sábado, 21 de agosto de 2010

Mandrágoras?



Citada na Bíblia, nos livros de Gênesis e Cantares, as mandrágoras se tornaram para mim, e creio que para muitos, objeto de curiosidade.Que tipo de planta despertaria à atenção de Léia e Raquel à ponto de trocarem mandrágoras por uma noite com Jacó? Ela realmente possui efeitos afrodisíacos?

Fiquei surpresa ao constatar que grande parte das informações sobre a planta disponível na Internet têm origem em sites e blogs de ocultismo, mais precisamente de bruxaria.Para cada 15 desses sites, existem2 cristãos trazendo informações sobre a planta. Seremos portanto, mais uma fonte de pesquisa cristã entre tantas ocultistas. Não desprezarei contudo os fatos místicos que envolvem a planta e seu uso.

"As mandrágoras dão cheiro, e às nossas portas há toda sorte de excelentes frutos, novos e velhos; ò amado meu eu os guardarei para ti". (Cantares 7:13)


Nos textos bíblicos elas estão sempre relacionadas a romance. O nome hebraico para mandrágoras é : "dudhaim", formado pela mesma raiz de "amor" o que contribui para que a planta seja considerada afrodisíaca e de aumento da fertilidade humana, principalmente no oriente médio. Esse pensamento, no entanto, também pertence aos europeus.


As mandrágoras são plantas muito perfumadas, originárias da região do mediterrâneo,têm caule curto e emitem uma roseta de folhas de cujo centro possuem hastes de flores nas cores violeta e azul. São da família Solanaceae.Existem dois tipos de mandrágoras: oficinal, ou seja, de uso médico (mandrágora officinales) e mandrágora fêmea(nome popular), já que ambos os tipos são hermafroditas; possuem os dois sexos.


MANDRÁGORAS, INQUISIÇÃO E SUPERSTIÇÃO
Por sua raiz antropomorfica (forma humana), a planta contribui para seu renome como planta mágica. As ditas bruxas e feiticeiras "esculpem" a raiz e lhes acrescenta detalhes para usarem como "fórmula do amor".

No século XVI, queimavam mandrágoras e guardavam as cinzas com todo o cuidado, envolvendo-as em lenços de sêda ou linho, na crença de que isso traria felicidade.

Durante a inquisição a mandrágora era tida como planta maldita, por ser atribuída a ela poderes místicos. As penas imputadas à quem era encontrado com mandrágoras eram severas.


EFEITO MANDRÁGORA OU MANDRAK (mandrágora em inglês)

Por ser considerada tóxica, ela é um anestésico tão potente que quem o experimenta aparenta estar morto. Produz visões, alucinações e delírios que podem levar a demência. São-lhe atribuídas propriedades: Afrodisíaca, alucinógena, analgésico e narcótica. Já foi muito usada como anestésico em operações, principalmente pelos romanos. É uma planta rara e seu valor comercial é caríssimo.

LÉIA, RAQUEL, AS MANRÁGORAS E JACÓ
No texto bíblico de Gênesis 30:14, o filho de Léia, chamado Rúben, acha mandrágoras no campo e as dá a sua mãe. Raquel desejosa das mandrágoras propõe um trato: Alugar seu marido em troca da planta. Não sei de que serviriam as mandrágoras a Raquel sem o seu marido por perto. Raquel guardou as mandrágoras para uma outra ocasião ou as usou em algum rito supersticioso. O próprio poder afrodisíaco atribuido as mandrágoras já demonstra uma fé abalada.

RAQUEL PREFERIU AS MANDRÁGORAS; LÉIA ,A ORAÇÃO.
Deus concedeu um filho a Léia(Isaacar), fruto do relacionamento com Jacó, na noite em que foi alugado pelas mandrágoras. Gênesis 30;17 diz: "E ouviu Deus a Léia, e concebeu e teve o quinto filho".

SUPERSTIÇÃO: Conduz a criação de crenças ou práticas, nas quais se manifesta a tendência de atribuir a causas sobrenaturais ou ocultas, fenômenos explicáveis naturalmente.

