O grão que removeu a montanha

Grão de mostarda



Wilma Rejane


 “ Se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e há de passar; e nada vos será impossível. ”Mateus 17:20.

Essa analogia é fantástica, revela a grandeza das "pequeninas coisas", de mudanças que nem sempre acontecem de um minuto a outro, mas de um minuto a outro elas estão sendo geradas pelo tempo até que de repente, se veja a "enorme hortaliça que se formou, a maior de todas, que ocupou todo o território". E era só um grão. Um grão que poderia ter sido desprezado, mas foi plantado e regado.

Percebamos que ao descrever fé, Jesus delega a responsabilidade de falarmos a montanha. Montanhas estão aqui como impedimentos, obstruindo caminhos. Sabemos também  que montanhas são lugares altos que preserva-nos de calamidades. Em ambas  situações as montanhas precisam ser removidas: para fluir de novos caminhos, desestabilizar a autoconfiança.

O curioso é que a fé seja comparada a algo tão pequeno! Pensando nisso é que selecionei exemplos Bíblicos de fé, de pessoas que agiram de forma simples e com poucas palavras ou palavras silenciosas, regadas em pensamento e brotadas em gestos, pequenos, como grãos de mostarda.

Comecemos por Jabes. A oração de Jabes. Ela está entre genealogias, nomes e sobrenomes, mas eis que entre os registros familiares, há o nome de alguém que chamou à atenção de Deus pela forma que orou:


"E foi Jabez mais ilustre do que seus irmãos; e sua mãe deu-lhe o nome de Jabez, dizendo: Porquanto com dores o dei à luz. Porque Jabez invocou o Deus de Israel, dizendo: Se me abençoares muitíssimo, e meus termos ampliares, e a tua mão for comigo, e fizeres que do mal não seja afligido! E Deus lhe concedeu o que lhe tinha pedido." I Crônicas 4:9-10

O nome Jabes significa sofrimento. Este homem não aceitou ser maldito, derrotado. Esta herança explicita em seu nome foi renegada em virtude da fé em um Deus amoroso que se importa com as necessidades humanas. Jabes descobriu que poderia ser abençoado e não desperdiçou oportunidades. Se moveu em direção a Deus, com todo seu coração e foi atendido. Penso que as pessoas ao chamá-lo pelo nome ou fazerem referência a sua pessoa comentavam: Jabes? Esse nome não combina com você.

Esdras é o autor de I crônicas onde está registrada a oração de Jabes e como é que Esdras ficou sabendo da oração? Creio que a vida de Jabes foi destaque para sua época e ele deve ter sido interrogado sobre os motivos de ser tão abençoado e abençoador no que deu créditos a Deus e a sua oração. Jabez nos ensina que Deus transforma, liberta, renova o curso da vida. Precisamos ter essa visão de Jabes e não nos deixarmos absorver pelos sofrimentos.


Vamos percorrer mais alguns séculos após Jabes e nos encontrarmos com Jesus conversando com os discípulos,Ele diz: “ Até agora vocês não pediram nada em meu nome. Peçam e receberão, para que a alegria de vocês seja completa.” João 16:24 . Vejam, Jesus coloca a oração como essencial na vida cristã, e ela tem por objetivo (inclusive) proporcionar alegria. Jesus ensina que através da oração, poderemos nos sentir completos: peçam, recebam, se alegrem! E sei que essa mensagem pode soar um tanto decepcionante para aqueles que ainda não foram atendidos em algumas petições, nesses casos, consideremos as opções de: continuarmos pedindo,insistindo ou  considerarmo-nos alegres e completos mesmo sem receber por acreditar que Deus tem em mente outros planos para mim e para você.

Eu me sentiria extremamente feliz e segura em saber que Deus não concede tudo que pedimos porque Ele nos conhece e tem a capacidade de enxergar o futuro quando ele ainda é obscuro e distante para nós.

Aos que recorrem a Deus é possível receber : não, sim, espere. Moisés insistiu em uma mesma oração, por muitas vezes, até que ouviu: "Chega, não me fales mais nisso”. Deuteronômio 3:25-26. Ora, Deus sabia o que era melhor para Moisés. Deus respondeu:  com um não. E quantas vezes, eu, como mãe, já disse não para meus filhos, para o bem deles? Mas o diálogo existiu, a petição, a oração. E é tão bom saber que Deus não concede tudo que queremos, porque nos ama e quer nos preservar de coisas piores. Assim creio.

A oração dos retos é o contentamento de Deus Pv 15:8.

Oração deixa contente quem ora e a Deus que ouve. E por isso entendo quando Jesus disse que a felicidade de quem ora seria completa, se Deus se alegra quando oramos, e a alegria do Senhor é a nossa força, (Esdras 8:10), então recebemos força e alegria para viver por meio da oração.

