Uma porta de acesso para felicidade no livro do profeta Oséias

 


Wallace Sousa

Portanto, eis que eu a atrairei, e a levarei para o deserto, e lhe falarei ao coração.  E lhe darei as suas vinhas dali, e o vale de Acor, por porta de esperança; e ali cantará, como nos dias de sua mocidade, e como no dia em que subiu da terra do Egito. (grifos acrescidos) Oséias 2.14,15

Esta artigo é fruto de uma mensagem que preguei  em um culto de doutrina. O que se segue é um pouco da reflexão que fiz com os irmãos presentes, e que quero ter o prazer de compartilhar com você, querido leitor do blog  Podemos iniciar nossa reflexão sobre os 2 versículos? Você poderia voltar lá em cima e lê-los novamente?

1. Portanto

Eu não conheço sua situação e nem sei pelo que você está passando, na verdade eu sequer conheço o nome da maior parte dos leitores do blog. Mas, a despeito disso, eu tenho algo a lhe dizer: esse portanto tem um significado interessante para que sua vida se torne mais suportável e que você encontre forças para continuar lutando.

“Portanto” geralmente inicia uma oração ou frase para explicar um motivo, uma razão, uma atitude ou ação que será tomada dali por diante. Até aqui tudo bem, o que mais você tem Wallace? Rapidamente, isso quer dizer que, não importa o que você está passando, isso faz parte de um projeto  que o Senhor tem para sua vida, ou seja, há um propósito e uma razão nisso tudo.

Não, não é obra do acaso, não é algo sem sentido e sem razão. Talvez você não esteja vendo, mas Deus tem um propósito e uma razão para o que está acontecendo em sua vida! Creia que Ele sabe o que está acontecendo, mesmo que você não tenha a mínima desconfiança.

Idéia-chave: existe um motivo para você estar na situação em que está, não é por acaso!

2. Eu (o Senhor)

Geralmente, em grande parte por causa do lixo da teologia da prosperidade que invadiu nossos púlpitos, nós somos levados a pensar que tudo de bom que acontece conosco só pode vir se for de Deus, e tudo de ruim que acontece só pode ser obra do capeta. Nada mais errôneo e contrário à Bíblia. Nem tudo que acontece de bom conosco vem de Deus, pode ser da parte do diabo que quer nos corromper.

E, às vezes, Deus quer nos ensinar algo e nós não queremos nos submeter, o que Ele faz? Nos prova, corrige e quebra a dureza de nosso coração por meio do sofrimento.

Então, se você está passando por situação difícil, não fique pensando que sua vida é controlada pelo diabo, que ele pode pintar e bordar com você. Sua vida está nas mãos de Deus e é Ele quem controla o que se passa com você, não o diabo. E só isso já vai contribuir para que você consiga suportar melhor a situação e continuar lutando, porque agora você sabe que isso faz parte de um plano de Deus para sua vida.

Idéia-chave: é Deus quem controla sua vida, e não o diabo!

3. Atrairei

Eu poderia citar uma forma de atração como aquela que ocorre quando duas pessoas se conhecem e se sentem atraídas uma pela outra. Ou poderia ser também aquela do amor platônico, onde uma parte se sente atraída pela outra. Tem também um livro que fez muito sucesso um tempo atrás, como o nome de “A Lei da Atração”. Mas, no meu entender, a atração que melhor caracteriza o que o texto quer expressar – pelo menos a força que ela exerce – é aquela que um ímã ou magneto exerce sobre os metais.

A virtude feminina na criação de Deus

 



Wilma Rejane

Que incógnita está presente no relacionamento a dois, fazendo com que homem e mulher cumpram o propósito Divino de ser uma só carne? Propósito este, explicito desde a criação com Adão e Eva.

Adam ( Strong 0120) significa homem, raça humana. O nome está relacionado com “Adamah” que é igual a: solo, barro, chão. Temos em Gênesis 2:7:” E formou o Senhor Deus o 'adam' do pó da 'adamah'.

Eva ( Strong 0376) é o mesmo que varoa, mulher, esposa: ishah. Assim, temos em Gênesis 2:23” Esta será chamada de ishah, porquanto do varão foi tomada.”

