Reflexão sobre a mastectomia de Angelina Jolie: O Zoe e a Jolie.

Angelina Jolie


Wilma Rejane

A notícia de uma cirurgia preventiva de mastectomia, realizada pela atriz Angelina Jolie, suscitou debates na área de saúde e já há temores de que a procura por esse procedimento aumente. Mastectomia consiste na retirada da mama de forma simples ou radical. 

No caso da atriz,um teste genético detectou a mutação do gene BRCA1 que aumenta o risco para câncer de mama e de ovário. Medicos calcularam que Jolie tinha 87% de risco para desenvolver a doença na mama e 50% para ovário. Protéses de silicone foram implantadas em Jolie para correção estética.

Essa notícia recebida com espanto e divisão de opiniões por leigos e médicos, me fez refletir sobre saúde em vários aspectos: psicologico, físico, social e também espiritual. Jolie pagou seis mil doláres pelo exame genético. No Brasil, o exame custa cerca de três mil reais e poucos podem realiza-lo, a prevenção fica por conta dos exames de mamografia e ressônancia magnética.


A capacidade para afirmar se seria ou não portadora de câncer foi creditada ao exame de gene, e a ciência médica tem seus méritos. Só sentimos - e todos os dias - por saúde não ser prioridade dos governos que acabam por discriminar cidadãos, face seu status na sociedade e poder aquisitivo para arcar com planos e tratamentos de saúde.

Aspecto espiritual

Não me privei em tecer considerações espirituais sobre a questão: temos nós controle sobre o dia e a causa da morte? Esse temor por viver mais e melhor pode prolongar a vida? Não estou apta a responder tais questões e creio que ninguém estara, afinal esses são eternos misterios que permeiam o universo.

Um outro aspecto me chama a atenção: se prevenissémos o pecado com a mesma determinação de Jolie em relação ao câncer, aí sim teríamos uma igreja saudável e  uma vida cristã exemplar. Não precisaríamos protestar por uma nova reforma, porque a Reforma realizada na cruz do calvário, por Jesus Cristo, seria tudo, não comportando mais nada. Nenhum "gene do pecado" resistiria a "mastectomia espiritual" dos cristãos.

Sem dúvida, Angeline Jolie foi radical em relação a probabilidade de ser portadora de câncer,  e quantos de nós não somos condizentes com "o gene do pecado" que se trasmuta em muitas faces: mentiras, idolatrias e outras corrupções?

Sim, nascemos com esse "gene do pecado", herdados de Adão e Eva, mas Jesus veio e realizou toda Sua obra pela remissão dos pecados, devolvendo-nos a vida eterna com Deus, sem condenação. Essa "cirurgia" é feita no espírito e de forma definitiva implanta um selo diferenciado em quem se submete a ela:



"Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa. O qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão adquirida, para louvor da sua glória."Efésios 1:13-14

A herança da salvação, é maior que a herança do pecado. O sangue de Cristo, limpa o homem desse "gene".

O Zoe e a Jolie

Zoe é uma palavra grega que foi usada para descrever Apolo, um cristão fervoroso do primeiro século da igreja. Está no livro de Atos dos apóstolos: " Este era instruído no Caminho do Senhor e fervoroso no espírito" Atos 18:25

Zoe = fervor vivo, zelo ardente é o contraŕio de frio e sem emoção. Em um contexto espiritual, significa: alta temperatura espiritual, inflamado pelo espírito. ( Dicionário Strong 2204)

Jolie foi Zoe em relação a saúde fisíca, zelosa, fervorosa ao extremo. E para ser tipo Apolo, temos que ser Zoe para como o Evangelho e só é Zoe quem recebe Cristo no coração e vive Nele, com Ele e por Ele.

É prudente sermos Zoe com a vida terrena e frios, indiferentes com a vida espiritual? De que adianta ao homem, ganhar o mundo inteiro , ter saúde e fama, e perder a sua alma? " Mas Deus lhe disse: Louco! Esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?" Lucas 12:20

Temos nós controle sobre nossos dias de vida? Não temos. Por mais que o homem tente, através da medicina, prolongar sua vida, ela um dia se findará e a vida eterna sucederá como destino definitivo em trevas ou luz. Esse essencial mistério foi revelado pelo próprio Deus que conhece a propenção humana para desenvolver o "gene do pecado" e por isso providenciou A cura.

