Trabalhadores excelentes, servos negligentes!

 


Wilma Rejane

Saístes, como para um salteador, com espadas e varapaus para me prender? Todos os dias me assentava junto de vós, ensinando no templo, e não me prendestes. Mateus 26:55

Relendo o Evangelho de Mateus, percebi lições que não havia percebido antes, foi algo totalmente novo e que me deixou bem pensativa, a meditar na profundidade com que as mesmas palavras lidas por mim tantas vezes, haviam me mostrado algo que parecia óbvio; "Como não percebi antes tais detalhes?"

Jesus diz que todos os dias ensinava no templo, aqueles soldados enviados para o prenderem serviam no templo, estavam a serviço do chefe dos sacerdotes e líderes judeus, como não conheciam Jesus nem mesmo por aparência, a distância? Eles não sabiam quem era Jesus, pois Judas precisou beijá-lo para que o identificassem. 

Aqueles soldados só conheciam Jesus através das narrativas dos sacerdotes e fariseus. A guarda romana e polícia do templo eram compostas por muitos soldados, uma multidão deles, naquela noite de traição havia entre 300 e 600 soldados. Aqueles foram escolhidos para a missão certamente porquê eram confiáveis, ágeis, fortes,  selecionados de modo a não falharem. 

Enquanto Jesus ensinava no templo todos os dias, onde estavam aqueles soldados que não viram Jesus amparando os pobres, curando-os, transformando-os, salvando-os? Jesus reunia muita gente ao seu redor, mas nenhum daqueles soldados o conhecia, Judas precisou guiá-los para que não capturassem o homem errado. Onde estavam? Estavam servindo aos seus senhores mundanos!

Aqueles soldados não conheciam Jesus porquê estavam ocupados demais, priorizando outros assuntos. Eles serviam muito bem aos homens, porém, desconheciam o que era servir a Deus. E Jesus estava ali, todos os dias bem perto deles. 


Depois que Jesus recebeu o beijo de traição de Judas, Ele deu um passo à frente e perguntou à multidão da milícia: “…A quem buscais? Responderam-lhe: Jesus de Nazaré. Disse-lhes Jesus: Eu sou ele... Assim que lhes disse: Sou eu , recuaram e caíram por terra” (João 18:4-6).

Jesus com seu poder, ao proferir as palavras "Eu sou" fez todos caírem, recuarem movidos por uma força invisível. Ali estava uma prova incontestável da Divindade de Jesus, bem diante daquela guarda. Certamente ficaram assustados, se alguns se converteram, não sabemos, não é dito. É dito que prosseguiram na missão de captura e entrega de Jesus para crucificação.

A crucificação tinha que acontecer, Jesus, Cordeiro de Deus, haveria de ser crucificado para perdão dos pecados, salvação de todos os que creem (João 3:16). Jesus foi capturado por amor, Ele suportou a afronta, a humilhação, a injustiça, por nos amar. 

Os soldados não O conheciam, mas Jesus se apresentou para eles, com poder e autoridade, porém com brandura, sem violência, sem raiva, rancor, pois estava cumprindo as profecias, os planos de Deus para nós pecadores. 

Concluindo

Aqueles soldados romanos não conheciam Jesus, apesar de Jesus todos os dias ensinar em local que eles serviam. Eles estavam bem ocupados priorizando os assuntos referentes aos seus incrédulos senhores, eram competentes e hábeis no que faziam, mas eram ignorantes em assuntos do Reino de Deus.

Como está nossa vida? Jesus tem falado conosco todos os dias e não percebemos? Será que estamos ocupados demais, empreendendo forças em sermos excelentes profissionais, hábeis no que fazemos em nossos empregos e ignorando Seus ensinamentos? 

Não há nada de errado em sermos bons profissionais, nos dedicarmos às nossas profissões, o que está errado é não priorizarmos o Reino de Deus, não buscarmos ouvir e seguir Jesus.

Será que mesmo quando os sinais estão diante de nós, ainda assim não percebemos que é Jesus quem fala? 

Jesus nos ama e é poderoso! Não há nada que possa resistir ao seu poder, a Sua voz. Ele foi traído, espancado e crucificado porquê o reino terreno é caído, corruptível e aguarda sua restauração (Atos 3:19-21). Jesus sofreu e somente Ele pode compreender perfeitamente nossos sofrimentos, Ele é cheio de amor e compaixão.

Nosso Jesus querido ressuscitou e todo sofrimento que viveu ficou para trás, aleluia! Nós também sofremos de várias formas; são doenças, mortes, perseguições, decepções, cansaço, tantas coisas que nos afligem nesse mundo, mas tudo haverá de passar.

Jesus Cristo foi o Único que entregou Sua preciosa vida por amor de nós, Ele está bem perto, todos os dias. Ele quer que nos acheguemos a Ele para conhecê-lo melhor e assim caminharmos com Ele. 

Deus o abençoe, em nome de Jesus.

*Oração: Amado Pai Celestial, venho a Ti em Nome de Jesus Cristo para agradecer por tão grande salvação enviada à humanidade, agradecer Teu perdão e misericórdia. Perdoai minhas falhas, me ajuda a persistir em Te buscar, Te ouvir e obedecer. Cria em mim um espírito puro e voluntário para Te servir, resistir ao pecado e ser eternamente salva para glória do Teu nome, amém!

Nenhum comentário: