Você Conhece a Cidade Verde?




Hoje quero apresentar-lhes um pouco da cidade onde moro, Teresina. É conhecida como “Cidade verde”, e apesar das grandes áreas arborizadas, o calor por aqui é “de rachar”. Os termômetros normalmente apontam para uma temperatura variável entre 32º e 37º diários, mas é difícil convencer o teresinense de que ele não vive em uma sauna beirando os 40º. Os meses de Setembro, Outubro e Novembro, são os mais quentes, e não tem praia, gente! Em Dezembro, começam as boas chuvas e também problemas. É que a cidade é cortada por dois rios: Parnaíba e Poti, se o nível das águas sobem, lá vem enchente!

Moro em um bairro chamado Planalto Ininga, zona Leste. É onde fica situada a Universidade Federal do Piauí, um campus belíssimo, cheio de jardins e mangueirais com passarelas bem conservadas, perfeitas para prática de cooper. E é nessa paisagem que eu e meu esposo, caminhamos três vezes por semana, sempre à noitinha, para mantermos à forma e sentirmos o frescor proporcionado pelas muitas árvores .


O planalto Ininga, juntamente com o bairro chamado Jockey são os que mais crescem verticalmente, até os cantores Zezé de Camargo e Luciano, estão investindo em imóveis por aqui. Não são nada bobos. O metro quadrado de imóvel nesses bairros chega a custar cerca de 50 mil reais. O mercado imobiliário progride visivelmente nesta capital.



Margens do Poti, avenida de acesso ao Jockey

Por muito tempo, o Piauí foi motivo de chacota na mídia por ser considerado o estado mais pobre da Federação, apelidar de “Piauí” a quem não era  alfabetizado, tornou-se hábito. Mas o estado já não é o primeiro no Brasil no ranking pobreza, em 2010 deu uma “virada” na economia, e o título, nada nobre, ficou para Alagoas, em segundo vem o Maranhão.

Você já ouviu falar no Museu do Homem Americano”? Convido-o a conhecer, ainda que virtualmente. Ele fica a 536 km  de Teresina, é uma verdadeira viagem no tempo, guarda relíquias dos primeiros homens a habitar as Américas. Enquanto teorias comumente aceitas datam o aparecimento do homem na América há 15 000 anos, sítios arqueológicos da Serra da Capivara afirmam que eles chegaram à terra do calor, há 45 000 anos.

Espero que tenham gostado de saber um pouco mais sobre esse pedacinho do Brasil, por vezes tão esquecido da mídia. Aliás, ultimamente ele tem sido muito comentado, principalmente no You Tube, por conta de um comercial do Gianecchinne sobre a inauguração do shopping Pintos. Quanta maldade! Pintos é o sobrenome de uma família de imigrantes portugueses que tem uma rede de lojas de variedades. 

Quante maldade!!
Deus abençoe a todos. E se vier ao Piauí, não esqueça: Prepare-se para enfrentar o calor. E avise-me, você está convidado para saborear a cristalina cajuína, que inspirou Caetano Veloso a compor uma canção, ou ainda, um delicioso sorvete, para refrescar.

Por Wilma Rejane.

10 comentários:

CHIICO MIGUEL disse...

Wilma,
Você está de parabéns como escritora. Dou-lhe nota dez pela tessitura da crônica "Você Conhece a Cidade Verde?"
Continue, a literatura é uma ativdade árdua, não dá dinheiro, mas às vezes dá prestígio. Mas, não é isto que conta mais. Conta, sim, a satisfação que tem o escritor quando consegue transmitir a alguns leitores (quem dera que fossem muitos, nossa aspiração) aquilo que conheceços e sentimos em determinado momento. A vida é feita de momentos e esses momentos devem ser aproveitados e registrados. O que não foi escrito não existiu, caiu na grande rede do esquecimento total.
Então, é bom fazer literatura, um hábito saudável, que pode também fazer bem a outras pessoas.
Crônica recomendada para leitura dos piauienses, quiçá dos brasileiros, para conhecer melhor nossa linda e amada Capital: - Teresina.
Abraço carinhoso
Chico Miguel

Wilma Rejane disse...

Sogro querido!

Que satisfação tê-lo por aqui! Receber elogio de um reconhecido escritor, é uma honra. Mas, você é também muito generoso, por isso vou dar um desconto (rsrsrs).

Nos encontramos mais tarde, para conversarmos no jardim, esperando a brisa da noite balançar as folhas das árvores, envolver nossa conversa, e amenizar o calor.

Grande abraço, 40º.

Da nora, que o ama.

Abinel Trindade disse...

Irmã Wilma, Já que comentário de parente não vale, rsrsrs. aí vai o meu. A descriçao que a irmã fez da ¨Cidade Verde ¨ deixou um carioca fascinado e frustrado por não conhecer tal lugar. Quem sabe, um dia, se Deus permitir. Em verdade, por estas plagas só se fala em Fortaleza, Recife, Natal, Salvador.Sendo assim, sem divulgação, Teresina fica esquecida. Quanto ao calor, aqui no Rio tambem não faz por menos. Mas temos praia. Abraços. A PAZ.recrume

Wilma Rejane disse...

