O cristão e as manifestações de rua no Brasil


Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu. Mateus 6:9-10



Wilma Rejane

A pergunta que incomoda nesse momento histórico que atravessa o Brasil é: “Poderia ser diferente?”. Claro que poderia, mas a situação se tornou critica porque a corrupção virou regra e a justiça exceção. A reivindicação por menores tarifas nos transportes 'públicos' foi apenas o estopim para soltar o grito que estava preso na alma dos brasileiros, a repressão policial corroborou: rememorar a ditadura militar eclodiu em protestos pelo direito de protestar, foi como querer algemar quem já se sente algemado pelas mazelas sociais e politicas e o resultado é o que se vê hoje.

Confesso que vejo tudo com um misto de satisfação e decepção. Satisfação por termos saído da inércia e tomado a iniciativa de ir as ruas - inicialmente sem o apoio dos grandes veículos televisivos - acreditando que valeria a pena levantar a bandeira por um País melhor, de forma gratuita, rejeitando rótulos e liderança de partidos políticos. Decepção por constatar que baderna e violência também marcam as manifestações. Vejo na ação de alguns jovens, o que vivo como professora da rede pública de ensino:carteiras quebradas, paredes riscadas, depredação do patrimônio público e desprezo pela educação. Esses protestos de fato, revelam outra triste realidade: a rebeldia de parte da juventude no Brasil.

E como clamar por mudanças se a injustiça reinar em si mesmo? É tentar combater os efeitos da corrupção, sem tratar a causa. Casos isolados também devem ser considerados, infiltrados políticos ou não, denotam absurda falta de respeito para com o próximo, com o momento e com a nação. Não confundir revolução com rebelião e democracia com anarquia, ajudaria na conscientização:

Rebelião: Resistência, com ação violenta a agentes de autoridade. Levante; insurreição; sublevação.

Revolução: A revolução é um movimento que surge no seio do povo, face sua insatisfação com o regime de governo em vigor. As causas são as mais controversas possíveis, como razões para deflagração de uma revolução. Entretanto, as causas mais facilmente identificáveis são a disputa pelo poder e a insatisfação popular, face a opressão sofrida por questões econômicas, sociais, étnicas e até religiosa .

Pode se dizer que existe uma rebelião dentro dessa revolução que aconteceu de forma tão surpreendente e espontânea e isso não deve de modo algum marginalizar o movimento. Ainda sobre revolução, ela está presente na vida do cristão, porque o cristianismo é revolucionário no sentido de não se conformar com os padrões mundanos, o pecado e toda forma de corrupção. Venha nós o Teu Reino é uma oração por transformação na terra, a partir do céu: “Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; Venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu.” Mateus 6:9-10


Não sou capaz de dizer se o que ocorre no Brasil hoje é resultado de oração, mas me atrevo a dizer que por falta de oração se corrompe uma nação. I Timóteo 2:1-3 diz que devemos orar e interceder pelas autoridades para que tenhamos uma vida tranquila e mansa. Profeta Jeremias relata que um dos motivos da corrupção em Israel era a omissão dos sacerdotes: “ Porque entre o meu povo se acham perversos que dispõem de armadilhas e prendem os homens. Como a gaiola cheia de pássaros são suas casas, cheias de fraude, por isso enriquecem, engordam, tornam-se nédios e ultrapassam os feitos do maligno e não defendem os direitos dos necessitados. Jr 5: 26-28.Aqui está uma relação entre igreja e destino da nação.


Quem disse que é inválido ou incoerente usar a Bíblia como argumento sobre o momento atual no Brasil? Se somos cristãos, não podemos ter referência maior do que a Palavra de Deus que permanece atual através dos séculos. Ela revela a doença e também a cura. “Bem aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor”Salmo 33:12. Revolução também se faz de joelhos o que não impede a igreja de sair as ruas clamando por justiça, de modo ordeiro e pacifico. Paz e protesto podem estar juntos, por que não? A ideologia de que fúria é marca de protesto e inconformismo não se sustenta ao rebuscarmos na história lideres como Gandhi, Martin Luther King e o próprio Jesus.

flores para policiais


Ao tempo em que me uno aos milhões para clamar e me alegrar pelo despertar da nação, sinto temores. O de que o movimento se desfaça como fumaça pela ausência de lideres, já que rejeita liderança e se denomina apartidário. Temo que a falta de foco e direção encerre o movimento sem grandes negociações, todo corpo precisa de cauda e cabeça, caso contrário se movimentará como pião sem chegar a um destino. O #vemprarua# se fortaleceu queira ou não, com apoio do Passe Livre que alcançou o objetivo de baixar tarifas nos transportes. Mas o líder do Passe Livre se reunião com governantes, e o movimento #vemprarua# como poderá negociar sem documentar-se?