Voltando aos "pequenos" gestos, temos o exemplo memorável dos cegos na saída de Jericó:

"E eis que dois cegos, assentados junto do caminho, ouvindo que Jesus passava, clamaram, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de nós! E a multidão os repreendia, para que se calassem; eles, porém, cada vez clamavam mais, dizendo: Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de nós!E Jesus, parando, chamou-os, e disse: Que quereis que vos faça? Disseram-lhe eles: Senhor, que os nossos olhos sejam abertos." Mateus 20:30-33

“Filho de Davi, tem misericórdia de nós!” Entre as muitas vozes, os muitos enfermos, os cegos foram movidos a chamar a atenção de Jesus. Eles sabiam que aquela era uma oportunidade única e não desperdiçaram a passagem de Jesus.  Eles acreditaram que seriam ouvidos, acreditaram que Jesus podia curá-los e assim foi feito.

Sabe o que também me impressiona nessa história? É que haviam muitas pessoas próximas a Jesus que  tentaram calar os cegos e por que? Porque consideravam que Jesus não lhes daria atenção,  eles não eram discípulos, nem próximos, eram apenas mendigos que nunca tiveram contato antes com Jesus. Mas Jesus pensava diferente, Deus pensava diferente: ouviu a oração e devolveu-lhes a visão. Glória a Deus! Podemos considerar que algumas pessoas são indignas de serem ouvidas, mas Deus pode julgar diferente.

O que dizer da mulher com fluxo de sangue? Ela foi ao encontro de Jesus em oração silenciosa, apenas em pensamento: “ Porque dizia consigo: Se eu tão-somente tocar a sua roupa, ficarei sã". Mateus 9:22. Ela não contou para ninguém sua oração, quem sabe a chamariam de louca, onde já se viu, uma mulher com fluxo de sangue tocar em alguém? Era proibido por lei, ela tinha que viver reclusa, infeliz, à margem da sociedade. Mas assim como Jabes e os cegos, ela resolveu dar um passo de fé que a conduziria a uma caminhada diferente e feliz.

Paulo sobre o pensamento recomenda: "Pensai nas coisas que são de cima." Colossenses 3:2(a). A mulher com fluxo de sangue, pensou dessa forma e agora era  “o fluxo da graça Divina” e a oração simples e breve que ocupou seu íntimo foi: “Se eu tão somente tocar em sua roupa, ficarei sã”

 
Por último, recorro ao exemplo da mulher cananeia. Ela precisava remover uma montanha em seu caminho, precisava ver a filha liberta e curada dos tormentos de Satanás. O que fez? Foi de encontro a Jesus e falou:"Tem compaixão de mim". Mateus 15:21-28. Tentaram calar a mulher e ela continuou falando, implorando e ao ser chamada de "cachorrinha", lembrou das migalhas, disse para Jesus que não se importava de comê-las. Migalhas são sobras, coisas pequenas que muitos recolhem ao lixo. Porém, aquela mulher usou as migalhas para sensibilizar Jesus e conseguiu.

É mais fácil enxergar  montanhas do que grãos, migalhas. O que constatamos, contudo, foram exemplos de montanhas sendo removidas pela força do grão: de mostarda, da fé, DA PALAVRA que é Jesus.

Jesus ensinou aos discípulos que deveriam orar em secreto, reservar tempo para Deus. Jesus  se dirigia aos montes, aos jardins e orava. Mesmo com dias cheios de afazeres, agenda lotada e convivendo com problemas de toda sorte: inveja, perseguição, incredulidade e outros. Ele orava e nos ensinou a fazer o mesmo,nos ensinou que montanhas são oportunidades de exercemos a fé e não desanimarmos pelo tamanho dos obstáculos.


Que Deus o abençoe.

5 comentários:

Jucerlene disse...

A Paz do Senhor Jesus, quero agradecer a Deus primeiramente por usar você como um instrumento nas mão Dele, porque através dos estudo que você posta muitos se unem mas a Deus.
Obrigada que Deus continue te fazendo como este canal de benção.
Jucerlene...

marcus vinicius magalhaes de souza disse...

Parabéns pelo blog, estou lhe seguindo, segue-me meu link é esse http://marcuseladjane.blogspot.com.br/
tenho muitas mensagens da palavra de Deus.

rosana lova disse...

Oie amiga querida. Como vc está ????.. me afastei um pouco das redes sociais. .. voltei com o blog e o face... dae esqueci o email e fiz outro rsrsrsr.... Me acompanha la no meu novo bloguinho ok
www.meubloguinhoeeu.blogspot.com .... bjus se cuida.

Wilma Rejane disse...



Oi Rosana!

Estou bem e com muito trabalho!

Já passei em seu mimoso blog e deixei um comentário lá.

Ou amiga, obrigada pelo carinho. Deus abençoe a você e ao esposo.

Bjus.

Wilma Rejane disse...


Amém Jucerlene.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...