Seria hipócrisia de minha parte afirmar que o homem pode viver sem pecar nessa terra. Somos tão imperfeitos quanto limitados, porém, existe sim uma saída, um remédio, uma solução que remove de uma vez por todas a condenação eterna. É Jesus, é o Evangelho, as Boas Novas da cruz que nos diz:

 "Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas." Mateus 6:33. Estas coisas terrenas sobre vestir, comer, viver.

Beleza se acaba. Saúde se tem hoje e pode se ter por muito tempo, até que algo mude e medicina alguma dê jeito. Mas vida abundante se tem com beleza ou sem beleza, com saúde ou sem saúde. E ela só existe com Cristo Jesus.

Essa é uma reflexão radical? Pode ser Zoe, para que o fervor da fé seja maior que os medos de viver.

Deus nos abençoe.

6 comentários:

Marco Antonio disse...

A Paz do Senhor Jesus Cristo, irmã Wilma. Maravilhosa msg, poderia lhe dizer que seria uma bela analogia, porém,são poucos q verdadeiramente tem se preocupado com a vida espiritual. Hoje em dia, muitas igrejas estão incitando os irmãos à busca desenfreada pela vida material, se esquecendo da comunhão e intimidade com o Senhor. Bem diferente da igreja primitiva !!! Poucas são os q andam em santidade e temor ao Senhor Jesus Cristo. Que Jesus te abençoe a cada dia e com toda sorte de bençãos. Amém ...

Presbítero Maurício disse...

Caríssima, paz!

Não posso deixar de responder este post, e com muita veemência. Pudera a atriz ter escolhido separar de si, as células do câncer espiritual. Este é o principal,o necessário, e que causa maior estrago em sua vida.

Jesus veio a este mundo e trouxe consigo o Zoe de Deus: Vida eterna, vida abundante, vida de qualidade, vida de Deus! Devemos ser sábios, e decidir aquilo que é melhor para cada um de nós. É fundamental essa escolha. Saudações fraternas!

Wilma Rejane disse...


Oi Marco,

A paz do Senhor Jesus, irmão.

É uma analogia sem pretensão de julgar como certa ou errada a atitude da atriz, mas de nos fazer refletir, quanto igreja sobre o modo de tratarmos com o pecado.


Saudade doa Apolos e dos apóstolos, do fervor e da simplicidade da igreja primitiva.

Obrigada,

Deus o abençoe.

Wilma Rejane disse...


Paz presbítero Maurício,

Quem sabe a atriz ainda opte por essa 'cirurgia espiritual', não é mesmo? Não descartemos essa possibilidade.

Sem dúvidas, irmão: o pecado causa tanto estrago em nosso mundo que adoece toda sociedade e somente Jesus para eliminar de uma vez por todas essa doença.

Zoe para nós todos!

Muito obrigada,

Deus o abençoe.

Beto Silva disse...

Paz Irmã Wilma, Fico feliz em saber que ainda existem pessoas que estão preocupadas com a vida espiritual; porém ainda tem muitos que só estão preocupados com a beleza física e sua vida financeira, se esquecendo que todas as coisas conquistadas aqui na terra vão se passar.Sou enfermeiro e vejo nos Hospitais que tenho passado e trabalhado muita gente assim. que depois de um diagnóstico médico se apavoram e tomam decisões drásticas que muitas vezes não adianta nada, se esquecem de Deus e não fazem nem um esfôrço para conhecê-lO; tenho, pela misericórdia do Senhor levar a palavra de Deus a essas pessoas, que muitas das vezes nem dão importância, só depois de um diagnóstico grave algumas até pedem oração. Grande abraço e Deus te abençoe.

Wilma Rejane disse...


Oi Beto, paz de Jesus!

O leito de enfermidade é um lugar de reflexão sobre a vida e a morte e nessas horas, os corações deveriam estar mais humildes para receber Jesus. Em reconhecimento de dependência, fragilidade e salvação. Mas nem sempre é assim, infelizmente.

Obrigada pela companhia e colaboração no artigo

Deus o abençoe

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...