Qual a relação da novilha vermelha com o final dos tempos?

Mesquita de Al-aqsa


Wilma Rejane

Existe uma crença entre os judeus não messiânicos de que o aparecimento de uma novilha vermelha marcará a reconstrução do terceiro templo e o retorno aos sacrifícios de sangue para purificação dos pecados. Ano passado, houve grande euforia entre os organizadores do terceiro templo em virtude do nascimento de uma novilha vermelha em uma fazenda no Estado de Nova Jersey (EUA). O animal foi monitorado diariamente pelo Instituto do Templo a fim de confirmar (ou não) sua autenticidade. A euforia não durou muito, após alguns meses, os pêlos da novilha mudaram de cor se tornando mesclados em branco e vermelho.

A confirmação do nascimento da novilha e de sua autenticidade, além de representar muito para os judeus, também tem significado de peso para muçulmanos. É que o local previsto para reconstrução do terceiro templo é a famosa mesquita de Al-Aqsa situada na Cidade Antiga de Jerusalém. A mesquita é considerada terceiro lugar mais sagrado do Islamismo congregando em um só culto islâmico aproximadamente cinco mil pessoas. Assim sendo, se o nascimento da novilha vermelha representa paz para os judeus, representa guerra para os muçulmanos.

Afinal, de onde surge essa crença de que a novilha vermelha restabelece o culto dos sacrifícios no templo judaico? 

Essa crença surge de uma interpretação Bíblica absolutamente ortodoxa da lei Mosaica ou Torá, um conjunto de 613 instruções doutrinarias dispostas no Pentateuco ou cinco primeiros livros do Antigo Testamento. Especificamente sobre a novilha vermelha é dito:

Números 19:1-10:


"1-Falou mais o Senhor a Moisés e a Arão dizendo:2 Este é o estatuto da lei, que o Senhor ordenou, dizendo: Dize aos filhos de Israel que te tragam uma novilha ruiva, que não tenha defeito, e sobre a qual não tenha sido posto jugo.3 E a dareis a Eleazar, o sacerdote; ele a tirará para fora do arraial, e degolar-se-á diante dele.4 E Eleazar, o sacerdote, tomará do seu sangue com o seu dedo, e dele espargirá para a frente da tenda da congregação sete vezes.5 Então queimará a novilha perante os seus olhos; o seu couro, e a sua carne, e o seu sangue, com o seu esterco, se queimará.6 E o sacerdote tomará pau de cedro, e hissopo, e carmesim, e os lançará no meio do fogo que queima a novilha.


 7 Então o sacerdote lavará as suas vestes, e banhará a sua carne na água, e depois entrará no arraial; e o sacerdote será imundo até à tarde.8 Também o que a queimou lavará as suas vestes com água, e em água banhará a sua carne, e imundo será até à tarde.9 E um homem limpo ajuntará a cinza da novilha, e a porá fora do arraial, num lugar limpo, e ficará ela guardada para a congregação dos filhos de Israel, para a água da separação; expiação é.10 E o que apanhou a cinza da novilha lavará as suas vestes..."


O ritual com a novilha também era chamado de "Rito da água de purificação pela oferta dos pecados" (v.9). A tradução para novilha é vaca vermelha que devia ser morta fora do arraial e queimada junto com pau de cedro,hissopo e carmesim. A cinza ficava guardada fora do arraial, em lugar limpo como símbolo de purificação e santificação.

Acontece que o nascimento de vacas vermelhas era algo muito raro em Israel e quando isso ocorria todos ficavam sabendo que a vaca deveria ser sacrificada. Vacas totalmente vermelhas deixaram de nascer, não se tem notícias desse fenômeno genético nem em Israel nem em qualquer outro lugar do mundo. Os judeus não messiânicos que aguardam o retorno do nascimento da vaca vermelha garantem que foram 10 vacas vermelhas sacrificadas até hoje, de Moisés a Esdras.

Até agora falamos da crença judaica e da Lei Mosaica. Podemos perceber que mesmo na Lei Mosaica, nada, absolutamente nada é dito sobre relação de vaca vermelha com final dos tempos. Por que então há essa relação escatológica apregoada entre judeus e não judeus?

O que acontece é um terrível equívoco de interpretação. Nenhuma vaca vermelha teve ou terá qualquer poder para purificar pessoas. No Antigo Testamento os sacrifícios eram a concretização de algo que nascia no coração. Os sacrifícios eram a consumação, a externalização de motivações internas. Deus recebia as ofertas por meio da fé de quem ofertava. Deus curava através da fé de quem sacrificava. Deus perdoava através do arrependimento de quem sacrificava. Não eram as coisas em si que tinham valor ou poder, mas Deus que contemplava o coração.

Novilhas vermelhas não nasceram mais porque  não há mais necessidade de sacrifícios de sangue para purificação dos pecados. Jesus cumpriu o último e definitivo sacrifício em prol de todo o que se arrepende. 

No livro de Hebreus, vemos uma perfeita explicação sobre isso, inclusive,o escritor de Hebreus, inspirado pelo Espírito Santo de Deus cita a abolição do ritual da vaca vermelha:


Hebreus 9:11-15

"Mas, vindo Cristo, o sumo sacerdote dos bens futuros, por um maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, isto é, não desta criação, Nem por sangue de bodes e bezerros, mas por seu próprio sangue, entrou uma vez no santuário, havendo efetuado uma eterna redenção. Porque, se o sangue dos touros e bodes, e a cinza de uma novilha esparzida sobre os imundos, os santifica, quanto à purificação da carne, Quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará as vossas consciências das obras mortas, para servirdes ao Deus vivo?E por isso é Mediador de um novo testamento, para que, intervindo a morte para remissão das transgressões que havia debaixo do primeiro testamento, os chamados recebam a promessa da herança eterna."


