Cenas da vida e o grão de trigo



Wilma Rejane

" Mas aqueles que contam com o Senhor renovam suas forças; dá-lhes asas de águia. Correm sem se cansar, vão para a frente sem se fatigar”.Isaías, 40,31

Olá querido leitor,

Como você está? Espero que esteja firme na fé, sabendo que Jesus está conosco em cada dia, fazendo por nós além do que vemos ou ouvimos. Não está tudo bem? Não desanime, esse momento haverá de passar, o importante é não desperdiçar as boas sementes que se encontram com você. Não desperdiçar significa: não abandonar a fé, não desesperar, não se amargurar. Lembre-se que Jesus falou sobre as sementes do grão de trigo, elas precisariam morrer para renascer  com muitos frutos. Haverá momentos na vida que vamos nos sentir cansados e até tristes por coisas que nos acontecem, contudo, se há fé em nosso coração e comunhão com o Senhor, saibamos que tudo não passa de “sementes de grão de trigo”: o futuro ressurgirá como resultado da restauração do Deus Criador, Aquele que contempla nosso presente e não despreza nossas expectativas.

Falo sobre “o grão de trigo” porque esta parece ser a analogia perfeita para o que pretendo transmitir hoje. E o que transmito é parte de meu testemunho pessoal. Como sabem, não frequento redes sociais e mantenho certa privacidade quanto ao meu dia a dia. Contudo, sei que há uma necessidade de se fazer essa ponte entre aquele que lê e aquele que escreve (apesar de eu ser o que escrevo).

Este tem sido um ano de muito trabalho, estou com dezesseis turmas de alunos do Ensino Médio lecionando Ensino Religioso e Filosofia. Os alunos que ilustram este artigo fazem parte de uma turma do primeiro ano, fotografei-os no dia em que sorteei entre eles o livro do meu amigo Wallace“Vou Desistir... Não Aguento Mais”.


No ambiente de trabalho me deparo com questões inerentes à juventude atual: drogas, sexualidade, conflitos familiares, traumas e etc. Trabalho em uma escola da zona Leste, próxima a minha residência e que comporta alunos de famílias com baixa renda familiar (entre 1 e dois salários mínimos mensais). Os alunos de fé cristã são em número bem pequeno, mínimo mesmo, em cada sala há entre 1 e 3 que têm família cristã e professam a mesma fé. A maioria dos alunos não é adepta de religião e há um percentual considerável de umbandistas. Claro que o proselitismo é proibido no Ensino Religioso e procuro seguir as leis da educação mantendo a imparcialidade e não desprezando quem quer que seja por conta da religião. Contudo, não são poucos os que comentam: - professora, qual a sua fé? Fale-nos sobre a Bíblia. É interessante constatar o quanto eles gostam de ouvir sobre Sara, Abraão, Jacó e Jesus. Geralmente eles demonstram muito interesse nesses temas. Quantas sementes irão vingar? Só Deus sabe sobre o solo que é o coração de cada um. Alguns comentam:

 -professora, hoje senti paz em sua aula, algo diferente.
- professora, está foi a melhor aula do dia!

Essas reações podem não parecer significativas diante da necessidade urgente de se proclamar a Cristo. Contudo, sei que representam grande avanço, pois o Reino de Deus é todo um percurso de caminho estreito onde Deus é quem conhece o momento certo de plantar, regar, crescer e colher.

Recentemente conclui uma pós  graduação na área de Filosofia. Foram dois anos de estudo e um trabalho de conclusão de curso feito com muita dificuldade, pois, coincidiu com meu pré-operatório de nefrectomia videolaparoscópica (remoção de um rim através da tecnologia de vídeo). No último sábado apresentei em Teresina a monografia “A Importância do Cinema para o Ensino da Filosofia”, perante uma mesa julgadora pertencente a Universidade Federal de São Carlos de São Paulo. Fui aprovada, recebi o diploma. Por esta razão tive que dar uma pausa na escrita de um terceiro livro que estou escrevendo e se encontra no penúltimo capítulo. O título do livro será “A Recompensa” e é uma ficção com dilemas sobre a realidade. Comecei a escrever também um quarto livro sob o nome “ Todo dia com Deus”, serão 365 devocionais, um para cada dia do ano. Esse só irá ficar pronto ano que vem. Além das duas graduações que possuo (Teologia e Filosofia) e da pós graduação em Filosofia, curso ainda uma terceira graduação em Sociologia e que seja tudo para a glória de Deus,pois sem Ele nada sei, nada sou. É Ele quem renova nossas forças, é Ele quem faz germinar as “sementes do grão de trigo”.

