domingo, 1 de junho de 2008

A Oliveira e o Zambujeiro



Wilma Rejane



Comecei a pesquisar o tema e aos poucos fui tendo muitas surpresas agradáveis, confesso: não esperava desmentir os meus conceitos sobre as passagens Bíblicas aqui descritas. Me inquietei muito até encontrar respostas às perguntas surgidas, sei que para muitos leitores alguns aspectos ou todos os aspectos referentes ao estudo não devam ser novidade. Contudo, o fato de apreciar a Bíblia e saber que Deus esconde nela mistérios preciosos me faz orar como o Salmista:"Desvenda os meus olhos, para que veja as maravilhas da tua Lei" Sl 119:18.

Não sou botânica,mas entendo que Deus usou muitas vezes as plantas para falar ao nosso coração. Aqui, uma humilde explanação sobre a Oliveira e o Zambujeiro, espero que, como eu sejam edificados.

"E se alguns dos ramos foram quebrados; e tu, sendo zambujeiro foste enxertado em lugar deles e feito participante da raiz e da seiva da oliveira não te glories contra os ramos; e, se contra eles te gloriares, não és tu que sustentas a raiz mas a raiz a ti". Rm 11:17,18.

A oliveira é da família oléaceas e se originou na região do mediterrâneo. Vive bem em qualquer solo mesmo pobre e seco, contando que suas raízes possam enterra-se em profundidade. Sua exigência é muito sol e temperatura elevada. contudo, resiste muito bem à todas estações.É considerada de grande porte chegando a medir no máximo 10 metros. Sua copa não é alta, têm alto poder de regeneração. Se cortar a copa, rapidamente acontece o brotamento. Sobrevivem por muito tempo, mais de mil anos. Em Israel existem oliveiras de 2.500 e que provavelmente presenciaram a passagem de Jesus na terra.

O zambujeiro da mesma família da oliveira, popularmente conhecido como:"oliveira-da-rocha" ou "oliveira-braba", é silvestre, muito comum e mede até 2,5m.
O zambujeiro na oliveira
A enxertia tem por finalidade converter uma árvore noutra, transformando a copa. Pode ser utilizada para rejuvenescer plantas envelhecidas ou renovar plantas que dão fruto sem valor. Se houver o enxerto de limão doce em um pé de limão azedo, do enxerto para baixo a árvore dará limão azedo para cima limão doce. É assim que funcionam naturalmente os enxertos.

Procurei em diversas fontes( não poucas) sobre enxertia de zambujeiros em oliveiras. Tudo que encontrei foi que há incompatibilidade para este tipo de enxerto, visto que, a planta boa (oliveira verde) receberia a "braba"(zambujeiro) e perderia sua qualidade: passaria em sua copa a produzir oliveiras "brabas" e do enxerto para baixo: oliveiras puras. Seria uma perda.

Pensei: Ah Senhor, e agora como se explica esse enxerto citado por Paulo? Será que ele não entendia de enxertos? Não, o Senhor não o deixaria escrever sobre algo sem sentido. Há uma versão Bíblica que deixa claro a natureza desse enxerto:

"Porque, se tu foste cortado do natural zambujeiro e contra a natureza, enxertado na boa oliveira" Rm 11:24.

É isso o enxerto só funciona porque é sobrenatural!

Ramos naturais e enxertados


Os ramos naturais representam Israel a quem primeiramente foi dada a revelação de Cristo com todos os tesouros escondidos NÈle. O zambujeiro é a Igreja que recebeu a herança da aliança eterna por acreditar em Jesus o Messias. A Oliveira É Cristo Jesus que sustenta ambos(Israel e Igreja) através da raiz e da seiva.

É através do sacrifício de Jesus que tanto Israel quanto a Igreja dão bons frutos. É a natureza da raiz e da seiva (Deus e o Espírito Santo) que limpa o pecado dos ramos possibilitando uma transformação na sustentação e produção dos frutos.

A enxertia dos ramos naturais. Li alguns estudos que definiam a oliveira como sendo Israel o que não condiz com o texto e sua interpretação, vejamos:

Romanos 11:19-"Os ramos foram quebrados". Os ramos representam Israel, os que não creram em Jesus como o Messias Salvador.

Romanos 11:21- "Deus não poupou os ramos naturais". Mesmo sendo nação escolhida necessitam crer em Jesus como Messias para serem salvos.

Romanos 11:23- "Poderoso é Deus para os tornar a enxertar". Deus tem um plano para Israel.

Romanos 11:24-"Serão enxertados na própria oliveira". Àqueles ramos naturais que compreenderem o plano Salvador de Cristo serão salvos. A Bíblia relata que isso irá acontecer nos últimos dias " todo o Israel será salvo"(Rm 11:26).

