Movimento Religioso Ave de Jesus

Proibição de Sexo e Votos de Pobreza
Uma ordem religiosa surgida em meados de 1970 sobrevive até os dias atuais. Fundada por um homem conhecido somente como “Mestre José”, o movimento se intitula “Ave de Jesus” . Mestre José e seus seguidores viveram por muito tempo  em voto de castidade e pobreza esperando pelo final dos tempos previsto por eles para 2000. Mesmo após o mundo não ter acabado nessa data, como esperavam os fiéis, a ordem religiosa continuou.

Escondidos no bairro pobre de Tiradentes, em Juazeiro do Norte, no Ceará, vivem sem energia elétrica, não tomam banho, não dançam, não trabalham e não aceitam dinheiro. Só andam a pé, passam o dia rezando metidos em túnicas azuis e brancas.No domingo, caminham até a igreja da Matriz, para assistir à missa de joelhos, em frente à porta.Os Ave de Jesus, saem diariamente em mendicância, atividade que denominam “Roça da Mãe de Deus”. Em seus trajes ritualísticos pode-se ver as iniciais “P.P.P”. para penitente, pilidrino (corruptela de peregrino) e pidão. Mais que sobrevivência, a mendicância é vista por eles como uma ação missionária, pois acreditam que através da caridade é possível a salvação. Não aceitam esmola em dinheiro nem vendem os produtos de suas hortas; na comunidade não há circulação monetária.


Se precisam de algum utensílio ou produto de que não dispõem, trocam ou recebem doações de parentes não convertidos, que não estão proibidos de usar o dinheiro. Por outro lado, há uma circulação regular de utensílios e alimentos que forma um sistema de troca baseado em principio de mutualismo e comunhão. O dinheiro não é a única proibição. Os ave de Jesus não podem praticar sexo, o que faz com que seu número venha caindo ao longo dos anos.Tal proibição não permite a reprodução biológica e, ao mesmo tempo, afasta os membros jovens. A comunidade, que já reuniu mais de sessenta pessoas, hoje agrega 13 pessoas, todos analfabetos.

Ao entrarem para a comunidade seus membros passam pelo “batismo na cruz”, quando queimam seus documentos, adotam os nomes de José ou Maria e deixam de falar de suas vidas anteriores à conversão. Algumas das crenças e práticas dos Ave de Jesus contrariam a Igreja. Eles acreditam em uma trindade formada por Padre Cícero, Jesus e Nossa Senhora das Dores.Uma senhora chamada “Maria Ângela do Horto”, teria sido a primeira penitente do movimento, a mentora que aconselhou “Mestre José” e sua esposa Regina a viverem de mendicância, chamarem a si mesmos de José e Maria e vestirem azul e branco. Mãe Ângela é considerada um mito, a própria Nossa Senhora, cujo corpo nunca foi encontrado após a morte.

"Mestre José", fundador do Movimento
O fundador dos Ave de Jesus, “Mestre José” morreu em Março de 2000, segundo contam, a causa morte foi desilusão por ver que o mundo não acabara na data anunciada por ele: Janeiro de 2000. Os mil anos de felicidade, preditos em sua “profecia” ainda são aguardados pelos remanescentes no sertão do Ceará a custo de sacrifício e pobreza.

Fonte: Roberta Bivar Carneiro Campos Antropologa da UFPE -Revista Nossa História
Isto é Independente
Adaptação de Texto: Wilma Rejane
Imagens: Revista Nossa História nº 30.

3 comentários:

Kézia Lôbo disse...

Nossa que estranho... Realmente existe cada coisa nesse mundo!!!

Fratermaurício disse...

O diabo adora humilhação e escândalo!

disse...

O inimigo sempre humilhando o homem, infelizmente tem muitos destes por aí. Paz querida!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...