Deus primeiramente fez a Adão, do solo, soprando em suas narinas o folego de vida, o espírito humano. E ele era muito ocupado, cuidava do jardim em toda sua extensão, plantas e animais, mesmo assim se sentia sozinho, incompleto. Em alguns momentos, Deus pode ouvir os pensamentos de Adão sobre a necessidade de interagir: com quem sorrir, se alegrar, se surpreender?

Gênesis 2:18 Então o Senhor Deus declarou:

 "Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e lhe corresponda

E do sono profundo de Adão, Deus assim cria sua companheira Eva. Dessa criação, temos também o primeiro relato cirúrgico da história humana! Anestesiado, Adão não sente as mãos de Deus operando-o, retirando uma de suas costelas para trabalhar nela a maravilhosa criação feminina. Por que Deus escolhe criar Eva da costela de Adão? Não poderia Ele ter moldado novo barro e soprado novamente em suas narinas o folego de vida? Poderia. Mas escolheu soprar vida em um osso.

Desprezar  os significados dos detalhes existentes aqui, seria perder a perfeita e maravilhosa mensagem de Deus para nós. Por que Eva teve origem de uma costela? Amados leitores, vocês já pesquisaram ou estudaram o significado da costela no corpo humano? Ela protege o coração, os pulmões, envolve órgãos vitais cobrindo-os com cuidado. A costela se liga a coluna vertebral, a medula óssea que produz sangue. Sangue é vida! Sem sangue morremos. Eva era essa necessidade vital de Adão, era seu sangue, sua carne, era uma com ele.

Se Eva estivesse sido feita de forma separada, ela não teria o propósito de completar Adão, nem de ser carne de sua carne. Ter sido feita da costela, é nobre, amoroso, porque a função das costelas para o corpo é amorosa, ela “abraça”, envolve nosso coração e pulmões, nosso viver e respirar. Falamos tanto sobre a falta que faz o romantismo nos relacionamentos homem-mulher, e Deus foi o primeiro romântico da história ao pensar em Eva nascida de Adão, de sua costela.

"Então o Senhor Deus declarou: "Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e lhe corresponda” Gênesis 2:18

Auxiliar é o mesmo que cercar, rodear, envolver; proteger, defender; ajudar. "Ajudar" é o princípio básico para a mulher existir. É a primeira causa porque foi criada.

O Purim de cada dia

 


Wilma Rejane

Quem sabe se não foi para um momento como este que você chegou à posição de rainha? Ester 4:14

O livro de Ester é um bálsamo para alma, contemplar a inevitável presença de Deus e Seu agir através de situações aparentemente simples é intensificar a fé, Amá-Lo por todo o invisível mundo que nos cerca. O nome de Deus não é citado em Ester, mas costumo dizer que é na ausência que certas presenças se tornam mais percebíveis, eis um caso. Toda a história é marcada pela providência Divina que faz com que uma linda orfã chegue ao palácio real e ascenda ao cargo de rainha, salvando os judeus da morte e ainda proporcionando ao primo Mardoqueu um cargo de elevada confiança na corte de Assuero.

Assuero foi um rei persa, durante 20 anos governou 127 províncias desde a Índia até a Etiópia, sucedendo Dario I em 485 a.C. Seu nome verdadeiro era Xerxes ou Artaxexes, “Assuero” era um título que significava “Rei  venerável”. Logo no primeiro capitulo de Ester, Assuero é citado em uma grande festa de cento e oitenta dias  ofertada aos governadores das províncias. Após esses dias, viriam mais sete dias de festa com a participação popular dos moradores de Susã. Um acontecimento importante e de grande repercussão. Porém, a rainha Vasti, constrange o rei e dá um remate trágico ao evento, quando se recusa a atender o chamado para fazer corte aos convidados.

Assim, temos no livro de Ester um paradoxo: O desprezo e punição dados a uma rainha (Vasti) que recusa se apresentar perante o rei e a exaltação de uma jovem órfã (Ester) que devota sua vida a presença do rei. Magnífico em todo o contexto é a presença de Mardoqueu, primo de Ester. Ele a inscreve em um concurso de beleza para escolher a rainha substituta de Vasti e com plena certeza da vitória da prima, ele frequenta dia e noite às portas do palácio em vigilância e constante oração . Mardoqueu era convicto da providência Divina trabalhando em favor de seu povo e de toda nação, através do acesso de Ester ao palácio.