Que Deus nos abençoe para compreendermos e vivermos Sua Palavra.
Fontes pesquisadas:


Bíblia sagrada, Almeida, J.F, STBB http://www.vida.emcristo.nom.br http://www.naturlink.pt
http://dias-com-arvores.blogspot.com
http://www.bragancanet.pt

15 comentários:

by Carioca disse...

Wilma, que sacada! Ótimo texto, gosto do estilo tbm. Valeu por comentar lá no Jesus no atacado! Essa semana tem mais e "Viva o lado Jesus Cristo da vida".
www.jesusnoatacado.blogspot.com
Abs

Joaquim José Tinoco de Oliveira disse...

Amada Irmã,

Visitando o seu maravilhoso BLOG, descobri logo um tema que vem tomando o meu tempo.Acho fascinante esse assunto, e importantíssimas as suas explicações.

Em minha bíblia tem uma observação no cap. 11 de Rom.: "Examinar intensamente a co-relação que o Ap. Paulo faz entre a Oliveira e o Zambujeiro".

Estou procurando me inteirar e me aprofundar sobre esse tema e vou me valer de seu texto para confirmar minhas conclusões.

Disse o Senhor: Eu sou a videira Verdadeira e meu Pai é o Lavrador. Jo. 15.1.

Logo o Senhor, o Deus Jesus Cristo, não é a Oliveira. Nosso Senhor é a Videira.

Mas, veja bem a profundidade desse Assunto: O NOSSO SALVADOR - O HOMEM JESUS CRISTO, A PARTE FÍSICA DO SENHOR QUE FOI OFERTADA POR NOSSOS PECADOS - ESSE SIM É A OLIVEIRA. Veja Ap. 11.4, Jer. 11.16-17; Zac. 4.

Mas o NOSSO SALVADOR, O NOSSO SENHOR, O DEUS JESUS CRISTO, A PARTE ESPIRITUAL DO SENHOR, ESSE NADA TEM A VER COM A OLIVEIRA ,POIS, É A VIDEIRA VERDADEIRA.

BEM, como disse , estou me inteirando do assunto, e pelo visto tem muito chão pela frente e quero aprender com a Irmã. Não achei o outro estudo anunciado.

Se a irmã tiver mais alguma informação e puder me ajudar eu agradecerei.

A propósito, gostei muito de seu blog, que me fez ver o quanto tenho de aprender e como estou atrasado. Quero me aprimorar, mas, estou ainda muito "cru" no que se refere a criatividade em blogs.

Vou ser um seguidor do seu blog que, aliás, já tem uma infinidade de seguidores.

Além do tema ora comentado vi outros assuntos importantes, que me trarão belas informações.

Fk com Deus minha irmã

Um forte abraço

Wilma Rejane disse...

Irmão Tinoco,

Muito obrigada pelo carinho. Neste estudo falo somente da Oliveira, mas tem dois outros sobre a Videira;

http://atendanarocha.blogspot.com/2008/05/videira-verdadeira-i.html

http://atendanarocha.blogspot.com/2008/05/videira-verdadeira-ii.html

Não sei muita coisa, assim como o irmão estou me inteirando e aprofundando nos estudos para conhecer melhor a vontade de Deus para nós.

Deus o abençoe.

cristiane teixeira disse...

MEU Deus que estudos maravilhosos!!!!
palavra purinha oh glóriasssss!!!

"Uma coisa faço..." disse...

http://www.bridgesforpeace.com/national/pr/PRTL77.html

por favor leiam este assunto nesta pagina Web. o assunto esta completo e mais contextualizado na Bíblia.
Bençãos a todos

Anônimo disse...

olha fiquei muito surpreso com esse estudo pois ja tinha estudado e tentado descobrir essemisterio da oliverira e do zambuzeiro. sei que nao é facil mas depende muito de esforsos parabens companheiro.pr.jamilson miranda

cassius disse...

Parabéns pelo estudo,também entendo assim essa passagem.Infelizmente muitos cristãos hoje em dia tem certas objeções em relação ao povo de Israel e tudo o que DEUS tem para cumprir em relação ao mesmo.

Eduardo disse...

Ótimo texto irmã Wilma! Obrigado. É bom entender um pouco sobre esta nossa natureza "brava"... realmente natureza caída, de dura cerviz! Mas graças a DEUS por Cristo Jesus, pelo qual somos enxertados na oliveira verdadeira, mesmo sendo zambujeiros! Aos olhos do mundo seria como: - Vc só pode estar louco em enxertar um zambujeiro em uma oliveira q dá os melhores frutos! Mas para DEUS tudo é possível, como o Senhor Jesus disse em marcos, e ainda mais, que devemos dar muito fruto. Ajuda-nos Senhor Jesus a ficar enxertados em Ti, e assim (somente assim), daremos muito fruto.

A paz de Cristo seja com todos.

Anônimo disse...

