terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Ouro Incenso e Mirra




Vista noturna da cidade de Belém

A palavra Natal, significa nascimento, do latim: Natalis, no sentido de "ser posto no mundo". Muitas pessoas, foram postas no mundo. Apenas uma perpétuou seu nascimento, Jesus. Ele foi o bebê mais ilustre de toda face da terra, seu nascimento até dividiu a história: Antes de Cristo (a.c) e Depois de Cristo (d.c).

É bem verdade que muitos não descobriram ainda o real sentido da data e comemoram-na de forma consumista e desumana. Desumana porque: Papai Noel não veio para todos. Muitas crianças têm-no ainda como uma fábula bem distante de sua realidade. Enquanto muitas famílias banqueteam, outras não teem sequer um pedaço de pão. A dramaticidade do dia a dia, se torna mais latente. Poderíamos, então dizer que o Natal não é para todos? De forma alguma!

Natal, não se vive apenas em uma determinada época do ano, mas o ano inteiro. Ele, é Cristo Jesus, reinando no coração dos homens de bem. Homens, que são como aqueles reis magos que presentearam a Jesus. Reconhecendo-O como Rei dos reis. Que em suas ofertas revelaram o ato profético da ascensão do Salvador. Na representação do ouro, do incenso e da mirra, o nascimento, a morte e a ressureição de Cristo. A símbologia, profética, deve ser uma constante em nossas vidas. Devemos oferta-la diariamente aos nossos semelhantes. Sim, porque nestes elementos estão traduzidos o amor. Do homem para com Deus e de Deus para com o homem.

De que forma, poderemos ofertar a Cristo, ouro, incenso e mirra? Como ofertar ao mundo?

O ouro, traduz realeza e pureza: "Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz" (Pe 2:9). Ao anunciar a Salvação somos ouro. Ao reluzirmos, sendo luz para a escuridão, somos ouro. Somos, preciosos tesouro ao distribuir as riquezas escondidas em Cristo Jesus, de forma voluntária. Por amor. sem nada cobrar. É oferta de ouro.

O Incenso, representa o aroma agradável diante de Deus. Os vapores de incenso eram considerados símbolos de oração "Suba a minha oração perante ti como incenso, e as minhas mãos levantadas sejam como o sacrifício da tarde".(Sl 141:2)

Mirra: Existe uma àrvore chamada mirra. Quando ferida (em seu tronco), ela produz uma substância perfumada. Representa a dor e o sofrimento, vividos por Jesus, na cruz."Mas Ele foi ferido pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre Ele, e, pelas suas pisaduras, fomos sarados" (Is 53:5). A árvore, marcada pela dor, é a mesma que irá curar feridas. A substância, chamada mirra, serve de remédio para aliviar doentes. É como um bálsamo. Existem cristãos que podem ser comparados a esta mirra. Têm um perfume tão precioso, que se tornam alvos de "caçadores" impiedosos. São perseguidos e feridos. Ainda assim, e justamente nesta "raspagem de tronco", é que exalam o perfume de Cristo. Retribuem com amor, aos que lhes causam dor.

Natal é tempo de festa, de alegria, ofertemos ouro, incenso e mirra e louvemos a Jesus porque Ele É o Salvador.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...