Ester foi um nome colocado por Mardoqueu, significando ”estrela”, ele sabia que ela tinha brilho e havia nascido para iluminar, era bela de presença e de coração. O nome verdadeiro de Ester, era “Hadassa” ou murta, uma planta vistosa, mas com espinhos. Não era assim que Mardoqueu a via. Aqui temos uma linda lição de amor revelada na educação familiar, Mardoqueu investiu em Ester acreditando em sua capacidade e sabedoria, acreditando que a vida de Ester poderia ser transformada pelo cumprir da missão que Deus reservara para ela. Sem pai, sem mãe, contudo acolhida por um primo que temia a Deus e tinha uma vida de obediência e oração.

Um gracioso olhar pela janela

 




João Cruzué


Gosto de escrever olhando o lado simples das coisas. Quando observo a maneira de relacionamento de Jesus Cristo com as pessoas no Evangelho aprendo que Ele era simples e bem pragmático. Então, vamos ver como podem ser entendidas algumas formas de crescimento para chegar a perfeição cujo padrão é Cristo. Para quem já sabe "tudo" talvez não possa eu acrescentar muito, mas creio não ser desperdício de tempo ficar conosco nos próximos sete minutos. Venha comigo, pois vou mostrar-lhe muitas coisas da minha janela!

O cego de Jericó: Jesus, Filho de Davi, tem misericórdia de mim!

Jesus - Que queres que eu te faça?

O cego de Jericó - Senhor, eu quero ver.

Tão logo soube que Jesus passava, Bartimeu - o cego de Jericó, começou a gritar seu nome. Embora mandassem-no calar a boca, continuou a gritar até que Ele ouvisse. Com esse excerto do Evangelho registrado no final de Lucas 18, vamos escrever sobre o crescer no conhecimento da pessoa de Cristo. "II Pedro 3:18 "Antes cresçamos na graça e no conhecimento de Cristo."

Crescer em conhecimento de Cristo, é procurar estudar a Palavra de Deus que está registrada na Bíblia Sagrada. Isso não é tarefa de pouco tempo, pois sempre que voltamos ao mesmo texto, acontece de sempre descobrirmos coisas novas. O tempo que passamos tanto em oração quanto na leitura da Bíblia é o mesmo tempo que a presença Deus se aproxima de nós. Esta presença se faz na pessoa do Espírito Santo. A presença de Deus em nossa vida depende de quanto tempo dedicamos à leitura, meditação do que se lê e à oração. Este, é o começo.

Você procura por Deus, e Ele se deixa encontrar. Você procura conhecimento em sua palavra e descobre a companhia de Deus. Você separa um tempo diário para suas orações, e cresce em graça. Esta graça, neste caso, é a presença de Deus na sua vida para resistir ao pecado, ao diabo, uma resistência espiritual ao pensamento mundano e ao mesmo tempo um desejo crescente de agradar a Deus. A graça de Deus vem através da oração e do jejum.

Crescer no conhecimento e na Graça de Deus, em equilíbrio.

Países com maior número de acessos blog A Tenda na Rocha

 


Wilma Rejane

Analisando as estatísticas geográficas do blog, percebemos mudanças ocorridas no período do ano 2022; França e China não figuravam entre os locais com maior número de acessos, é um público novo que diariamente nos faz companhia. 

Saudamos aos leitores do Brasil e do exterior, nosso muito obrigado! Nossa oração é que  sejam abençoados e edificados , em sabedoria, amor e comunhão com Deus Criador. 

Que a abundante graça vos seja sempre favorável em tudo quanto necessitam, que a bondade e a misericórdia sejam vossa companhia constante.

Boa semana à todos! 