Adorei o artigo. Muito esclarecedor. Estava ouvindo a música "Oliveira Verdadeira" e vi vários comentários corrigindo a palavra "jambuzeiro" por "zambujeiro". Aí, fiquei curiosa e fui pesquisar o que era essa planta. É interessante como a Bíblia faz comparações de coisas parecidas para determinar o que é verdadeiro e o que é falso: o cordeiro e o bode, o trigo e o joio e agora tenho o conecimento da oposição oliveira e zambujeiro.

Parabéns pelo blog.

Sara Scarparo disse...

Também amei o artigo. Tava pesquisando sobre essa passagem da oliveira e aqui encontrei algo esclarecedor. Deus te abençoe e continue usando poderosamente!

Milton Batista Bezerra disse...

Paz minha cara.
Ao pesquisar sobre o assunto, parei em sua explicação. Darei um ensino sobre o mesmo baseado no que aprendi contigo e com os comentaristas. Obrigado a todos que sejam cada dia mais usados na interpretação bíblica.

Milton Bezerra

Milton Batista Bezerra disse...

Ao procurar estudos sobre o assunto, parei admirado por sua explicação e pesquisa, vou compartilhar com um grupo indicando a fonte e os comentaristas. Obrigado que Deus continue te abençoando.
Milton Bezerra

Karem Feitosa disse...

Que linda mensagem amada irmã, muito preciosa.Precisamos ser enxertados na oliveira que é Cristo. Os principais motivos do uso da enxertia são as doenças de plantas presentes na agricultura. Certas copas produzem bons frutos em quantidade e qualidade, mas suas raízes morrem com o ataque de certas doenças. E assim somos nós, humanos,limitados, mas se estivermos enxertados na oliveira chamada Jesus, teremos raízes fortes e poderemos vencer todas as barreiras. Creio que a zambujeira foi enxertada na oliveira, e não o processo contrário, porque, Cristo deve ser nossa raiz, e não apenas superfície. Encontrei este vídeo bem simples, que demonstra o procedimento. Posso ver, que assim como esses galhos, precisamos ser cortados em nossa natureza, para que possamos ser cheios do Espírito Santo, vejo esse cordão amarrado como o selo do espírito, e este plástico que envolve como a glória de DEus que resplandece sobre àqueles que servem a Jesus.No mundo espiritual o inimigo quando olha pra nós, vê essa marca da promessa nos envolvendo. Um grande abraço!http://www.youtube.com/watch?v=5qm6m9l0b74&hd=1

Wilma Rejane disse...


Graça e paz de Jesus Karem!

Irmã, suas dicas de vídeos são sempre valiosas e os comentários: idem.

Muito obrigada,

Deus a abençoe.

Eraldo Santos disse...

O uso mais forte da imagem da oliveira na Bíblia está em Romanos 11, onde Paulo explica a relação entre Israel (o povo judeu e a antiga e contínua aliança de Deus) e a Igreja. Na verdade, os capítulos de 9-11 do livro de Romanos, inteiros, são focalizados neste assunto e culminam com a imagem da oliveira. (Por favor, reserve um tempo para ler esta passagem). Paulo nos diz que a oliveira representa Israel na mais pura expressão de fidelidade e perseverança - ambas relacionadas ao compromisso de Deus com as Suas alianças e as Suas promessas feitas ao Seu povo, e o compromisso e alianças do povo para com Ele. Aqueles que se desviaram desta relação foram cortados. Os cristãos são apenas os ramos bravos enxertados no meio dos ramos naturais "...feito participante da raiz e da seiva da oliveira,...", que Deus estabeleceu (Rm. 11:17).

É evidente nas Escrituras, como também na natureza, que a raiz sustenta os ramos, e não ao contrário (Rm.11:18). Portanto, não há lugar para orgulho ou a idéia de que nós, cristãos, substituímos Israel (o povo Judeu), ou que Deus rejeitou Sua própria Palavra das Escrituras Hebraicas (Antigo Testamento). Não há lugar para arrogância ou soberba, como a Igreja tem a tendência de fazer, sendo que ambos os ramos, os naturais e os enxertados, permanecem somente pela fé (Rm 11:18-21). Ao invés disso, deveria existir somente temor a Deus (Rm.11:20) e gratidão pelas grandes misericórdias do Senhor para conosco (Rm.11:33-36), como também uma atitude de amor e misericórdia para com o povo judeu que são amados por causa da consideração pelos seus pais. Afinal de contas, é através de Israel, o povo da aliança, que Deus nos deu tudo que nós, cristãos, valorizamos espiritualmente! Há apenas uma árvore, não duas, e nós, "ramos bravos," temos o privilégio de beber, depois de salvos, da árvore plantada e estabelecida.

Historicamente, a igreja não tem honrado estes versículos. Não somente se ensoberbeceu contra o povo judeu (ramos naturais), bem como os perseguiu até a morte.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...