Temo, porque penso que nenhuma mudança poderá ser duradoura se não começar no coração dos homens e não incluir Evangelho. Poderemos ir as ruas e bradar aos quatro ventos, mas a corrupção continuará crescente. Participei do movimento Diretas já na década de 80 quando milhões também saíram as ruas para protestar e depois de anos... Cá estamos novamente, demonstrando insatisfação com a podridão que cheira mal em nossas narinas. Os judeus aguardavam um Messias que resolvesse os problemas políticos de Israel e Jesus veio especialmente para transformar corações, a raiz do problema.


Temo ainda que todo esforço fique no vácuo porque transformar o Brasil é uma tarefa árdua e demorada frente as décadas de descaso, desvios de verbas e impunidade. Tudo esbarra na burocracia que chega a doer quando o que mais se pede é urgência para suprir as necessidades básicas e essenciais da população. A presidente Dilma se pronunciou prometendo mudanças no serviço de transportes e educação, lembro porém que essas bandeiras são antigas, de campanha ainda e até hoje não se cumpriram. Mas vamos aguardar porque no momento a esperança veste as cores verde e amarelo.


Deus abençoe essa nação

8 comentários:

Wallace Sousa disse...

bom post e reflexão, amada.

apz.

Erisvaldo Pinheiro disse...

Sou a favor dos gritos de basta q se estendem no Brasil a fora... temos palácios futebolísticos e hospitais sucateados!
Só devemos ter cautela. Em Brasília, boa parte do grupo q tomou o Congresso gritavam "fora feliciano"... e o primeiro grupo q entrou nas aguas do mesmo Congresso abriram a bandeira arco iris.
Apoio, com cautela.

Wilma Rejane disse...


Obrigada, Wally

Deus o abençoe.

Wilma Rejane disse...


Olá Erisvaldo,

Essa é uma consequência da falta de foco e objetivos bem definidos, aparece de tudo, o que não aconteceu no movimento Diretas Já.

É o que no texto chamo de corpo "sem cabeça e sem cauda".

Obrigada,

Deus o abençoe.




Eliseu Antonio Gomes disse...

Wilma.

Entendo que essa grande movimentação da população brasileira começou como uma ação política do Partido dos Trabalhadores contra a figura do governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PDSB). Era algo pequeno da politicagem partidária. O Movimento Passe Livre, ONG que recebe dinheiro do governo federal, foi usado como braço de hostilização, agente provocador de atritos entre manifestantes paulistas e a Policia Militar.

O PT e a classe política, os organizadores do MPL países foram pegos de surpresa com a adesão do povo e o novo rumo que foi dado ao ato, o protesto por uns centavos à menos na passagem foi trocado por protestos contra a corrupção nacional. As faixas nas ruas falaram mais alto que manchetes de jornais, as postagens de imagens no YouTube tiveram maior repercussão que as notas de redações de jornalismo escrito e televisado – que em parte se presta ao papel de propagandistas de quem está no Poder.

Eu penso que as manifestações já mudaram o Brasil, embora ainda não tenhamos condição de perceber isso. Muitos jovens despertaram à política, amadurecerão como pessoas e serão os líderes da Nação futuramente.

Gostei da frase no artigo: “A Bíblia revela a doença e também a cura”. Essa declaração é uma grande verdade.

E.A.G.
http://belverede.blogspot.com.br

Wilma Rejane disse...


Oi Eliseu,

Essa é uma revolução que impressiona especialmente pela surpresa com que surge. Quem poderia imaginar que as reivindicações por centavos a menos se transformaria também nos milhões da copa, nos milhares nas ruas e tudo mais?

E de repente se percebe que nada estava desapercebido.

Obrigada,

Deus o abençoe.

Anderson Carvalho disse...

Shalom Wilma... faz tempo que não comento, mas não deixo de ler seu blog para enriquecer a cada dia...

Vale lembrar também da passagem de II Cr. 7:14... "se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar minha face, e se converter dos seus maus caminhos, então, eu ouvirei do céu, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra."

Que o povo se volte para Deus e seus caminhos que são perfeitos!!!

Deus Abençoe

Wilma Rejane disse...


Shalom Anderson!

Sabe o que também impressiona? É que o número de evangélicos cresceu muito nos últimos anos no Brasil e de políticos evangélicos também, então as mudanças têm que aparecer, não é mesmo? Considerando inclusive o verso que você citou II Cr 7:14.

Obrigada,

Deus o abençoe.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...