sábado, 25 de junho de 2011

O Homem Nu Do Evangelho de Marcos



Wilma Rejane


O Evangelho de Marcos relata com exclusividade um fato curioso ocorrido na prisão de Jesus, quando Satanás enfurecido possui Judas: “Entrou, porém, Satanás em Judas, que tinha por nome Iscariotes, o qual era do número dos doze". Lc 22:3. Judas então reúne para si  grande número de pessoas armadas e se dirige para o Getsêmani. Entre os que estão sendo conduzidos por Satanás: “os principais dos sacerdotes, escribas e anciãos” Mc 14: 43. A composição dessa turba é assustadora! Trazendo esse episódio para os dias atuais, seria como se os mais nobres representantes da igreja estivessem entre os que perseguiram e traíram Jesus. Creio, porém que existe hoje um remanescente de ministros sinceros, que amam verdadeiramente a Jesus e se negariam a fazer parte do exército endiabrado.

Voltando ao fato curioso, e que sempre me chamou muito atenção é o de que naquele dia obscuro da prisão de Jesus, onde os maus zombaram dos bons, havia entre os discípulos um jovem envolto a um lençol. Diz a Palavra: “E certo jovem o seguia, envolto em um lençol sobre o corpo nu. E lançaram-lhe a mão. Mas ele, largando o lençol fugiu nu” Mc 14:51, 52. A primeira pergunta que me vem à mente é: Quem era esse jovem? A tradição o identifica como o próprio Marcos, discípulo e escritor do Evangelho de mesmo nome. Tudo porque  acreditam que a última ceia ocorreu na casa dele no que discordo total e absolutamente.

É só fazer uma leitura cuidadosa sobre o episódio da santa ceia para descobrir que a casa onde os doze se reuniram com Jesus, não era a de Marcos. Estou desmentindo uma tradição secular, não sei, porém, como ela se firmou. Vejamos:


E, no primeiro dia dos pães ázimos, quando sacrificavam a páscoa, disseram-lhe os discípulos: Aonde queres que vamos para os preparativos da páscoa? E enviou dois dos seus discípulos, e disse-lhes: Ide à cidade, e um homem que leva um cântaro de água, vos encontrará: segui-o. E onde quer que entrar, dizei ao senhor da casa: O Mestre diz: onde está o aposento em que hei de comer a páscoa com os meus discípulos? E ele vos mostrará um grande cenáculo e preparado, prepara-a ali. Mc 14: 12,15.

Se a ceia ocorreu na casa de Marcos, Jesus e os discípulos não saberiam onde ficava? Por que pedir direção ao homem com o cântaro? Sendo o local da ceia já preparado com antecedência por Jesus, como Marcos não o saberia? Ele não veria Jesus a entrar e sair do aposento?  Para mim está claro que a ceia não foi na casa de Marcos e que o atual local em Jerusalém, chamado de Igreja de São Marcos Síria Ortodoxa, erra ao apontar o lugar- centro de peregrinação- como sendo o da realização da última ceia. Lá existe até uma inscrição em pedra afirmado ter sido ali o último local onde Jesus se reuniu com os discípulos. É engano. 


O Homem Nu

Não poderia ser Marcos. Por que, estando em sua casa, ceiando com Jesus, vestiria um lençol? Se a ceia realmente tivesse sido na casa dele, este seria mais um forte motivo para que o homem nu não fosse identificado como Marcos. Ele teria condição suficiente para escolher uma roupa adequada para a ceia, até mais que os outros discípulos.

Um Lençol...

O que me intrigou nessa passagem, além da identidade do homem nu, foi o porquê de suas vestes. Seria alguém sem posses? Tão pobre a ponto de cobrir-se de forma imprópria? O lençol teria sido doado? Seria ele um mendigo? Esse fato trouxe-me muitas interrogações e também muitas respostas.