 Salmo 23 cantado por Daniel Ludtke

 

Sobre não desistir de orar


Wilma Rejane

Há momentos que não encontramos explicação para alguns acontecimentos de nossas vidas; a morte ou separação de alguém querido, uma doença que não cura, um fracasso financeiro e assim sucessivamente. O devir é imprevisível e se não somos capazes de prever o futuro, tão pouco de decifrá-lo. Para quem crê em um Deus Criador, que rege todas as coisas, é Nele que se encontram as respostas, ora reveladas, ora em segredos permanente. Para conforto nosso, o não de Deus, não significa Sua ausência em nossas vidas, visto que a Bíblia relata que servos amados do Senhor também experimentaram momentos de angústia e de terem o "não" como respostas a orações.

A vida é mistério e muito do que se passa conosco só será esclarecido quando não mais vivermos, essa esperança na eternidade, tanto é motivo de conforto, como de desespero, mas jamais deverá ser  causa de abandonarmos a fé: “Nada há encoberto que não venha a ser revelado; e oculto que não venha a ser conhecido.” Lucas 12:2.  Portanto, amados, se nesse momento atravessamos o vale da sombra da morte, saibamos que desse mesmo vale ressurgirá a luz e que apesar dos pesares, nossa confiança na soberania de Deus deve ser a causa de toda nossa expectativa futura. 

“...Quando andar em trevas, e não tiver luz nenhuma, confie no nome do Senhor, e firme-se sobre o seu Deus. “ Isaías 50:10

Eles ouviram o "não" de Deus

Quando tudo parecer perdido...

 




Todos nós, algum dia, já nos deparamos com situações diante das quais nos sentimos absolutamente impotentes; nada podíamos fazer, nenhuma palavra podia ser dita, nenhum gesto nosso faria qualquer diferença, nossas experiências para nada valeriam. Nessas horas, só nos restou uma constatação, uma certeza: Só Deus para nos ajudar! Ele é o único bálsamo capaz de trazer alívio para a nossa mais profunda dor. O Senhor conhece a nossa alma e sabe dos nossos limites. Ele nos conhece tal como somos. Só Ele pode invadir os segredos do nosso ser.

Há momentos tão difíceis que, se Deus não nos tomar pela mão, ficaremos prostrados. Da mesma forma, se Ele não tocar nosso coração, ninguém conseguirá consolar-nos. Se a força dele não nos erguer do caos, ficaremos cambaleando, tal qual um bêbado, com passos trôpegos pelos corredores da vida. O Senhor é a esperança que nos mantém vivos, e a Sua força é a razão de seguirmos vivendo, apesar das tempestades.

Depender do Altíssimo não é sinal de fraqueza, mas o testemunho de fortaleza interior. O homem só é grande quando se reconhece carente do Senhor. Crescemos quando estamos nos braços do Pai.

Você se sente preso a cordas do pecado?

 

Wilma Rejane

Imprimir sentimento de culpa na mente e no coração humano é uma poderosa estratégia de Satanás. Ele sabe que os que são dominados por essas coisas, não raro, deixam de se relacionar com Deus de forma plena. Ele sabe atacar nossos pontos fracos, sabe que uma vida envolvida pela culpa pode ser mais facilmente dominada. É claro que devemos nos esforçar e perseverar em fazer a vontade de Deus. Mas se falharmos, não seja esse o motivo de permanecermos no chão. Precisamos levantar e receber o perdão de Cristo em nossas vidas para prosseguirmos de cabeça erguida e com paz em nosso coração.

A carga da culpa, do pecado, pode aprisionar pessoas cheias de dons e talentos tornando-as incapazes. Sansão foi o maior exemplo de força humana narrada na Bíblia: matou um leão com as mãos, feriu mil homens com uma queixada de jumento, arrebentou os resistentes portões da cidade de Gaza, sem usar qualquer ferramenta. O homem era uma fortaleza, mas quando o pecado o dominou não conseguiu vencer as astutas ciladas de uma mulher. Sansão perdeu a força e a comunhão com Deus e só teve de volta o que havia perdido após arrepender-se.

Lembro de ter lido sobre a maneira de adestramento dos elefantes de circo. O adestrador amarra uma corda bem grossa na pata do elefante e prende-o a uma árvore. O elefante tenta caminhar e não consegue. Depois de tentar várias vezes, ele acaba se convencendo de que a corda é mais forte do que ele,  assim, o elefante está pronto para viver em cativeiro. Uma potência em força e tamanho, mas absolutamente dominado porque não têm consciência de quem ele é.