Sobre o ministério de Ensino da Palavra, além do blog, tenho sido convidada para ministrar em alguns cultos e Escolas Dominicais. É uma alegria imensa quando vejo vidas se renderem a Cristo, após a pregação. E isto tem sido frequente, mas a honra não será minha, nem tão pouco a glória, tudo vem de Deus e somente o Espírito Santo é quem convence do pecado (João 16:7,8). Também através do blog tenho sido convidada para ministrar em outros Estados (Rio de Janeiro, São Paulo e Belo Horizonte), contudo, não aceitei os convites, primeiramente porque penso não ser lícito cobrar por ministração. Não coloco preço, não faço exigências e também não me vejo em condições de pagar de meu próprio bolso passagens aéreas para tal. Aqui em Teresina trabalho gratuitamente, pois entendo que é assim que diz a Palavra. Agora, sempre levo comigo alguns exemplares dos livros que o Senhor me inspirou a escrever, se alguém se interessar, vendo-os. Tem ministérios que destinam uma oferta para mim e fazem isto deliberadamente. Contudo, amados leitores, não almejo de forma alguma estar onde Deus não me chamou para estar, não almejo holofotes, nem tenho como meta a popularidade. Penso que isso não me faz melhor ou pior que ninguém, mas me faz ter uma consciência em paz diante de Deus.


Falei um pouco (ou muito) sobre meu dia a dia. Nada de extraordinário, não é mesmo? Ahh, o que há de melhor nesses dias é saber que Deus está presente em meu coração e o extraordinário consiste na Sua graça e na certeza de que Ele dirige meus passos para que possa  ser forte, mesmo quando estou fraca, pois se Deus ressuscita o grão de trigo que morre na terra para que este produza, não ressuscitaria Ele as forças de seus filhos para glória de Seu nome? 

Deus abençoe a todos, na paz e no amor de Jesus.

4 comentários:

Vanderleia disse...

Graça e paz
Não sabia que era professora, que o Senhor, continue fazendo a luz dele brilhar em ti!

Wilma Rejane disse...


Graça e paz, Vanderleia!

Sim, irmã. Sou professora concursada do Estado do Piauí, professora da EBD e pretendo cursar mestrado para ser professora de Universidade Pública. E tenho ainda muitos outros sonhos que incluem escrever livros sobre Salvação e fé e envelhecer produzindo e frutificando para o Reino de Deus. Isso tudo, se Deus me permitir, pois como diz a Bíblia:

"Prepara-se o cavalo para o dia da batalha, porém do Senhor vem a vitória." Pv 21:31

Deus a abençoe,

Fraterno abraço.

Claudia disse...

Olá, irmã Wilma. Gostaria de saber se você fez desses seus artigos algum livro?
Oro para que Deus continue sempre a te abençoar, porque sua benção é nossa também.

Wilma Rejane disse...


Olá, irmã Claudia!

Sim, o primeiro livro que Deus me deu a oportunidade de escrever chama-se Às Margens do Quebar e contêm 54 mensagens Bíblicas que inicialmente foram publicados no blog.

Estou preparando um terceiro livro: "Todo dia com Deus" ( título poderá sofrer alterações) com 365 devocionais que também fazem parte do acervo do blog. estes devocionais estão sendo editados para poder se adequarem ao formato do livro.

Obrigada pelas orações,

Amém e amém

Deus a abençoe.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...