Histórias reais de perseguição e transformação em Cristo.





Tradução:
Wilma Rejane

Trancada em um quarto escuro, sem comida e água,  Susan de 14 anos foi abandonada por seu pai para morrer. Ela e seu irmão mais novo, ambos muçulmanos, moravam sozinhos com o pai divorciado da mãe. A vida era rotina, escola, tarefas, um pouco de tempo para jogar. Mas, naquele dia fatídico Março 2010 a vida de Susan tomou um rumo dramático quando um evangelista visitou sua escola e ela decidiu confiar em Cristo para sua salvação. Depois de um mês mantendo segredo sobre a conversão, a notícia chegou ao seu pai.

Enfurecido, o pai  confinou-a a uma pequena sala. Seu irmão Mbusa foi avisado para não contar a ninguém que Susan estava trancada e foi instruído a não lhe dar qualquer alimento. Jovem Mbusa tentou ajudar sua irmã  assando bananas quando seu pai não estava em casa. Ele também cavou um buraco por baixo da porta, onde podia derramar a água para Susan beber. "Minha irmã  bebia água com a língua. Mas a maioria dos dias, ela só poderia se alimentar de lama ", disse ele.


Durante seis longos meses Susan nunca viu a luz do sol.

Uma vizinha próxima sentiu falta de Susan e preocupada perguntou por ela. Finalmente Mbusa  disse a vizinha que Susan estava trancada em um dos quartos da casa e muito fraca. A polícia correu para a casa e arrombaram a porta. Resgataram Susan e a levaram para um hospital próximo. Durante seu calvário Susan  perdeu o uso de ambas as pernas.

Susan foi posteriormente transportada para uma casa no Quênia. Vivendo agora com um colega de trabalho da Portas Abertas e sua família, seu amor pelo Senhor tem crescido. Quando perguntada como ela está se sentindo, ela responde com confiança: "Eu sou feliz, nunca deixaria meu Jesus que morreu por mim embora os meses de tortura tenham sido horríveis, Susan perdoou seu pai e pede apenas duas coisas.; a capacidade de caminhar novamente para que ela possa contar aos outros sobre Jesus e a salvação para seu pai.






*****


David no auge em Hollywood


Como um jovem ator de Hollywood, David Kyle Foster levou uma vida secreta de prostituição, dormia com três ou quatro homens por noite. Após uma poderosa conversão a Cristo, ele procurou aconselhar-se com um pastor e confessou que não achava que ele jamais poderia escapar do estilo de vida homossexual. "Vamos deixar Jesus fazer isso por você", disse o pastor. Foster orou: " Deus só o Senhor poderá me libertar dessas coisas".


A Oração da fé de Foster foi atendida e ele deixou para trás sua vida como prostituto. Foster nunca mais usou  drogas e deixou  a prostituição. As tentações insistiam em voltar, mas ele sabia que elas não tinham mais poder e resistia em nome de Deus, dizendo Não.

Demorou  sete anos para que Foster fosse totalmente curado das fortalezas demoníacas e padrões que causaram-lhe dependência em seu cérebro. Depois de sete anos, ele sentiu que estava saudável o suficiente para um relacionamento com o sexo oposto, mas finalmente sentiu que Deus o estava levando para o celibato pelo resto de sua vida.

Quer se trate de atração pelo mesmo sexo, vício em pornografia, ou outras fortalezas, Foster reconhece que muitos cristãos têm dificuldade em superar os padrões de comportamento profundamente arraigados.

"Um dos maiores motivos é que algumas pessoas confundem tentação com pecado e ingenuamente supõem que quando estão andando com Deus eles não vão mais ser tentado, observa ele. "Isso nunca é prometido na Bíblia.A tentação é algo que Deus pode usar para nos enviar de volta para seus braços. Então percebemos a absoluta dependência que temos a Ele para nos impedir de cair.

Foster faz uma observação perspicaz que pode surpreender alguns. "Nossos esforços bem intencionados para nos impedir de cair são, na verdade, religião, eles não são, na verdade, a vida de Cristo. Eles são, na verdade, impedimentos à liberdade que estamos buscando ".Se formos bem sucedidos em nossos próprios esforços nos tornamos orgulhosos do nosso sucesso, observa ele. Não podemos trabalhar dessa forma porque Deus deve receber toda a glória. É Deus quem nos dá força para lançar para trás a tentação.

Quando Foster enfrenta uma forte tentação, ele ora: "Senhor, derrama Tua justiça através de mim e me impede de cair eu sou feito de fraqueza, não posso fazer isso sozinho. Senhor, Tú deves  fazer isso por mim. Envie seus anjos. Fale uma palavra do Seu trono. Eu vou ficar aqui enquanto fazes isso por mim, enquanto  batalhas nos céus para mim. " e Deus me ajuda imediatamente!

Assim como a salvação é uma obra de Deus, vencer a tentação é também Sua obra - Sua batalha. "Muitos cristãos tentam resistir a ela em sua própria força. Eles se sentem obrigados a resistir a ela em sua própria força, porque eles querem mostrar a Deus são santos. Mas isso é uma perspectiva religiosa, trabalha-centrada. "

Ainda assim, há um lugar para o envolvimento da vontade do homem. O homem precisa tomar a decisão de dizer não ao pecado, não a tentação e o Senhor virá em seu socorro. É a revelação da Sua glória e do Seu amor que faz com que amemos mais a deus do que as coisas tentadoras.

Se um crente ainda não é capaz de superar uma área de fraqueza, eles podem precisar de oração intensa. "Outra possibilidade é que há uma fortaleza que precisa ser expulso", diz ele. "Vá em oração com alguém que entenda de batalha espiritual e que pode discernir os espíritos", diz ele.

Para alguém que luta contra a pornografia, aconselho orar desta maneira: "Eu renuncio a idolatria e meu amor por pornografia. Eu renuncio a adoração da criatura. Confesso que eu fiz essas coisas. Senhor, peço-lhe para remover todas as fortalezas criadas pelo inimigo. Esta é uma decisão permanente na minha vida. Eu quero andar em santidade, mesmo sabendo que não vou ser perfeito. Este é o objetivo da minha vida, por isso prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus. "


Foster hoje

Foster fundou Mastering Life Ministries , em 1987, e é também o produtor e apresentador do "Pure Passion" - um programa televisionado projetado para equipar a igreja para ministrar aos que estão presos no pecado sexual e quebrantamento. Ele é o autor de "Sexual Healing: Um guia bíblico para encontrar a liberdade do pecado sexual e quebrantamento", o que tem sido feito em um "Anjo Award" vídeo vencedor e curso de áudio e tem sido usado por muitos ministérios. David atuou como professor adjunto no Seminário Teológico Asbury, The Bible Institute of Hawaii, Logos Christian College & Graduate School e Trinity Episcopal Escola de Ministério e atualmente atua no corpo docente do Instituto de Liderança Wagner.

Fontes:
One With Them e
God Reports

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...