Olá Abinel!

Teresina é capital planejada, a única do Nordeste a não possuir praias, porém o litoral fica bem pertinho, há 160Km. As praias, já foram eleitas as mais limpas do Brasil (revista veja), é que não temos um fluxo tão grande de banhistas, são muito belas.

O irmão está convidado a vir conhecer o Piauí, "berço do homem americano" e tomar uma cajuína geladinha.

É bebida sem alcool, tá gente?

Deus o abençoe, irmão. Satisfação tê-lo por aqui.

Thiago Rolim Da Silva disse...

Wilma,
Você com A TENDA NA ROCHA, me deixa muito feliz em ler seus posts.
Você tem algo de especial.
Que Deus continue a lhe abençoar sempre em suas crónica.Sim pode deixar quando eu for passear estarei,lhe comunicando a você.

Wilma Rejane disse...

Obrigada Thiago!

Moras em Portugal? De Portugal até Teresina é beeeemmm longe, nè?

Mas se vieres por essa terra de clima tropical, o convite da cajuína geladinha tá valendo!

Deus o abençoe.

Anônimo disse...

Poderia corrigir? O valor do metro quadrado não é este nem mesmo em Manhattan creio eu (ou pode até ser que seja).

Um grande abraço e Deus te abençoe.

Walter

Wilma Rejane disse...

Walter (?),

A informação do artigo não tem base aleatória, tem o link para você conferir. Se preferir, também pode fazer uma consulta junto as imobiliárias da cidade. Depois disso, pediria que você voltasse no blog para corrigir a sua dúvida.

Obrigada,
Deus o abençoe.

Aurélio disse...

Gostei muito desse site.È de grade valia,vou divugar aos meus irmaõs na fé e aos meus amigos.Que Deus te abençoe cada vez mais,e continue te dando sabedoria,dicernimento e muita inspiraçaõ pelo Espirito Santo.

Gerson disse...

Preço do metro quadrado em Teresina é valorizado
Marcilany Rodrigues

Repórter
Apartamentos mais procurados são os de 2 quartos Foto: Divulgação

O preço médio do metro quadrado em uma capital cosmopolita como São Paulo passou de R$ 1,5 mil em fevereiro de 2009 para R$ 2.744,05 o metro quadrado em novembro do mesmo ano, registrando um salto de 82,9%. Os dados são parte de um levantamento realizado pelo Conselho Regional de Corretores Imobiliários de São Paulo (CRECI-SP).
Comparativamente, aqui no Piauí o preço do metro quadrado na capital em 2009 variou bastante, pois de acordo com o presidente do CRECI-PI, João Batista da Paz Brito, o valor é diretamente proporcional a alguns fatores como localização, estrutura do empreendimento e do acabamento utilizado para o imóvel. Ele afirma ainda que, hoje em Teresina é possível encontrar apartamentos novos ? ainda na planta ? em uma área bem localizada por cerca de 250 mil reais. Nesse tipo de empreendimento e por esse valor, ele destaca que a estrutura do imóvel geralmente oferece atrativos como piscina, acabamentos com maior qualidade, elevador e áreas de lazer. ?Um imóvel com essas características é destinado para famílias com uma situação financeira mais confortável sendo que o metro quadrado dos mesmos pode custar até 4 mil reais, mas ainda assim é possível encontrar imóveis de alto padrão com valor mais elevado?, destaca o presidente do CRECI-PI.
Contudo, um apartamento por esse valor e com essas características não é acessível para todas as pessoas e o mercado piauiense já percebeu essa demanda. Tanto, que a maioria dos empreendimentos novos que surgem na capital é daqueles que têm como público alvo clientes que se enquadram em perfis mais econômicos e que procuram apartamentos menores, geralmente com dois quartos. ?Muitas pessoas tem procurado por esse tipo de empreendimento e hoje, por mais que surjam novas construções a cada dia, ainda assim está bem menor do que a demanda?, afirma João Batista da Paz.
PÚBLICO ALVO
Geralmente quem busca comprar casas e apartamentos com essas características são jovens profissionais que estão comprando seu primeiro imóvel, casais jovens sem filhos e também investidores que vêem esses empreendimentos como um bom negócio e adquirem com intenção de alugar. O presidente do CRECI-PI, João Batista da Paz, destaca quais são os lugares que tem o metro quadrado mais valorizado em Teresina. ?Hoje o metro quadrado mais valorizado na capital é o Ilhotas às margens do rio Poti, e no outro lado do rio também às suas margens e próximo aos shoppings?, pontua com propriedade. (M.R)
FONTE:
• Mar¬ci¬la¬ny Rod¬ri¬gues

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...