aqui pode não ser o animal que leva esse nome, mas o fruto de uma planta chamada alfarrobeira. Ela produz vagens parecidas com o inseto, as quais são muito nutritivas. Isso está de acordo com a afirmação de uma autora chamada Ellen G. White de que João Batista era vegetariano. UM COMENTÁRIO JUDAICO diz que alfarroba era o alimento que se comia para simbolizar o arrependimento.E quanto ao mel? UMA COLEÇÃO DAS LEI JUDAICAS produzida há quase dois mil anos diz que era um símbolo do maná que Deus mandou no deserto para alimentar o povo de Israel. Ele simbolizava o cuidado de Deus em alimentar e proteger seus filhos no deserto da tentação.
Abraços e fique na Paz!

Barb e Jorge disse...

Deus abençoe recebemos muito através da revelaçao dessa palavra.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...