Raq
uel era estéril, sua crença nas mandrágoras não a tornou fértil lhe dando o filho tão esperado.Deus abomina todo e qualquer tipo de superstição.

O MILAGRE SEM MANDRÁGORAS

"E lembrou-se Deus de Raquel, e Deus a ouviu, e abriu a sua madre". Gênesis 30:22
A fé no Deus verdadeiro lhe deu dois filhos: o abençoado José e Benjamin.

Acr
edito que essa planta está ligada ao amor, como cita Cantares, por ser: perfumada, e seu próprio nome sugerir romance. Receber mandrágoras seria, e com certeza o é, mais impressionante que receber buquês de flores ou rosas, que apesar de muito bonitas, podem ser encontradas com facilidade, ao contrário das mandrágoras.


Quanto às suas propriedades medicinais; se comprovam pelo seu uso entre os romanos. Eles a utilizavam como anestésico em cirurgias. Quanto aos seus poderes afrodisíacos e de aumento da fertilidade humana; não encontrei nenhum artigo científico comprovando-os. Para mim, contudo, a narrativa bíblica em Gênesis é suficiente para dismistificar a fama de planta milagrosa.

Fontes:
Harrypotter.com
br.answers.yahoo.com
carcasse.com
Wikipédia.com

17 comentários:

Sammis Reachers disse...

Amada irmã, só agora pude 'encontrar' este abençoado blog, através da UBE.
Fui abençoado com os excelentes estudos, e me agradei muito de ver temas envolvendo plantas citadas na Bíblia.

Estou linkando seu blog em três blogs que mantenho:

www.arsenaldocrente.blogspot.com
www.poesiaevanglica.blogspot.com
www.veredasmissionarias.blogspot.com

Que Deus lhe abençoe poderosamente, e continue a lhe usar nesta tão boa obra.

Um abração do irmão Sammis

Francivaldo Jacinto disse...

Olá!
Ótima postagem sobre as mandrágoras.
No meu ponto de vista,creio que Raquel alugou o seu marido pelas mandrágoras por acreditar que essa planta teria efeito contra a esterilidade.
Pois, antigamente as pessoas acreditavam que essa planta tinha o poder de acabar
com o problema da esterilidade.
Também podemos observar no texto bíblico que, Raquel em vez de trocar imediatamente as mandrágoras pelo seu marido, poderia ter ido buscá-la no campo.
Supostamente esta planta poderia ser difícil de se achar.
Talvez seja esse o fato da troca imediata.

Mimi disse...

mt interesante :)
vou voltar!
Deus continue abençoando.

cursos de teologia disse...

Excelente post, muito interessante também!

Abraços e fiquem na Santa Paz!!!

Eliseu Antonio Gomes disse...

Olá!

Achei esse artigo muito interessante. Até o momento esse assunto é uma abordagem inédita nas minhas navegações pela blogosfera.

Parabéns por sua iniciativa.

Eliseu Antonio Gomes
http://belverede.blogspot.com/

Faculdade Evangélica SP disse...

Parabens Pelo Blog Muito bom Que Jesus Lhe Abençõe!!!
faculdade evangelica

Faculdade Teológica disse...

Que Deus continue abençoando seu trabalho e nos edificando com seus post parabens pela iniciativa Fica Na Paz!!!!
Abs!

Faculdade de Teologia das Assembléias de Deus de São Paulo

Faculdade Teológica disse...

Que Deus continue abençoando seu trabalho e nos edificando com seus post parabens pela iniciativa Fica Na Paz!!!!
Abs!

Faculdade de Teologia das Assembléias de Deus de São Paulo

Faculdade Teológica disse...

Que Deus continue abençoando seu trabalho e nos edificando com seus post parabens pela iniciativa Fica Na Paz!!!!
Abs!