Hebreus 10:1-9

"Porque tendo a lei a sombra dos bens futuros, e não a imagem exata das coisas, nunca, pelos mesmos sacrifícios que continuamente se oferecem cada ano, pode aperfeiçoar os que a eles se chegam. Doutra maneira, teriam deixado de se oferecer, porque, purificados uma vez os ministrantes, nunca mais teriam consciência de pecado. Nesses sacrifícios, porém, cada ano se faz comemoração dos pecados,Porque é impossível que o sangue dos touros e dos bodes tire os pecados. Por isso, entrando no mundo, diz: Sacrifício e oferta não quiseste, Mas corpo me preparaste; Holocaustos e oblações pelo pecado não te agradaram. Então disse: Eis aqui venho(No princípio do livro está escrito de mim),Para fazer, ó Deus, a tua vontade. Como acima diz: Sacrifício e oferta, e holocaustos e oblações pelo pecado não quiseste, nem te agradaram (os quais se oferecem segundo a lei).Então disse: Eis aqui venho, para fazer, ó Deus, a tua vontade. Tira o primeiro, para estabelecer o segundo."


O sacrifício de Jesus Cristo aboliu todos os outros, Ele e somente Ele é o Mediador de uma Nova Aliança. Ele é a restauração do Templo, pois está escrito:

João 2:17-21

"E os seus discípulos lembraram-se do que está escrito: O zelo da tua casa me devorou. Responderam, pois, os judeus, e disseram-lhe: Que sinal nos mostras para fazeres isto?Jesus respondeu, e disse-lhes: Derribai este templo, e em três dias o levantarei. Disseram, pois, os judeus: Em quarenta e seis anos foi edificado este templo, e tu o levantarás em três dias? Mas ele falava do templo do seu corpo".


Sinais do fim

Se for noticiado o nascimento de alguma vaca vermelha, convêm manter cautela, pois,  ano passado, até mesmo renomados pastores alardearam o cumprimento de profecias baseando-se em uma vaca vermelha que depois ficou malhada. 

Se realmente for confirmado nascimento e autenticidade de alguma vaca vermelha isto será, de fato, sinais do fim no sentido de que Israel será palco de um episodio de cegueira espiritual em relação ao Messianismo de Jesus Cristo. Esse espisódio será semelhante a adoração do bezerro de ouro fabricado pelos israelitas que não suportaram a demora de Moisés falando com Deus no Monte Sinai. É o retorno a um sistema de antropocentrismo,o homem no centro, na direção de sua santidade quando sabemos que nenhum homem, animal ou objeto que seja tem poder e autoridade para apagar pecados, a não ser Jesus cristo.

Outro fato a considerar é o perigo de uma revolta no mundo muçulmano em relação a desapropriação da mesquita de Al-Aqsa, seria uma tremenda catástrofe que poderia culminar até mesmo em guerra.

O leitor pode conferir neste link do Instituto do Templo que a novilha vermelha é o único elemento que falta para oficialização da reconstrução.  

Mas não é o fim...

A reação do leitor ao se deparar com assuntos escatológicos, pode ser uma reação de desesperança de que tudo urge para um fim determinado. Contudo, a mensagem de Deus para nós é de que a igreja de Jesus aqui na terra está posta como diferencial, como pessoas limitadas sim, mas com uma missão sobrenatural de convicção de que o fim é a restauração de todas as coisas.A certeza do fim é como a certeza de vida e morte acrescida da certeza de ressurreição e vida eterna com Deus.

Devemos confiar na soberania de um Deus bondoso que distribui Sua graça diariamente possibilitando-nos desfrutar de suas bênçãos. Sim, devemos persistir em crê mesmo nas tribulações,ou seja, ainda mais nas tribulaçoes, pois não há nada nesse tempo presente que se compare a glória para nós reservada (Romanos 8:18).

Que a misericórdia do Senhor seja sobre todos nós. Seja sobre aqueles que ainda aguardam a vaca vermelha para purificação dos pecados, porque Jesus veio e Seu sangue, vermelho, carmesin, é que nos purifica de todo pecado.

Deus o abençoe.

Referências:

ALLEN. Clifton - Comentário Bíblico Broadman- Tradução de Artur Boorne, Juerpe. Volume 2. 1994.

BÍBLIA. Português. Bíblia de Estudo Plenitude, Tradução João Ferreira de Almeida, São Paulo, Sociedade Bíblica do Brasil, 1995.

Rabbi Moshe David Valle , o mistério da novilha vermelha, blog O Judaísmo e o Mashiach.

3 comentários:

Anônimo disse...

no antigo testamento tudo que o Senho ordenou fosse feito tinha sim poder pois eram o que guardava na esperança do messias pois o Espirito Santo não habitava no meio dos homens mas apenas em alguns por possessão atravez da unção sacerdotal sempre ordenado por Deus, é uma profecia a construção do 3 templo,e como toda profecia há de se cumprir a bezerra vermelha é só um sinal de q a profecia ira se cumprir
http://www.libertar.in/2015/07/cumprimento-profetico-nasceu-novilha.html

Paulo Cezar Basilio disse...

Só gostaria de entender como é esse vermelho dessa vaca ou novilha pois moro no interior e já vi não poucas vacas vermelhas por aí a fora. É só pesquisar o gado Brahman Vermelho ou até mesmo o Nelore Vermelho.

Paulo Cezar Basilio disse...

Só gostaria de entender que vermelho é esse desta vaca ou novilha, pois moro no interior e tenho não poucas vacas e novilhas de cor vermelha. É só pesquisar o gado Brahman Vermelho ou Nelore Vermelho.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...