Você se sente preso a cordas do pecado? Deus nos diz em Sua Palavra que nós não fomos criados para viver como os elefantes adestrados, em cativeiro. Hebreus 9:15 afirma que Jesus nos remiu de todo o pecado e a palavra “remir” aqui significa  aphesis: libertar de uma prisão, mandar embora de um cativeiro, pagar uma dívida ( Strong 859).

As trinta moedas de prata e o Campo do Oleiro


 

Wilma Rejane


"Então Judas, o que o traíra, vendo que fora condenado, trouxe, arrependido, as trinta moedas de prata aos príncipes dos sacerdotes e aos anciãos, Dizendo: Pequei, traindo o sangue inocente. Eles, porém, disseram: Que nos importa? Isso é contigo. E ele, atirando para o templo as moedas de prata, retirou-se e foi-se enforcar. E os príncipes dos sacerdotes, tomando as moedas de prata, disseram: Não é lícito colocá-las no cofre das ofertas, porque são preço de sangue. E, tendo deliberado em conselho, compraram com elas o campo de um oleiro, para sepultura dos estrangeiros. Por isso foi chamado aquele campo, até ao dia de hoje, Campo de Sangue. Então se realizou o que vaticinara o profeta Jeremias: Tomaram as trinta moedas de prata, preço do que foi avaliado, que certos filhos de Israel avaliaram, E deram-nas pelo campo do oleiro, segundo o que o Senhor determinou."  Mateus 27:3-10

Profecias sobre a compra do campo de Sangue

Profeta Zacarias havia previsto com precisão a negociação de Judas, 520 anos antes de acontecer:

Porque eu lhes disse: Se parece bem aos vossos olhos, dai-me o meu salário e, se não, deixai-o. E pesaram o meu salário, trinta moedas de prata. O Senhor, pois, disse-me: Arroja isso ao oleiro, esse belo preço em que fui avaliado por eles. E tomei as trinta moedas de prata, e as arrojei ao oleiro, na casa do Senhor.  Zacarias 11:12-13

Profeta Jeremias faz referência a compra do "Vale do filho de Hinom" que é o mesmo "Vale do Campo de Sangue":

Assim diz o Senhor: Vai e compra uma botija de oleiro, e leva contigo os anciãos do povo e os anciãos dos sacerdotes. E sai ao vale do filho de Hinom, que está à entrada da porta do Sol, e apregoa ali as palavras que eu te disser. Jr 19:1,2


As trinta moedas de prata e o Campo de Oleiro

O valor pago a Judas pela vida de Jesus, correspondia ao valor pago ao mestre de um escravo quando o escravo fosse chifrado por um boi (Êx 21:32). As trinta moedas de prata deveria custear as despesas com o funeral. Eis o valor com que Judas traiu Jesus, naquele contexto ele fez papel de mestre de um escravo, entregando-o para ser sacrificado. Judas estava como mestre desse mundo caído, um homem possuído pelo mal de tal forma que não suportando a opressão maligna tira a própria vida. 

Jesus era o escravo que veio para aniquilar o mestre desse mundo, o pecado e a morte. Jesus morreu como servo e ressuscitou como Mestre! Venceu a morte!

Quem, sendo por natureza  Deus, não considerou a igualdade com Deus algo para ser usado em seu próprio benefício;  antes, ele se fez nada tomando a própria natureza  de um servo, sendo feito à semelhança humana. E sendo encontrado na aparência de homem, ele se humilhou tornando-se obediente até a morte—e morte de cruz! 

Por isso Deus o exaltou à mais alta posição e lhe deu o nome que está acima de todo nome,  para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra,  e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai. Filipenses 2:5-11 .

Jesus foi a primícias de Deus, tudo que viveu como filho unigênito de Deus Pai é extensivo aos filhos espirituais, aos que nascem do Espírito Santo, por arrependimento (João 1:12-13). E aos filhos é dada a honra de serem servos.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...