A fuga dos Discípulos

“Então deixando-os todos fugiram” Mc 14:50. No momento da prisão de Jesus, a multidão ataca seus discípulos, com espadas, paus e palavras de ordem. Eles fogem, em demonstração de covardia. Não foram capazes de suportar o jugo e permanecerem ao lado do mestre até a crucificação. Costumamos criticar os fujões, mas será que agiríamos diferente?! Naquele instante o ato não foi louvável, porém a sobrevivência deles garantiu posteriormente a propagação do Evangelho e da Igreja.

Quem era o homem?

A Escritura dá a entender que ele resistiu às agressões, mas fugiu em seguida:“E certo jovem o seguia, envolto a um lençol, sobre o corpo nu. E lançaram-lhe a mão, mas ele, largando o lençol fugiu nu” Mc 14:51, 52

Este homem tinha a Jesus como o bem mais precioso, para ele, não importava se iriam zombar ou achá-lo ridículo, o mais importante era seguir o Mestre. Imagino que o agarravam pelo lençol e ele se esquivava até enfim abandonar a veste em semelhança a ação de José do Egito fugindo da esposa de Potifar. E pensar que sua veste era de valor tão insignificante para a multidão, mas tão valiosa para ele. Quem sabe, o único bem.

O homem nu do Evangelho de Marcos me deixa a lição de que ao olhar para Jesus e segui-Lo estou livre da vergonha. Já não é de veste humana que se faz o meu ser, mas da espiritual, dessa aprouve a Deus nos cobrir. No livro de Josué lê-se: “Hoje revolvi de sobre vós o opróbrio do Egito” Js 5:9, ou seja: revolvi a escravidão, a vergonha. O homem nu, não se sentiu constrangido a seguir Jesus envolto a um lençol, porque seu espírito estava coberto de uma veste excelente, sua vergonha não era a de ser pobre e solitário, mas consistia em ter sido miserávelmente pecador. Antes nu, agora vestido, mesmo nu.

“Eis que venho como ladrão. Bem aventurado aquele que vigia e guarda suas vestes, para que não ande nu, e não se vejam suas vergonhas” AP 16: 15.

Imagino os sacerdotes, vestidos de linho, adornados com ouro, cercando o homem vestido com um lençol. Aqueles pobres, cegos e nus, enquanto este, vestido esplendorosamente. O homem nu representa  também  os santos que perseguidos por aflições tantas, por armadilhas do mal, se vêem tentados a largarem as vestes espirituais,  abandonarem Jesus Cristo e prosseguirem nus no mundo, aprisionados pela turba.

O homem nu, do Evangelho de Marcos me reporta aos perseverantes, aqueles que estão na contra mão da multidão: Pensam e agem diferente, porque servem a um Deus excelente. Que esse homem, sem nome nos ensine a persistir em  seguir Jesus com simplicidade e amor, com afeto pelo Reino e desprezo pelo pecado.

Fiz um segundo artigo sobre o tema, desvendando quem é o homem nu, você pode ler acessando:


Em Cristo.

Biblia de Estudo Plenitude

9 comentários:

Fratermaurício disse...

Caríssima irmã Wilma, saudações fraternas em Cristo!
Uma postagem muito rica. parabéns.
Quero trazer-lhe a memória, Amós 2,15-16.
Paz do senhor!

Wilma Rejane disse...

Saudações Fratermaurício!

Permite-me transcrever os versiculos de Amós que citaste? Assim sacia a curiosidade dos leitores, tudo bem?

"E não ficará de pé o que maneja o arco, nem o ligeiro de pés se livrará, nem tão pouco se livrará o que vai montado a cavalo. E o mais corajoso entre os nobres fugirá nu naquele dia, diz o Senhor" Am 2: 15,16.

Ou seja, a aparição do Senhor Jesus tornará os homens indefesos, a hora de armar-se e vestir-se é hoje mesmo.

Obrigada irmão, Deus o abençoe.

Camila Guedes disse...

É um bom ponto de vista!
FIQUE COM DEUS

Anônimo disse...

