No começo era o fim

"Não temas,tu verme de Jacó, povozinho de Israel; eu te ajudo, diz o Senhor, e o teu Redentor é o Santo de Israel".(Isaías 41:14)

Quanta dificuldade tive para aceitar e compreender esse versículo! Por que Deus chamaria o seu povo de povozinho? Pensei: Só pode ser tradução errada. - a tradução sempre é uma boa desculpa para o que não se entende- a tradução está perfeita é povozinho mesmo.

Se povozinho já era ruim imaginem "verme". Os vermes não têm articulação, a consistência é fraca, proliferam facilmente e podem ser repugnantes. Olhar para esse versículo e considerar Israel assim era incompreensivel. Porém, ao continuarmos a leitura do capítulo veremos que para um versículo que despreza, Deus suscita seis com grandes promessas para o "povozinho": "Farei de ti um trilho novo, que tem dentes agudos; os montes trilharás e moerás..."(v.15). Um verme não teria tal poder. " tu te alegrarás no Senhor e te gloriarás no Santo de Israel", que povozinho mais feliz! O fim da história converte qualquer mau começo.

Nem todos os começos são formidáveis, podem até serem despreziveis, o que não quer dizer que esteja tudo perdido. Deus é especialista em transformar maus começos em grandes vitórias, vejamos:

José-
vendido como escravo, acusado injustamente e preso, no final: governou o Egito, foi próspero em todos os sentidos. Quem diria!

Moisés- Começou mal seu ministério, matou um egípcio e viveu escondido por muito tempo.No final: Se tornou um grande líder, profeta e amigo de Deus. Quem diria!

Pedro- Quantos desastres cometeu Pedro, negou Jesus por três vezes, cortou a orelha de Malco, às vezes fazia confusão sobre os planos divinos, no final: Foi um grande evangelista, cheio do Espirito Santo, um apóstolo inspirador. Quem diria!

Jacó- Quanta mentira para receber a bençao da primogenitura. Ele pagou por cada uma delas; foi enganado pelo sogro, humilhado sofreu um bocado, mas no final: Se tornou o pai das doze tribos , do grande José e dá o nome a nação escolhida: Israel. Quem diria!

Poderia citar muitos outros exemplos, mas fico por aqui na certeza de que Deus é perfeito em todo o seu agir e para cada ser humano falho, verme, desprezível, Ele tem suscitado promessas que podem converter toda uma história.

Citações:Bíblia Sagrada,Tradução:Almeida J.F, SBTB.

4 comentários:

Iranildo Eloi disse...

Olá Wilma! Grato pelo comentário em meu blog. A recípocra é verdadeira.Apreciei sua reflexão sobre o texto supra que foi, no minímo, inteligente e pespicaz. Se vc me permite: a linguagem hermeneutica a que o texto se submete circula entre dois universos: a linguagem comum, corrente e diária, aquela que temos acesso no excercício da prédica dominical, e a liguagem científica, pautada por regras decididas pela comunidade acadêmica. Sem se prender a nenhuma das duas, vc conseguiu ultrapassar a linguagem comum sem ser simplista, superficial e neutra. Profunda sem ser confusa.Parabéns! Gostei da sua preferncia pela linguagem^simbólica, parece-me (espero que não esteje errado), vc sente-se bem no universo poético e liturgico. Falando à inteligência, busca o coração, procurando levar seus leitores ao "mistério tremendum". Gostei muito. Um forte abraço.

cursos de teologia disse...

Belíssimo e abençoado texto!!!

Continue na abundante Graça!

Faculdade de Teologia disse...

Muito interesante seu post!! q Deus abençõe sua vida!!!!!!!
Abs!
Faculdade Teológica

Anônimo disse...

ANGOLANO MOUZINHO
WILMA VC É UMA BENÇÃO... ESSE E OUTROS ESTUDOS VÃO REVOLOCIONAR A MINHA VIDA COMO PREGADOR, E MAIS IRMÃO CA EM ANGOLA DEUS ABENÇOE.
pmouzinho7@gmai.com

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...