Faculdade de Teologia das Assembléias de Deus de São Paulo

claudio disse...

vc sabia que esta fruta, ela so produz de ano em ano,e tambem e milenar, assim quando ela exala seu aroma despérta o desejo de muitos em conhela. otimo comentario Bom Dia !!!!

Abel disse...

Só vim aqui porque li a BIBLIA completa, tradução dos CAPUCHINHOS,e fui procurar Mandrágoras.
Se lerem a BIBLIA que eu aconselho façam-no com intenção de descobrir a mensagem de DEUS, e não como ler um livro qualquer.
fiquem em paz

esperança disse...

maravilhoso seu comentário,seu blog é
ótimo!! Parabéns!!!!!

Mara Oliveira disse...

Super demais seu blogs... parabéns e me permita postar alguns post no meu também? Desde já te agradeço e que o nosso bom DEUS te ilumine mais e mais.. paz e grande bjoca!

Wilma Rejane disse...

Olá Mara!

Obrigada querida! Meus artigos estão liberados para republicação, desde que citados: fonte com link para o blog, ok?

Deus a abençoe e a conserve com esta simpatia.

Bjs!

Adilson Cavati disse...

Obrigado pelo estudo. Já me ajudou bastante.
Que D-us lhe abençoe

Celylua - O blog das Letras disse...

Adorei a postagem, parabéns!
Seu blog é maravilhoso, estou seguindo com muito apreço e reverencia.
Deus abençoe você e sua família.
Beijos no coração.

Gerson Sena disse...

Ola Wilma e os demais
Fazendo uma pesquisa sobre mandrágoras acabei chegando neste bolg. Mesmo sem confirmação da fonte de suas informações obtive detalhes interessantes aqui, que não havia encontrado em outros lugares. Embora a pesquisa continue, também gostaria de compartilhar alguns detalhes que já apurei:
É apontado a essa planta efeitos narcóticos e pesquisando a etimologia do nome, no site [http://pt.wikipedia.org/wiki/Solanaceae], descobri: Do gênero Solanum L., do verbo latim solari - consolar ou aliviar - devido às propriedades calmantes (narcóticas) de algumas espécies do gênero.
Na crença supersticiosa lhe é atribuído poderes, por conta da aparência de suas raízes que se assemelham à uma figura humana “que grita ao ser retirada do solo”. Já no site [http://pt.wikipedia.org/wiki/Mandr%C3%A1gora] aparece uma lista de filmes, desenhos animados, musicas, livros e jogos online onde se utilizou da planta. É um amplo emprego nas artes: de Shakespeare (Romeu e Julieta), a Harry Potter, de jogos Playstation 2 e Wi a desenho Pokémon e mangá, passando até pela musica e literatura nacional brasileira.
Pela leitura desse blog entendi que, na Bíblia, Raquel pediu mandrágoras para sua irmã por superstição, sim, visto que ela era dada a essa prática – corroborado pelo furto dos ídolos do pai (Gn. 31.19) e seu pai(casa) praticava adivinhações (Gn.30.27). Acredito eu que, que ela sabia dos tais poderes afrodisíacos da planta e por conta de sua esterilidade queria encontrar meios de resolver isso, como você bem coloca no texto. E ainda por saber que sua irmã, dividindo com ela, ou dando a ela o que tinha e considerando à raridade da planta deveriam ser poucos frutos ou raízes, sua irmã não poderia fazer uso próprio ou em conjunto com o marido/cunhado/marido. Mas certamente Raquel, que embora bonita também muito articulada, deve mesmo ter buscado os “benefícios” para uso próprio, se não por ser useira, por certo, por ser crédula da boataria, faria sua primeira viagem alucinógena ao experimentá-la com o seu Jacozinho.
Não estou me recordando sobre outro elemento, na bíblica, com conotação de entorpecente. Caso alguém saiba de algo, gostaria de conhecer. Podem me mandar um e-mail no: AdvSena@gmail.com.
Um abraço a todos,

Gerson Sena de Castro
Guaratinguetá/SP
http://FeNaRede.blogspot.com/

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...