Fantástica sua linha de raciocínio. Também achei que não poderia ser Marcos, não tem cabimento textual. Acredito que sua interpretação foi precisa e muito coerente. O homem que ficou durante a perseguição já havia sido liberto da vergonha, e a única coisa valiosa para ele era o Cristo. Talvez tenha sido ele o verdadeiro Discípulo Amado.
Que a paz do Senhor esteja com você. Que o a luz do Pai Celestial por meio do seu Filho Santo ilumine o mundo. Fique com Deus.

Anônimo disse...

Olá Wilma, eu estava lendo oque voce escreveu, e realmente faz sentido oque voce pensa. Mas isso não exclui as possibilidades da casa ser de Marcos. Marcos escreveu o evangelho muito depois da morte de Jesus, entao, podemo concluir, que quando foi celebrado a ultima ceia, Marcos era apenas uma criança.
Provavelmente apenas Jesus sabia do lugar que ele ia ceiar aquela noite, e por isso mandou os discípulos primeiro para preparar a ceia. Como os discipulos não comheciam o local, eles tiveram que seguir o tal homem com o jarro.
Lemos também , no Ato dos Apostolos, que Padro fugiu da prisão, e foi se esconder na casa de Maria, mãe de João Marcos, onde foi feita a Ultima Ceia.
Sabendo tudo isso podemos concluir que a casa era de uma mulher, que provavelmente seguia Jesus, e essa mulher era mãe de Marcos. Portanto Marcos deveria ser uma criança na epoca.
A ceia com os apóstolos acabava de madrugada, e essa hora, a mãe de Marcos ja deveria ter colocado ele para dormir apenas com um lençol. Ouvindo a conversa de Jesus e vendo que ele saia do aposento com destino ao Getsemani, O garoto, curioso, saiu de casa apenas com o lençol que usaria para dormir, e ai ficou até que Judas e os Sacerdotes chegassem para prender Jesus.
Marcos é o unico que conta esse mero detalhe, por que provavelmente era ele mesmo o jovem que fugiu nu.
Não afirmo isso com certeza. É apenas um possibilidade entre varias. Um abraço a todos!

Unknown disse...

Ótimo texto fiquei muito satisfeito com a explicação.
Quanto ser casa de Marcos, não é questão minha ainda. Agora um detalhe que chama atenção e vai contra a explicação do nosso amigo anonimo em que fala sobre a mãe cobrir uma criança com um lençol para dormir. É que no vers. 54 Pedro se esquentava junto ao fogo, logo devia ser uma noite fria e que mãe cobriria um filho só com um lençol e ainda de linho que nada esquenta?
um abraço a todos.

Ize Barbosa disse...

Boom diia, ótima postagem, de grande reflexão !

Li também a postagem de Amós que o caro irmão comentou e pensei, ser aquela postagem referente a volta de Cristo, porem, não podia ser aquele Jovem o cumprimento da ultima parte : ''E o mais corajoso entre os nobres fugirá nu naquele dia, diz o Senhor" Am 2: 16''
Podendos ser aquele o Mancebo rico, após arrependimento ter vendido tudo!

Em outro pensamento, acho que o Jovem seria João Marcos um jovem que aparece em At 12.12, At 12.25 e 15.37 e em 2 Tm 4.11 !
Admiro muito a história de João Marcos, não é tão conhecida porem muito inspiradora para nós jovens!
Poderia ser aquela a casa de sua mãe, a qual os discípulos não conheceriam e combinaria com tudo!

Além de que o Evangélio foi escrito por Jõao Marcos (o primeiro a ser escrito) e Não pelo Discípulo Marcos!


Visite meu blog também -> palavrasquetrazemvida-fe-e-ousadia.blogspot.com

Alfredo Júnior disse...

Acredito sim que este jovem nu era Marcos por ser ele o mais moço do grupo,mas este nu não significa despido totalmente pois para os judeus uma das maiores vergonhas era estar nu,ou seja, bastava estar com apenas uma peça de roupa intima pra se dizer que estava nu.Com isso deixo minha pequena dúvida de que Jesus esteva nu,ou não na cruz?

Daiana Tavares disse...

Nossa.. estava procurando por essa passagem, e isso testificou no meu coração. É um mistério de Deus que pra poucos são revelados! Deus a abençoe Graça e Paz.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...